TRADUTOR

sábado, 25 de setembro de 2010

Por que não cantar?


"Agora escrevei para vós este cântico, e ensinai-o aos filhos de Israel; ponde-o na sua boca, para que este cântico me sirva de testemunho contra os filhos de Israel...E quando o tiverem alcançado muitos males e angústias, este cântico dará testemunho contra eles, pois não será esquecido de seus descendentes..." Deuteronômo 32.19,21

Já ouvi pregadores questionar o cantar de muitos cristãos cânticos com frases como: Eu não preciso ser reconhecido por ninguém, a minha glória é fazer com que conheçam a Ti, ou, Eu te amo mais que tudo... e é assim que eu te amo Jesus! Questionam por que como dizem, muitos dos que cantam não vivem, que estas musica descrevem realidades que muitos crentes não estão dispostos a viver. E é até justo o questionamento, quem não quer ser reconhecido por alguém, e diz o hino; eu não preciso ser reconhecido por ninguém. Mas, estes versículos que tenho retirado do livro de Deuteronômio, diz uma outra realidade destas músicas que, talves os amados irmãos ainda não tenham meditado. É que a música cristã não é apenas para ser uma expressão da nossa realidade, mas, ela também serve como uma forma de incutir a doutrina em nossa mente. O cântico de Moisés seria lembrado e cantado pelos israelitas mesmo, quando eles não tivessem mais, vivendo conforme a realidade contida neste cântico, mas, a doutrina estaria ali em suas mentes fixadas por uma melodia, e quando se lembrassem veriam que precisavam e necessitavam de se reconciliarem com Deus. Então por que não cantar estas músicas? Por que não? Ora eu não quero telas grudadas em minha consciência me dizendo que eu preciso me arrepender e aprumar em minha vida? Ou seja só posso cantar as músicas que não me fazem refletir na milha realidade? Deixo este questionamento para que os irmão meditem, e respondam para vocês mesmos!

Um mega abraço a todos!

Nenhum comentário:

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...