TRADUTOR

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

A provação promove a unidade do corpo( Santidade, união e comunhão) Parte II


c) Comunhão. E o último desses três itens que promovem a unidade do corpo. Comunhão é quando compartilhamos das mesmas idéias, sentimentos, intenções e pensamentos. A comunhão, entre ela e os dois primeiros itens, já mencionados, é a que melhor e mais contribui para a promoção da unidade do corpo de Cristo.De posse do conceito de união e comunhão;digo que a comunhão constrói um órgão, ou seja, em cada célula que compõem um fio de cabelo, se encontra o DNA para a composição do fio de cabelo, toda a informação que precisa par a existência daquele fio de cabelo, a sua cor(preto, vermelho ou amarelo) e se será crespo ou liso. E isto em cada célula das milhões que compõem um único fio de cabelo, isto é a comunhão de DNA. Mas, a união constrói um sistema de órgãos como por exemplo o circulatório, que é composto pelo coração, pelas artérias, veias, venículas, arteríolas, vasos e capilares. Também constrói um organismo, como por exemplo o nosso corpo; em que um órgão precisa do outro e não pode negar a existência dele para o bem de sua própria existência, já dei o exemplo do pulmão e do coração. Também todo o nosso DNA ou informação genética que há para a construção de um corpo humano cheio de órgãos, que há na célula de um cabelo, há também na célula do pulmão, sendo assim órgãos diferentes, mas, iguais em seus DNA.
O que quero dizer com isso?Que a comunhão e união são fatores vitais para o corpo de Cristo, e que sem a comunhão não haveria corpo de Cristo, e que assim como um câncer destrói as células de um órgão primeiro e se espalha até matar o corpo. A crescente falta de comunhão entre os cristãos e denominações, querem ou intentam matar o corpo de Cristo. Por que há um único DNA em cada crente chamado Espírito Santo, o qual torna-nos células de um único corpo, e é ele que promove a plena comunhão; e sem Ele não somos de Cristo (I Coríntios 12.12-31 Romanos 8.9).

d)Qual vinculo entre Santidade,união e comunhão, para a promoção da unidade do corpo de Cristo? Em que está o provar de Deus em tudo isto?
A estabelece o elo, a comunhão o conteúdo do elo, e a santidade a integridade do elo. A comunhão diz em que estamos unidos, a santidade visa manter e aperfeiçoar esta união. Agora o vínculo entre união, santidade e comunhão para a unidade do corpo é, que pode haver união sem todos terem comunhão, sem serem santos ou puros de intenção ao se unirem, pode justos e injustos estarem unidos num único propósito e isto é união e talvez em particular e minúscula comunhão que é o ponto no qual e pelo qual estão unidos, e nada mais; a união é a base para a comunhão, contudo, não é comunhão; e santidade é diferente de ambas, a santidade mantem e aperfeiçoa a comunhão e a união; a prova da santidade é a comunhão com os santos( não necessariamente a plena comunhão, mas, uma comunhão progressiva que caminha para a plena); o vínculo é este que não pode haver corpo de Cristo, não pode haver a unidade dele, sem santificação para a sua integridade e comunhão e união; se faltar união o corpo é esquartejado, se faltar comunhão há rejeição e órgãos, se faltar santidade há câncer e morte do corpo, o vínculo resumidamente falando é que só podemos sermos um em Cristo, se não faltar e abundar em nós estes três itens.
E o provar de Deus está em que, ele promove a santificação do corpo, a sua integridade e regeneração, ao revelar pelos frutos os justos e os injustos, promove a união ao despertar os santos para ajudarem os que estão necessitados de apoio em todas as áreas da vida, promove a comunhão ao unir todos a Cristo, a verdade e a vida, e ao caminho; ao mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus, a palavra viva e muito mais.(Filipenses 2.5/ 2 Coríntios 4)

... anterior

Nenhum comentário:

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...