TRADUTOR

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Servos


" Se pois o Filho voz libertar verdadeiramente sereis livres". João 8.36

Em Israel Deus havia determinado que ninguém dos israelitas poderia ser vendido como escravo (Lv.25.42). Por que Israel só seria ou pertenceria a um Senhor; Deus. Porem se alguém devesse e não tivesse como pagar, ele seria servo de seu irmão até que tudo o que ele devesse fosse pago em trabalhos, ou até o ano do jubileu(Ano de Redenção ou perdão das dívidas), em que os devedores seriam perdoados e voltariam a serem livres (Lv 25.39-41; Dt 15.12).
Portanto os servos eram, da dívida e não comprados. Assim como aquele que peca, tem uma dívida para com Deus (Jo 8.34). Todo aquele que comete pecado é servo do pecado, da mesma maneira quem faz uma dívida ou contrai uma dívida é servo dessa dívida.
O que acontece é que ao passar o ano do Jubileu, eram os servos chamados a servir novamente, o que Deus não determinara. O servo então ficava como um escravo comprado, sendo propriedade dele, não por que o servo queria,mas por imposição (Jeremias 34.8-11).Jesus, isto tendo também em mente este acontecido, o qual foi na época do rei Zedequias. Então declarou, que se viesse a libertar alguém ele verdadeiramente libertaria. E não tornaria a imputar a dívida aquele que ele libertava.
Nós éramos devedores de Deus por causa do pecado, mas, Jesus nos libertou hoje somos servos. Não por que ele não havia nos perdoado, pois ele mesmo diz que o lança no mar do esquecimento. Mas, por que uma vez livres da dívida para com Deus, optamos por o servir, não pela dívida, pois ele não mais nos cobra. Mas, optamos por servir a Deus, sem nenhuma imposição, e isso por gratidão. (Exodo.21.5)

Nenhum comentário:

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...