TRADUTOR

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Palavras importantes 4: Humildade



"Tomai sobre vós o meu julgo e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para as vossa alma". Mateus 11.29

Minha irmã Maria José, disse certa vez na escola dominical, uma frase e eu gostei dela, não estou bem lembrado exatemente como ela falou,mas, a excência do que ela falou sim:
É melhor sermos humildes do que humilhados.
Pensemos bem não é verdade mesmo? Melhor não é sermos humildes? Pois só é humilhado aquele que é orgulhoso, este constantemente é humilhado por Deus, pois a palavra diz que Deus resiste aos soberbos e orgulhosos, mas, dá graça aos humildes. Deus, ele disse, aprendei de mim que sou manso e humilde de coração. Você se humilhar ou seja tornar-se humilde, deixar de ser orgulhos, esvaziar-se de todo o orgulho e soberba e altivez, e torna-se humilde, como disse Jesus, e aprendei de mim, ou seja, você aprender com Jesus, e se tornar como ele humilde de coração. Neste caso você estará se humilhando e não sendo humilhado, estará se tornando humilde e não continuando a ser orgulhoso e tendo que por isso sofrer, e ser castigado.
A humildade, pode ser uma qualidade da natureza humana, como uma pessoa que naturalmente sabe reconhecer o seu lugar, é submisso, odediênte, não presume ou aparenta cobiçar algo, e faz isso naturalmente. Mas, a humildade de que Jesus falou, é a humildade de coração, de você escolher mesmo que contra a sua natureza, ser submisso, ser manso, ser simples, esta é uma atitude de ser orientado por Deus e não se estribar em seus próprios entendimento, isso é ser humilde de coração e não de natureza.
Jesus disse: Sou humilde de coração. Jesus não era homem humilde de aparência, talvez nem aparentace ser humilde, no entanto aparentava simplicidade, pois se não a palavra não diria a seu respeito, que era sem parecer nem aparência, não era homem belo, mas, a sua humildade não consistia em simplicidade, submissão por conveniência, ou algo assim que estivesse implícito em sua natureza. Talvez, como Isaías o descreve em sua visão profética, era um homem que aparentava sim, ser humildade, era simples, e não cheirava a grandiosidade, pois como os próprios evangelistas o descrevem ele até mesmo se misturava no meio do povo, porém isso tudo em Jesus era real, pois era de coração, ele era humilde de coração.
Hoje, tenho visto muito, de pessoas que não são humildes, eles podem e até mesmo aparentam serem humildes, são pessoas populares, se misturam no meio do povo, mas, uma hora ou outra sempre estão a mostrar, que essa humildade é apenas algo natural a elas e não de coração, pois a humildade de coração não muda conforme as circunstâncias ou fatos, ou situações, pois é de coração, só mudará se o coração mudar. Agora a humildade que é da natureza, não esta no coração, ela sempre vai mudar, pois esta na natureza, e não na escolha, sendo assim não contrariara a sua carne.
Mas, o que é realmente humildade?
Não é simplicidade, não é submissão, não é ausência de raiva ou nervosismo, não é popularidade ou entrosamento com pessoas de várias classes sem distinção, embora tudo isso aqui falei, para abordar sobre humildade. Todos nós sabemos, que humildade é o contrário da exaltação, o humilde é aquele que mesmo sendo grande, não considera a sua grandeza em nenhum momento, o humilde é aquele que sendo sábio e grande em inteligência, contudo ninguém que está em sua companhia se sente rebaixado ou inferior, pois ele é o tipo de pessoa, que exalta a outros e não a si mesmo. Ele é grande porém a sua grandeza não o separa das pessoas, antes o inclui e o torna um com elas, o verdadeiro e maior humilde de todos é verdadeiramente Deus, pois ele sendo grande diz a palavra que ele sendo Deus não teve por usurpação isso, antes se esvaziou a si mesmo assumindo a forma de servo, e é ele quem nos reconcilia com o Pai( Filipenses 2.5-7/ Romanos 5.1-11).

Um grande abraço para todos!!!

Nenhum comentário:

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...