TRADUTOR

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Confessando a Cristo


Texto base:"Portanto, todo aquele que me confessar diante dos homens, eu o confessarei diante de meu Pai que esta nos céus. Mas todo aquele que me negar diante dos homens, eu o negarei também diante de meu Pai que esta nos céus." Mateus 10.32,33

Tema:Confessar a Jesus e uma decisão vital, a quem quer viver o evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo.

O ato de confessar a cristo, não deve ser a nossa obrigação como que por imposição, mas, se torna a nossa obrigação como resposta devida de gratidão a Ele. Somente um cristão verdadeiro, que conhece e vive à luz dos ensinamentos de Jesus, deseja isso.Por que resistir a isso?O cristão deve viver com Cristo, e desta vida diária, tirar a sua confissão de fé, todo o cristão convicto precisa ter raízes em Cristo, deve estar convicto do viver em Cristo deve ser a sua realidade.Agora:

I. Por que alguém, que diz ser cristão, negaria a Cristo.Mateus 26.31-35/ 26.69-75
Tomemos a vida de Pedro como exemplo, ele era o mais destacado dos discípulos pela suas atitudes ousadas.Porém quando prenderam a Jesus, ele veio a se comportar, como um covarde e medroso.Se ele tanto amava e deseja estar com Cristo, por justo nos momentos mais difíceis do ministério de Jesus ele o negaria?
A) Por medo. Medo de ser preso, medo de também receber a mesma condenação. Não fora ele o próprio que cortara a orelha de Malco? O cristão não deve ter medo da reação das pessoas, ao confessar ele a Cristo.Se você fosse uma criança e tivesse que ir a escola, mas, lá existe uns valentões que dizem, se você pisar lá, vão te bater. Então o seu irmão mais velho resolve ir lá contigo.Você teria medo mesmo assim?
B) Por vergonha. Ele estava numa roda de pessoas, aquentando-se ao lado de uma fogueira. E as pessoas discutiam e falavam sobre Jesus.Então alguém se vira e fala.”Hei você também é um discípulo dele?” Pedro que estava envolvido pelo clima de confraternização daquele lugar, se vê grupo que comenta o que estava acontecendo.Aquele ambiente, descontraído ao lado da fogueira, associado ao conteúdo dos assuntos que falavam a respeito de Jesus, e do que se ouvia vir lá de dentro do seu julgamento.Punha o nome de Jesus como que algo ridículo e constrangedor à mente de quem estava lá envolvido em tudo isto.Uma nuvem de demônios preparava o coração dos compatriotas de Jesus a crucificá-lo com pensamentos e sentimentos maus, e Pedro estava envolvido. João estava ali também, mas, não havia se envolvido, não havia se constrangido.
A vergonha leva alguém a negar a Jesus, o que você faria se estivesse na situação de Pedro?Seja sincero.
C) Por querer ser Cristão, mas não querer se envolver com o evangelho. Indiferença.
Se você é cristão ou você se envolve com o evangelho, ou você é constrangido por ele.Por que ele te afetara de todo jeito, não da para ser indiferente ao evangelho. Se você quer ser cristão, mas, não quer confessar a Cristo, você será sempre desafiado a isso; a confessá-lo ou negá-lo, não podes estar em cima do muro e para tomar esta decisão terás de confessá-lo.Alguém ou alguma circunstância sempre o envolverá, por que confessar a Cristo é um ato contínuo...
D) Por decepção ou estar escandalizá-lo.Mateus 26.31-33.
Pedro se escandalizou, ele não esperava isso de Jesus, que ele fosse realmente entregar a sua vida.Por diversas vezes ele questionou o mestre, quando Jesus dizia que hiria morrer, por que era necessário, mas, ele não compreendia isso.Não somente ele, mas, todos os outros esperavam um Jesus rei, coroado e glorificado. Não um Jesus, condenado, humilhado e crucificado. Quantos se decepcionam com Jesus hoje em dia.E por isso o negam, o deixam.Alguns por não compreenderem as escrituras como os discípulos no Caminho de Emaús.Eles haviam voltado para as suas casas, suas vidas comuns, por que não compreendiam que as escrituras falavam da necessidade da morte de Jesus, e que ele havia de ressuscitar. Outros se escandalizam por fantasiar em Jesus uma pessoa que não existe, ou seja, um Jesus que não é ele de verdade.E quando Jesus que não compreende as expectativas deles, eles se escandalizavam.
E) Por ainda não ser convertido (Lucas 22.32).Convertido a quê? A Jesus, por ainda querer seguir a Cristo andando em sentido contrário a Jesus.Por que Pedro ainda pensava diferente de Jesus, e tinha uma visão diferente dele...

II Por que confessar a Jesus é decisão vital, a quem quer viver o genuíno evangelho?

A) Por que a salvação, não depende duma simples e formal confissão, mas, de uma confissão que signifique uma vida.Ou seja, é a sua vida que confessa.A vida de quem é salvo, mostra para o pecador, que Jesus é a solução para ele.Se você é cristão e o mundo não pode ver isso, que Jesus é vida e mudanças vitoriosas, então é questionável o seu viver em Cristo. O que estou dizendo é que Jesus ele está sempre a agir em nossa vida, e quando ele faz o mundo percebe.Não estou apregoando, triunfalismo, confissão positiva ou teoria da prosperidade, mas, o viver em Cristo.
B)Por que nisto está a promessa da vida eterna.(I João 2.23-25/João 11.25,26) Não é que se você simplesmente confessar a Jesus terás a vida eterna.Mas é que somente quem crer em Jesus, o confessa, tem o Espírito Santo de Deus.E somente os tais têm a promessa comprida em si, da vida eterna, segundo João 11.25,26; “Quem crer em... ainda que esteja morto viverá”.Por que para todo aquele que nele crer, como diz João 3.16, tenha a vida terna.
C)Por que é isso que é viver o evangelho, testificar e apregoar sobre Jesus.O que ele é, e o que ele faz.Por que Jesus é a mensagem do evangelho e é ele mesmo o próprio evangelho.Isso pode ser entendido em João 3.16 “Por que Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crer não pereça, mas, tenha a vida eterna”.A boa nova é que Jesus é a solução de Deus para o mundo.Mas como crerão se não há quem pregue?
D)Por que só o confessa quem o conhece.E quem o conhece é conhecido no mundo espiritual.Atos 19.13-17.
Paulo era mais famoso, do que Nero ou Alexandre o grande e ainda é; no mundo espiritual.Ser conhecido como servo de Deus no mundo espiritual, é sinal de honra e respeito.E por que, Paulo era conhecido no mundo espiritual?Por que conhecia a Jesus.
Um grupo de judeus exorcistas foi expulsar um demônio, e disseram: "Nós o expulsamos em o nome de Jesus a quem Paulo prega”.Não era o Jesus que eles pregavam, eles nem conheciam ou criam em Jesus. Era o Jesus que Paulo pregava e cria.Então o demônio lhes respondeu: ”Conheço a Jesus”, eles nem conheciam, “e bem sei quem é Paulo, mas, voz quem sois?”.
Ora quem não conhece a Jesus, o mundo espiritual nem sabe quem é ou quem foi, e o demônio saltou sobre eles, feri-os e rasgou suas roupas, quem conhece a Jesus é conhecido e respeitado. Eles não eram e nem foram.
E)Por que confessar a pessoa amada é a regra em todo o bom relacionamento amoroso.João 3.16 I João 4.19.
Se você ama a Jesus, todos precisam saber.
F)Por que todo o que quer viver o evangelho deseja isso.Com Tanta vontade, que mesmo se Jesus o pedisse para não fazê-lo, ele não o ouviria.Mateus 9.27-31/ Marcos 1.40-45/Marcos 7.31-37.Estes textos quem apenas citei a referencia, são textos que fazem alusão ao que terminei de falar, ali mostra fatos narrados pelos evangelistas, nos quais Jesus havia curado algumas, pessoas e logo os advertia que a ninguém disse-se que ele os havia curado.Porém quando elas saiam da presença do mestre, logo iam a espalhar a notícia, de que haviam sido cegos e ele os havia curado, de haviam sido mudos coxos, e leprosos e ele os havia curado limpados e purificados.

Conclusão

Quem quer o viver o evangelho, se a própria palavra significa “boas novas”, boas notícias, seria incoerente se não falasse tais notícias, se não falasse de Jesus.

Táticas do Espírito do Anticristo. Parte 6


7º Ridicularizar o cristianismo.
Eu tenho visto muitos ataques ao cristianismo hoje em dia, de dentro da igreja(como instituição) e do lado de fora. Nas igrejas as pessoas atacam a liderança, pastor é ladrão, pastroxa e outras barbaridades. As pessoas não possuem medo, aquele medo com respeito da pessoa do Espírito Santo, mas, elas o entristecem, elas blasfemam e justamente são exterminadas em sua abominável iniquidade. Quando uma coisa se torna vulgar, se torna pequena e medíocre, ela então se torna ridícula. É claro que hoje em dia muitos artistas tem se declarado cristãos, mas, isso não reduz ou torna o cristianismo grande em estima diante dos homens, apenas o facciona em dois, o ortodoxo também tachado de fundamentalista, e o contemporâneo ou cristianismo do oba-oba, que é este, claro o que tem atraído a preferencia das grandes massas, e a igreja ou movimento cristão que não se atualiza para receber as grandes massas continua a ser ridicularizado.Aquilo que diziam antes; aleluia aleluia farinha no prato... ou chamando pentecostal de pedra-encostada, pode até ter ficado no passado, mas, a opressão, censura o  sarcasmo e indiferença com que nos tratávamos ainda continua.
Muitas novas seitas cristãs surgem do desejo de adequar o cristianismo ao mundo, para não ser ridicularizado por ele. O grande problema é que estas seitas fazem confirmar o preconceito, e as mentiras que as pessoas impias diziam de nós, pois é justamente nestes movimentos que surgem os pastores ladrões, ou são movimento fundados pelos mesmos. É justamente nestes movimentos, onde não se preocupa com transformações de vidas, onde não se avalia os frutos dos ditos convertidos, é que surgem aos montes idéias mirabolantes, que transformam as igrejas em shows, cultos em espetáculos, pastores em animadores de plateias  onde crentes não adoram, mas, iludidos pensando que estão adorando apenas estão assistindo os cultos como se estivessem vendo um filme emocionante.
Mas, as igrejas ortodoxas, inda estão sendo vaiadas, jogadas nas valas, e perseguidas pelo mundo. É nelas onde a glória do mundo não resplandece, mas, sim a Glória do Eterno, pois a glória do mundo não é luz e sim trevas, mas, a Glória de Deus é que levanta os mortos na escuridão.
Ridicularizar é desfazer de algo, tornar este algo, uma coisa feia, fora de moda, de uso, antiquada, uma coisa vergonhosa aos olhos das pessoas. Quantos adolescentes e mesmo adultos, até se autodenominam cristãos, e no meio dos amigos são prosas falam de tudo, mas, se intimidam ou se falam são breves quando o assunto é o Senhor Jesus e a defesa de sua fé cristã, e mesmo de sua denominação. Hoje em dia está na moda, ser evangélico, o que para vergonha nossa não entrou na moda foi defender e viver o evangelho, e com isso testificar ser crente é normal, mas, ninguém quer testificar a sua fé, que é o que ser crente realmente significa.
Mesmo que essas pessoas não saibam, mas, dentro de si seu senso de ridículo está contaminado pela opinião publica, sobre o cristianismo genuíno. Pois, o mesmo recebe constantemente esta mensagem através das músicas seculares que nos são impostas, nos carros que as gritam nas ruas através de suas músicas, pelos professores que nos censuram nas escolas, pelas novelas, filmes e séries, que nos caracterizam com estereótipos simples e de gente ignorante, e de gente louca e desequilibrada.
Hoje as pessoas rotulam o cristianismo genuíno, como “fundamentalismo”.Para mim ser fundamentalista, no sentido de ser uma pessoa fundamentada na Bíblia e ter um cristianismo fundamentado nos ensinamentos e na vida de Jesus e seus apóstolos, é uma grande satisfação e o alvo meu e de todo cristão assim classificado, como fundamentalista. Só que quando as pessoas do mundo nos classificam assim, elas têm em mente os terroristas e radicais muçulmanos.
O fundamento do cristianismo é a paz, quando Pedro pegou na espada e cortou a orelha do servo do sumo sacerdote, Jesus o repreendeu e colou novamente por um milagre aquela orelha, ora, o servo estavam ali com uma multidão para prender Jesus, mas, a atitude de Jesus foi a paz, e não iniciar ali uma batalha.Nesta atitude de Jesus, escrita pelos evangelistas Mateus e Lucas(Mateus 26.47-56/Lucas 22.47-53), está o fundamento de nossa genuína fé, e da postura que se pode esperar de um fundamentalista cristão, não a atitude de Pedro, mas, estou me referindo a atitude de Jesus, o mestre e Senhor.

Breve estarei como já tenho feito atualizando estes sete tópicos sobre as táticas do Espírito do Anticristo, e postando outros sete.Espero ter contribuído para o vosso crescimento em discernimento.
Um grande abraço, a todos, e fiquem na paz e na graça de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo o verdadeiro.


quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Silas e Marcos Feliciano polêmicos e sinceros

"Eu sou a voz do que clama no deserto..."João 1.23

Não venho aqui defender o pastor Silas Malafaia, nem apoiar a sua teologia da prosperidade, mas, vejo a sua posição e suas atitudes num senário perturbador. E quando é que o vejo assim? Toda a vez que assume em rede nacional a sua posição contra a homossexualidade, sabe não vejo nenhum outro programa pessoas assumindo atitudes tão ousadas quanto estas. Pois vejo lideres e cristãos que procuram se manter neutros, aqueles que clamam e dizem misericórdia, quando veem o pecado entrando não só dentro de nossas casas, mas, dentro de nossas igrejas; e que por suas vezes não tomam nenhuma atitude a respeito.Mas, que não tomam nenhuma atitude, para apoiar a quem fala, a quem se posiciona firme e fielmente contra o pecado, num entanto se esta mesma pessoa que se posiciona contra o mal reinante tem uma falha eles procuram apedrejá-lo cruelmente. E é isto que vejo no pastor Silas Malafaia, vejo ele como alguém que se levantou contra o homossexualismo e contra o aborto no Brasil, pessoa que tem tido voz firme e inflexível, uma boa argumentação, mas, que por outro lado devido a sua posição no tocante a teologia da prosperidade, tem estado sem retaguarda, pois é atacado por seus irmãos de dentro da igreja, e é atacado pelos ativistas gays do outro lado.
Mas, logo repenso as minhas palavras já ditas ai em cima, será que um homem vai a batalha sem ter uma retaguarda?Será que ele está assim tão abandonado pela igreja contando apenas, com seu ministério a AVEC?Penso que não, mas, minha argumentação baseia-se no fato de que embora tenhamos muitos programas de igrejas sendo exibidos na rede Tv, ou mesmo tenhamos algumas pequenas emissoras pregando o evangelho, mas, não vemos pessoas que se destaquem como ele, o que se vá em rede nacional, falar que homossexualismo é pecado, ou se falam são tão tímidos com medo de sofrerem processos e exclusão midiáticas. Sei que Marcos Feliciano foi muito grosseiro, e se posicionou duma forma com argumentações ofensivas, mas, é o único que vi, se posicionando e dando a sua cara a bater, quantos políticos evangélicos temos ali, será que eles amam, mais a glória dos homens do que a glória de Deus? Me desculpem aos blogueiros críticos, mas, estes homens Silas e Marcos podem até serem tidos como homofóbicos, preconceituosos,pastores equivocados, podem até serem grosseiros, mas, infelizmente são eles que tem sido sinceros quanto ao Deus em quem eles creem e tem dado prova disto. Por acaso alguém já tem sido tão claro como o os tais, em nossos dias aqui no Brasil? Sei que eles são polêmicos por causa da visão e das posturas que eles tomam. Sei que Marcos Feliciano tem dito declarações que deixam a desejar, mas, uma coisa temos que concordar, ele da a cara a bater, pelo que ele crer, e ele como crente não tem um pingo de vergonha, e você? E nós?

Missões Incompleta

O tema de Missões Incompletas tem o propósito de chamar a atenção da Igreja brasileira para essa tarefa que tem se tornado uma Negação em muita parte. Tem tão pouca gente fazendo Missões. Tem tão pouca gente falando sobre esta Obra que Jesus colocou tanta Prioridade. Quase não se faz Campanha por Missões, assim como se faz campanha de quebra de maldição, de prosperidade, de restauração.
O povo sem Cristo esta semelhante ao que Jeremias falou nas suas Lamentações: Todo o seu povo anda suspirando, buscando o pão; deram as suas coisas mais preciosas a troco de mantimento para restaurarem a alma; vê, Senhor, e contempla, que sou desprezível. Não vos comove isto a todos vós que passais pelo caminho? Atendei, e vede, se há dor como a minha dor, que veio sobre mim, com que o Senhor me afligiu, no dia do furor da sua ira. (Lamentações 1.11-12)
Eu escrevo semanalmente sobre Missões, pois Missões em alguns lugares está na UTI. Outros lugares está no Museu. E para outros lugares a palavra Missões está só no Dicionário. Não esta na agenda dos pastores, não está nas reuniões de obreiros, não está nos corações dos pregadores. Vez em quando encontramos alguém como Gideão sozinho escondido dentro de um lagar salvando um pouco de trigo para a sua família.

Escrevo com muita Urgência sobre Missões fazendo de Missões o tema Primordial da PRONAMI – Promotoria Nacional de Missões, organização que tenho criado na Internet para Promover Missões no Brasil, com destino ao Chile. Vamos colocar alguns números de Missões para que todos vejam o quanto esta faltando ainda esta Obra, o quanto as Missões estão Incompletas. Contarei a realidade da falta de Interesse das igrejas brasileiras por Missões, este Brasil que no seu hino nacional é o Florão da América.
Havia 3.000 pastores em um Congresso, quando foram distribuídos os temas em grupos, apenas 12 pastores escolheram o tema de Missões. Nem vou fazer a conta para saber a porcentagem, pois ao saber de que apenas 12 pastores entre 3.000 se interessaram por Missões me deu uma tristeza muito grande, isso é uma vergonha, isso é uma Negação Missionária.
Estudos provam que no geral cada crente brasileiro tem aportado R$ 12.00 (doze reais) por ano para as Missões, um realzinho ao mês. Meu Deus R$ 1.00 Real por mês, não alcança nem comprar uma latinha de Coca-Cola!
O Senhor Jesus nos entregou a tarefa de fazer discípulos em todo o mundo, através de Missões, já passaram mais de 2.000 anos e a tarefa está Inacabada, Incompleta, vamos reverter esse tema amados?
O número de Pastores que enviam Missionários e sustentam com recursos da igreja local é muito pequeno. Poderia contar aqui as cidades do Brasil que fazem Missões com recursos próprios.
Não estamos a favor do estilo que alguns têm adotado de fazer Sócios Contribuintes de todos os Estados brasileiros para poder fazer Missões. Depois tem que juntar estas multidões em Congressos. Se cada pessoa que viajasse de ônibus, automóvel ou até mesmo de avião para um congresso desses aplicasse o dinheiro das passagens, da roupa que compra para a viagem, da hospedagem, da alimentação e das ofertas extras que entregam, dariam para sustentar centenas de Missionários vários meses no Campo.
Outros vendo o movimento todo que acontecem nestas instituições terceirizadas de Missõestratam de imitar de criar um evento na sua pequena cidade, ou na sua pequena igreja, sem ter Missionários no campo, sem ter experiência com o tema, lá vai mais um monte de semente jogado fora.
Aqueles Congressos de Missões, que muito pouco tem de Missões, os temas dos pregadores são verdadeiras exibições de conhecimento, revelações de novidades e não propriamente dito sobre Missões. Tem um vírus da opulência contaminando os pregadores que antes tinha unção, agora só tem técnica. Antes falava com autoridade agora só ensurdecem com gritos.
Como gostaria que esse tipo de locução esnobe terminasse e que nos Congressos de Missões fossem colocados Missionários para pregar, para contar as necessidades dos países onde estão atuando. Vamos lá Missionário, prepara-te precisamos acabar com esse mercado de estrelas.
Sempre procuramos nos atualizar com os Números Missionários, do que ainda esta faltando para fazer como as Missões. Assim descobrimos que existem 24.000 povos no mundo e ainda faltam 6.800 povos para serem alcançados. No Amazonas brasileiro há 33.000 povoados pequenos dos ribeirinhos que precisam ser evangelizados e 250 tribos indígenas.
Sabe quantos idiomas existem no mundo? Quantos deles têm na sua Bíblia própria? Existem no mundo 6.909 línguas e 2.432 delas ainda não têm nada de Bíblia. Precisaria Deus levantar 2.432 Missionários Tradutores muito bem preparados para traduzir Bíblias para os idiomas que ainda não tem sua Bíblia. Mas, com este tema de Tradução nos deparamos com outro problema, a grande maioria dos missionários não gostam de escrever, como se dedicaria a transcrever a Bíblia em outro idioma? Primeiro, os Missionários teriam que viver no meio do povo, da tribo, ter bastantes recursos para a tradução, digitação e logo levar para a gráfica. Missionários Tradutores tem que ter facilidade de aprender o novo idioma ou dialeto para poder traduzir a Bíblia.
Morrem todos os dias 85.000 pessoas sem nunca terem ouvido nada de Cristo. Sabe que significa 85 mil pessoas por dia? Seria como morrer todos os habitantes de algumas destas cidades que tem 85 mil habitantes no Brasil, tais como: Itanhaém (SP) Itabaiana (SE) Jataí (GO) Campo Mourão (PR) Patrocínio (MG) Manacapuru (AM) Itaúna (MG) São João del Rei (MG) Santana do Livramento (RS) Você que conhece estas cidades calcula ai o tamanho da sua cidade desaparecendo diariamente.
Outros números que deveria apavorar todos os crentes são os 500.000.000 (quinhentos milhões) de chineses que nunca ouviram nem o nome de Cristo. Quando vamos alcançar as 600 mil cidades e vilas da Índia 500 mil delas não possui um obreiro cristão. Ei! Deus não está te chamando para ir para lá? Não acha que está muito boa a tua vida ai no Brasil? Por que não aumenta a fila dos que estão lutando já pela salvação dos povos?
A igreja brasileira ficou jactanciosa, se gaba muito de ser a 3ª maior igreja do mundo com mais de 300 mil templos. Trezentos mil templos, e nem 1% deles estão fazendo Missões.
No Amazonas se constrói um templo a cada sete dias, ou seja, 52 templos por ano é o lugar que mais cresce no Brasil e para lá também se precisa de milhares de Missionários. Onde estão eles? Muitos estão como diz o Hino Nacional: “Deitado eternamente em berço esplêndido”.
E agora a moda é construir templos ecológicos, templos com capacidades gigantescas para comportar todos os seguidores de Cristo. Alguns templos estão cheio de pessoas vazias, outros templos nada fazem por Missões.
Sabe quantas pessoas precisam para sustentar um Missionário na Janela 10-40? 100 mil crentes para sustentar um missionário dentro da Janela 10-40 e que investe em média R$ 1,30 por pessoa, por ano, para Missões Transculturais.
Deveríamos fazer uma Reforma Missionária no Brasil. Cada igreja com 100 crentes deveria ter um Missionário enviado e dignamente sustentado.
Deveríamos construir 10% de Templos de cada cidade do Brasil, construir no Exterior. Ou seja, numa cidade que tenha 50 templos próprios construídos, deveria construir 5 templos no exterior.
Imagine agora a situação que toca viver os Missionários, pela Fé, pois as igrejas estão apenas preocupadas com as construções de templos, com o sustento dos obreiros integrados e com manter toda a estrutura administrativa: gastos de combustível, comunicação, zeladoria, mobílias do templo, sonorização e outras coisas mais.
Esta é a nossa situação pessoal, precisamos de ajuda, precisamos de pessoas comprometidas e que ame a Obra Missionária, mas que não fique apenas no amor, mas na prática dele.
Queres nos ajudar, aqui colocamos nossa conta para que você possa nos ajudar. Conta corrente 18.491-8 agencia 3078-3 Banco do Brasil.
Por: Pastor Teófilo Karkle

Fonte: Jornal Gospel News



sexta-feira, 19 de outubro de 2012

O amor é mais forte

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Ativismo Cristão

"Enquanto a Igreja se preocupa com seus redutos, enquanto os ‘reis’ se preocupam com seus pequenos ‘reinos’, enquanto crentes não saem mais para as ruas para evangelizar, [...] satanás levantou seu ativismo neste país. " (ESTE TEXTO FOI TIRADO DE UMA REPORTAGEM SOBRE UMA PREGAÇÃO DO PASTOR MACOS FELICIANO)



   Com base no texto acima citado, quero falar sobre o nosso inativísmo, não sei o que você pensa sobre ser fundamentalista, não sei se a tua opinião já  foi formada pela mídia sobre o assunto. Se foi então você  é  uma pessoa tremendamente equivocada, ser  fundamentalista no cristianismo, é o mesmo que ser ortodoxo, ser genuíno. Quando as pessoas falam de nós no mundo e nos refere como fundamentalista, estão dizendo que somos pessoas que lateralizam toda a Bíblia, e que somos pessoas que procuram trazer os costumes e opiniões dos tempos antigos para a atualidade. 
Opiniões estas que as feministas chamam de machistas, os gays de homofóbicas, os judeus(que deveriam ser a nosso a favor) chamam de antissemitas(mesmo que os fundamentalistas genuínos do cristianismo já tem provado por várias vezes não serem antissemitas).

Cremos que os princípios da palavra de Deus, são eternos e imutáveis, pois "passaram os céus e a terra, mas, as minhas palavras(diz o Senhor), não hão de passar"(Mateus 5.38-48). E sabemos que a Bíblia não ensina a intolerância. Você pode dizer que o Deus de Israel, mandava matar e apedrejar, já expliquei isso em outra postagem de nome "Deus conosco a grande graça", mas, o Estado de Israel, não era um estado laico, assim como nenhum outro país vizinho ou da época. Israel tinha sido levantado como representante do Senhor, e como referencia da pessoa de Deus, para os outros povos, a fim de que por meio de Israel os outros povos viessem a se converter a Deus. Já disse também que a postura de Deus, comparada a de outros deuses da época era bem branda, e outra, a lei mosaica não era uma lei moral apenas, mas, era um lei cerimonial, religiosa e cívica, ou seja ela abrange todas as áreas, pois Israel precisava ser exemplo em tudo.Mas, para encerra este assunto, somente nos países cristãos é que o estado é laico verdadeiramente, é que se há liberdade de expressão e de imprensa. Em países comunistas, não se tem liberdade, de expressão e a laicidade deles é falsa, pois embora não professem religião alguma, pois a considerem "ópio do povo", com tudo suas ideologias são pregadas e ensinadas como uma religião, e impostas como lei, não aceitando a liberdade religiosa, mesmo que a declarem contudo suas obras, ou seus frutos descritos na história mundial os denunciam. Países muçulmanos não preciso dizer nada.
Ser fundamentalista é ser ativo e professar a fé que pregamos, em obras e atitude; ser ativista cristão(que não é a mesma coisa que ativista religioso) é o que muitas igrejas e crentes não são na verdade, pois não procuram salgar o mundo insípido que os cercam, não procuram iluminar os que tropeçam em seitas e caminhos de morte(Mateus 5.13-16). Apenas querem o ouro dos fiéis e mante-los em seus reinos, em seus universos, em seus mundos, em suas assembleias, pois assim poderão contar com seus reais.Muitos cristãos não tomam os princípios da palavra de Deus como a menina de seus olhos, são como Ló, dão suas filhas como oferta a prostituição(Gênesis 19.1-13), mas, não se revoltam contra o mundo, pois possuem medo do mundo. Ser fundamentalista cristão na verdade é ser apaixonado, ser fervoroso pela palavra de Deus, é estar sempre regressando ao primeiro amor, e procurando permanecer debaixo do amor de Cristo Jesus(João 15.9-11/Apocalipse 2.4,5).

*Meus comentários em muitas postagens são bastante objetivos, é porque meu propósito é fazer você amigo leitor pensar, e ir além.

Deus voz abençoe, e firmem o vosso pé em suas palavras. 

sábado, 6 de outubro de 2012

*Saídas da vida


"De tudo o que se deve guardar guarda o teu coração, por que dele procede as saídas da vida." Provérbios 4.23


Quando se fala sobre guardar logo se lembra, sobre proteção, cuidado, vigilância.
Saídas da vida.Que pode ser entendido também, como fontes da vida.
Procede, que vem de, ou seja; "porque vem do coração as fontes da vida".É no coração que estão os nossos sonhos e projetos e é ele o gerador de força de vontade e empreendimento para a realização deles.
Por que saídas da vida? Por que é por onde a vida se expressa. Penso eu, que existe uma saída para cada área de nossa vida, para cada desejo, pensamento ; fontes sentimentais, ideológicas, morais, instintivas, etc...
É por isso que o escritor de provérbios aconselha, "guarda o teu coração", por que dele vem os meios pelos quais a sua vida se comunica com o mundo e se expressa . Pense bem, guardar de quem? E por que, você deve guardar de alguém?
Por que há alguém que se conhecer as saídas da sua vida, e tiver acesso a ela poderá manipulá-las a seu vil favor, este inimigo, poderá até mesmo bloqueá-la impedindo assim que sua vida se expresse por aquele meio. Não é atoa todas as frustrações, e o número grande de frustrações que pode ocorrer na vida de alguém, simplesmente por que deixou de cuidar, de vigiar e de proteger alguma fonte de sua vida.
Então venho por meio desta, reflexão reforçar, o apelo deste provérbio, e dizer que:
Guarde o teu coração, proteja-o, cuide dele, limpe-o não deixe a fonte secar, ou ser entulhada, proteja ele contra vândalos e depredadores de fontes, e que Deus seja contigo, por certo se assim o fizeres Ele será.
Você já viu como são amargos, ressentidossarcásticos, as pessoas que cheias de sonhos tiveram medo de realiza-lo ou foram impedidos por alguém, ou no caminho de suas realizações fizeram más escolhas que impediram a realização dos outros?
Não conheço alguém que seja realmente feliz nesta vida, se não pode expressar a sua vida. Ser cristão não é frustar isso, mas, se não tivermos cuidado, em nome de noções equivocadas de religião e santidade, poderemos interromper, ou mesmo bloquear as saídas de nossa vida, e sermos ao invés de luz, trevas, e grandes trevas de amarguras.
Que Deus nos dê sabedoria na escolha de nossos caminhos, no guardar de nosso coração.

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Deus conosco a grande graça

"...e será o seu nome Emanuel(Deus conosco)" Isaías 7.14


Como pode ser isso?Deus estar conosco é algo maravilhoso. Para o homem piedoso(que respeita as coisas sagradas) que vive cercado de deuses terríveis cheios de caprichos, ouvir esta declaração que o evangelho traz, leva o tal mesmo desconhecendo a doutrina da graça, concluir ser graça. Pois na sua experiencia com os deuses pagãos, ele se cercou de deuses, que sempre o oprimiam tendo ele de se virar, se desdobrar para aplacar a ira dos mesmos.Em tribos africanas, ou mesmo nos antigos povos europeus antes da cristianização pelo catolicismo romano, muitas das vezes até mesmo sacrifícios humanos era preciso, vemos isso também nos povos antigos da Bíblia. Concluíam então esses homens serem indignos, sempre indignos de qualquer favor. Para estes quando ouviram dos apóstolos, ou mesmo hoje povos que ainda se mantem assim como os africanos por exemplo, quando ouvem a boa nova de que Deus não só os ama, mas, que perdoa os seus pecados, não levando em conta os tempos da ignorância, e que ainda assim vem fazer morada no meio deles. Logo os tais concluem sem mesmo conhecerem ou ainda terem sido instruídos sobre a doutrina da graça, eles concluem ser graça. Porque dizem consigo mesmo,somos indignos, este Deus maravilho dos céus nos tem agraciados, presenteados.
Outro povo que bem entendeu a doutrina da graça, são os judeus. Pois acostumados ao julgo da lei de Moisés, lei essa que dava a Deus um parecer severo; questão esta que embora os críticos e céticos da atualidade encarem tais descrições da história dos hebreus com escanda-lo, porém os povos antigos não viam assim. Críticos da atualidade veem o Deus do Primeiro Testamento(AT) como um Deus iracundo, porém os povos que cercavam Israel, bem como todos os demais povos antigos da época não viam, nem encaravam deste modo. Pois como já descrevi sobre os povos primitivos e os povos pagãos antigos, os deuses da época eram todos "maus", e severos e cheios de caprichos, logo com toda a lei e severidade de Deus no Primeiro Testamento, Ele ainda se mostrava mais bondoso e amável do que os demais deuses(Jeremias 29.11).Mesmo assim a lei mosaica com todas as suas regras e rituais, havia se tornado um fardo insuportável, para os judeus que ainda tinham de cumprir a tradição dos anciões.Logo o evangelho veio não só libertando os judeus, mas, trazendo e revelando através de Jesus o verdadeiro caráter de Deus.
João em seu evangelho diz, no capítulo 1 versículo 17; "Porque a lei veio por Moisés; a graça e a verdade(esclarecimento e luz) vieram por Jesus Cristo".
Nesta breve reflexão procuro chamar a atenção do leitor, para esta grande graça que é o fato de Deus querer morar e habitar entre nós, bem como de perdoar os nossos pecados, e de nos salvar da ira futura. Vivemos numa sociedade impia, a qual despreza zomba e blasfema de Deus, que não tem respeito como os povos antigos tinham pelas coisas sagradas. Esta sociedade, não consegue entender que não é digna, do favor de Deus e do sacrifício feito por Jesus, ao invés disso querem julgar a Jesus novamente, e com suas noções equivocadas dizem constantemente para si próprio não há Deus. Minha pergunta é como pode esta sociedade atual, ver a graça de Deus nesta declaração, "Deus conosco", ou entender na integra a doutrina da graça? Será realmente que os cristãos atuais entendem a doutrina da graça? Ou só apenas a definem duma forma vaga? Será que esta sociedade impia não tem gerado também uma cristandade impia? A qual não tem temor para com Deus, não respeita a noiva de Deus(igreja), não conseguem entender que são, inimigos que foram convidados a sentarem na mesa do Rei, e que recebem um amor no qual estão sempre a cuspir!Vocês lembram daquela passagem de Mateus, onde Jesus conta uma parábola que diz, que o Rei mandou seus servos chamarem todos os indignos e desprezados de seu reino, para participarem de uma festa de bordas. Lembram que nesta passagem um deste indignos convidados, se acha bom o bastante e esnoba o rei, não querendo responder a pergunta. Desprezando o rei, sabemos o que rei lhe fez, ele foi jogado para fora da festa(Mateus 22.1-14).
Pensemos bem, amados, ainda não somos dignos. Não é porque você era um pecador, era inimigo de Deus, que era um viciado, um desgraçado que agora que se tornou filho, vai desrespeitar a casa do pai, vai maltratar ou passar a perna em seus irmãos. Saiba você ainda é indigno, é pecador e ainda precisa se humilhar e manter-se humilde debaixo das mãos, do Altíssimo. Isso se você quer continuar na festa, seja piedoso e deixe de ser impio ó crente, não siga o caminho desta geração.

Deus vos abençoe!

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Palavra importante 15: Valor

"O Senhor é contigo, varão valoroso." Juízes 6.12
Não tenho por objetivo falar sobre este texto, o qual todos conhecemos que se trata sobre a vida do grande juiz de Israel por nome de Gideão. Mas, gostaria de fazer a seguinte pergunta: Porque Gideão era valoroso? Por que ele tinha as qualidade e o coração(a disposição sincera) que Deus procurava naqueles dias em Israel, este fato é comprovado no versículo 14, em que Deus lhe diz, "Vai nesta tua força...". Gideão diante da palavra do anjo, se irritou porque ele se lembrava dos feitos de Deus em Israel, e guardava aquilo em seu coração, o Senhor Deus viu que naquela disposição que ele tinha de confrontar até mesmo um anjo, era a disposição que Ele precisava em um líder, o qual ele usaria para libertar a Israel. Um coisa ou alguém, não tem nenhum valor em si mesmo, a não ser para aquele que o valoriza, ou seja que lhe concede o valor.
Valor é a importância atribuída a algo devido a necessidade que temos ou que se tem do mesmo, nutrida por um sentimento em relação a este algo, ou nutrido por uma relação de necessidade. Por exemplo a água, temos sede, nosso organismo precisa, é claro que a água é necessária, é valiosa, mas, ela só é valiosa porque existimos e precisamos dela, do contrário não seria valiosa.Então concluímos que algo pode ser valioso por ser necessário ou por si tornar necessário. O avião é algo que pela sua praticidade e velocidade encurtando imensas distancias se tornou então necessário para nós no século atual.
O valor que tinha Gideão para Deus naquele momento era o de liderar, mas, o Senhor Deus não via em Gideão assim como não viu em outros líderes apenas este valor. Ele viu em Gideão, assim como viu em Débora, em Rute, Davi, Salomão e outros que, a sua palavra e Ele(Deus) também lhes era valoroso.
Mas,que valor era este que a palavra tinha para estes homens e mulheres? O valor moral, que é a importância que se dá a certas regras e ensinamentos de conduta e procedência moral, por ser necessário a sociedade. No Salmo 27. 4, Davi deseja estar no templo de Deus e aprender nele, no verso 11, ele pede "Ensina-me, Senhor, o teu caminho e guia-me pela vereda direita, por causa dos que andam me espiando". Salomão em seus Provérbios diz no capítulo 9.10 diz "O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, e a ciência do Santo a prudência".
Assim como para aqueles homens, para nós cristãos a palavra valor, também é importante; pois ele nos remete aos ensinamentos de Cristo Jesus, e dos santos apóstolos. Estes ensinamentos devem serem para nós valorosos, devem ser o nosso valor moral cristão. Por que para todo cristão ortodoxo o ensinamento Bíblico é a sua regra de fé e conduta, é a sua bussola, que o orienta na sua caminhada e nos seus julgamentos morais no dia a dia.Sem o ensinamento bíblico vivido, crido e aplicado na sua vida no dia a dia, você é qualquer coisa de menos cristão. Para ser cristão você deve valorizar, ou seja tornar necessária a palavra de Deus em sua vida, assim como a água é necessária para o seu corpo. Isto é valor.
A sua reação diante das afrontas atuais aos ensinamentos e preceitos bíblicos, bem como todas as verdades ensinadas na palavra de Deus, demonstram o quanto são valorosos ou não para você. A Bíblia diz que devemos ata-los em nosso corações(Provérbios 6.20-22) ).Um muçulmano é feroz na defesa de seu Alá, a Bíblia porém não nos ensina a violência, porém nos exorta a defender os nosso valores de forma inteligente, pois ela mesmo nos diz que o culto que prestamos a Deus deve ser pacífico, até mesmo uma oferta no altar pode ser desprezada por Deus, se o ofertante, não tiver paz com o seu irmão(Mateus 5.23).
Deus disse de Paulo; " ele é um vaso escolhido para mim"(Atos 9. 15 ) em outras palavras "um vaso valoroso para mim". O valor nosso, a importância que temos, foi o Senhor Jesus quem deu.Seres insignificantes, mas, Deus nos deu um significado uma importância. A evolução des-dignificou( tirou a dignidade) o homem,mas, Jesus e o cristianismo, o valorizou. Ele empregou em nós um preço, e este preço foi o seu sangue.

Deus voz abençoe, vocês são, nós somos valorosos para Deus.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Indouto ou inconstante?


“... falando disto, como em todas as suas epistulas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem e igualmente as outras escrituras, para sua própria”. 2 Pedro 3.16

Quem são os que distorcem as escrituras? Já disse com base nesta passagem da carta de 2 Pedro em outras postagens que são, os indoutos e inconstantes. Mas quero refletir de novo sobre o assunto, neste breve texto.
Paulo foi um homem de um conhecimento, notável e de um linguajar apurado, conhecedor das Escrituras a fundo, foi um doutor nas sagradas letras, e escreveu espístulas que servem de instrução até hoje, bem como toda a Palavra de Deus. Pedro nesta segunda carta, diz que assim como em outras obras inspiradas da Palavra de Deus, as cartas de Paulo possuia pontos de difícil entendimento(2 Pedro 3.14,15), e que era justamente nestes pontos, que os hereges encontravam brechas para se desculparem de suas condutas, imorais, sincretistas e gnósticas. Muitas pessoas simples que saíram do mundo, mas, tinham dificuldade de deixar alguns elementos do culto aos seus antigos deuses, ao lerem as escrituras, em suas compriensões simplistas, sem um julgamento crítico, sem a instrução de alguém com uma compriensão mais apurada, tropessavam em trechos obscuros e caíam no abismo de acharem serem estes textos uma legalização para continuarem suas praticas. Outras, como naquela época a posse da Bíblia completa era um luxo de poucos, talves possuíam apenas alguns trechos, mantendo assim seus costumes na ignorancia. Outros querendo interpretar a Bíblia achando que ela era um lívro de enigmas, como aquele Eunuco, que disse a Felipe, de quem diz o profeta dele mesmo ou de outro?(Atos 8.26-40)Eu te digo, que indoutos já acharam até Ets na Bíblia, outros passagens que falam e defendem o Espíritismo, outros tecnologias avançadíssimas antes do dilúvio; mas, eu pergunto. Como essas pessoas conseguiram achar isso na Bíblia? Querendo interpretar por elas mesmas, não sabendo que a inspiração vem de Deus, e que apenas o autor das sagradas letras, oferece o real significado para aquilo que ele diz. Isso não significa que não possa e não deva, consultar uma boa teologia, é verdade que Deus dá conhecimento a todos, mas, a cada um ele revela algo diferente, não contradizente com o que revelou ao outro, para que possa ser complementar e não confusão. Para que compartilhem o conhecimento e assim um ao outro complementem e não sejam autossuficientes. Mas, me refiro a passagens de compriensões difíceis, mas, se a pessoa não dissociar o contexto histórico e geográfico, textual e ideológico do texto, tera grande chance de ter uma boa exegese do texto sem tropeçar nestas passagens complicadas.
Quando digo de contexto histórico digo do tempo na história em que elas foram escritas, é muito importante sabermos discernir o tipo de veste, de comida, de cumprimentação, enfim dos usos e costumes, da época e não só da época, mas, também da região onde o texto foi escrito. Digo também do contexto geográfico, muitas visões de Daniel se analidas tendo em mente o contexto geográfico e histórico, sabendo que ele estava em Babílônia, da para se entender netas visões algumas figuras e linguagens mostradas.
Quando me refiro ao contexto textual e ideológico, pois no caso das epítulas além de termos em mentes o contexto histórico e geográfico, precisamos compriender que as epístolas não eram escritas em capítulos e versículos e sim que eram textos completos, precisamos compreender o tema central da epístula ao ler ela, e não procurar entender um versículo ignorando o outro pois a chave da interpretação pode estar justamente ao lado bem como em toda a epístula.
Até agora tenho refletido um pouco sobre alguns dos erros dos indoutos, mas, e os inconstantes?O que muitos indoutos fazem por ignorancia os inscontantes fazem por conveniencia, muitos não só naquela época, mas, bem como em toda a história da igreja até mesmo nos dias de hoje, se apegam a erros teológicos por que são adequados a o estilo de vida que vivem e querem manter. Buscam se justificar, em textos como aquele que diz, “... o que quero isso não faço...”, para dizerem que são pecadores e que por isso ninguém pode ou temo direito de jugalos pois estão todos no mesmo barco.
Com tantas versões da Bíblia correndo hoje, procuram brechas ou dizerem erem de tradução, e que segundo eles nas versões originais, a palavra não diziam assim. Faço com isso referencia a Igreja Contemporânea e a Teologia da inclusão, e são seitas as quais afirmam que nós cristãos históricos, pentecostais estamos distorcendo a Bíblia, com traduções corrompidas e que o a palavra não possui textos que fazem referencia ao homossexualismo como pecado. Já ouvi inconstantes até afirmarem que quando João dizia do apostolo a quem Jesus mais amava, estava se referindo a um amor homossexual.
Te faço uma pergunta; você é um indouto ou inconstante? Se não é nem um nem outro, como tem certeza disto? Muitos na igreja, por ignorarem a leitura e o estudo sério das sagradas escrituras, por rejeitarem a teologia, ou por não ter tempo para a mesma; estão no grupo de risco. Este grupo de risco é caracterizado pelos cristãos passivos, e que estão com a mente pronta para receberem tudo mastigado pelos líderes das congregações, que ou são indoutos ou são inconstantes; o grupo de risco pode até ser de pessoas formadas e graduadas, mas, as mesmas se tornam indoutas no conhecimento das Sagradas Escrituras comendo e digerindo qualquer porcaria que lhes forem entregues.
 Quando fiz a pergunta, se você tem certeza que não é nem um indouto ou incontantes, é por estes motivos.Muitas pessoas procuram igrejas nas quais se sentem bem, se a mulher por exemplo, gosta de uma calça justa e indecente vai procurar uma igreja assim, então este tipo de pessoa já é caracteristicamente inconstante, não se adequa ao cristianismo é o cristianismo que tem que se adequar a ela.

Pesso a Deus que te ilumine e não te deixe vagar em trevas neste tempo de ampla confusão e incertezas.

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Táticas do Espírito do Anticristo. Parte 5


5º Igualando o cristianismo as outras religiões. Sabemos que o cristianismo não é uma religião qualquer, ele é a verdadeira e única religião de verdade, porque o cristianismo genuíno não mostra a sua veracidade em técnicas humanas, mas, no irresistível poder de Deus na vida das pessoas que a ele vivem. Jesus não se importou em abrir uma religião, o cristianismo em seus primórdios era bem envolvido com o judaísmo, os cristãos judeus que se convertiam não deixavam de serem judeus, mas, se tornavam cristãos. As obrigações do judaísmo só não eram impostas aos gentios, por não serem judeus (Atos 15).Com isso não quero dizer, que o cristianismo institucional, não tem a aprovação de Deus, pois as regras e organizações primitivas surgiram já no inicio com Jesus designando e separando para o ministério da palavra doze, apóstolos aos quais ele os destacou diante de todos os discípulos(Marcos 3.13-19). E dos demais, separou mais  setenta aos quais, mandou na missão ministerial de evangelização(Lucas 10.1-24). Quando a igreja começou a crescer o Espírito Santo, moveu aos apóstolos para que separassem sete diáconos, postura essa que demandou da necessidade que a igreja tinha de pessoas que liderassem a parte social da igreja na assistência das viúvas e órfãos, enquanto eles continuariam e se concentrariam na pregação e proclamação do evangelho(Atos 6.1-7). Vemos também a direção do Espírito Santo, na realização do primeiro concílio bem como na elaboração da primeiras recomendações as novas comunidades cristãs entre os gentios(Atos 15.1-35).
Mas, o Espírito do Anticristo, procura e em muitos casos ou pelo menos no cristianismo como instituição o tem conseguido que é nivelar o cristianismo a estatura de outras religiões.E isso ele faz através do sincretismo( que é a introdução de práticas de outras religiões e crenças, no seio da igreja), do formalismo(que é a ritualização e esvaziamento da liturgia cristã) e das heresias que ele introduz na igreja por meio de teologias que de teologia só tem o nome, mas, que são filosofias do inferno.
 No mundo toda a religião tem facções ou seitas, no cristianismo institucional também, têm Batistas, Assembléias, protestante, católicas, evangélicas...
No mundo toda religião tem seus escritos sagrados, temos a Bíblia Sagrada. Por que se nós já tínhamos antes, então o diabo o enganador veio copiando, para trazer confusão nas mentes das pessoas.O Alcorão é por exemplo, em muitos de seus textos uma cópia adaptada da Bíblia.
A máxima do mundo hoje é todos os caminhos levam a Deus. Sendo assim o discurso do Espírito do Anticristo, com base nos escândalos, e nos históricos manchados do cristianismo no tempo em que a Igreja Católica era “soberana”, e perseguia com a inquisição os pré-reformadores e reformadores e bem atualmente pelos falsos irmãos e pelas falsas seitas cristãs, é que o cristianismo não é mais nem menos que o budismo e o islamismo, que seus membros mais fervorosos são tão perigosos quanto qualquer homem bomba mulçumano.
6º Releitura da história. Você sabe o que é releitura, não sabe? Quando você Le um livro uma vez você vê uma coisa, quando você o lê outra vez então partes deste texto, que você não havia enxergado e prestado atenção antes, você nota agora. Com os achados arqueológicos, e a abertura e publicação de artigos que antes eram mantidos como confidenciais, ou secretos pelos governos, os historiadores da atualidade, tem feito uma releitura, da história de suas nações e até mesmo da humanidade. Todo o dia a versão da história muda, com base em novos achados. 
Sabemos que assim também o Espírito do Anticristo, tem se esforçado, para mudar a visão que as pessoas têm de Cristo Jesus e do Cristianismo, com base em pseudo-evangelhos. Como o de Tomé e outros que foram escritos por seitas gnósticas, que defendiam que Jesus não estava em carne, pois a carne é uma coisa má, outros diziam que Jesus é um e Cristo é outro, outros falam que Jesus casou e teve filhos com Maria Madalena, entre muitas outras inverdades que com base nisto ele procura influenciar os historiadores céticos a fazer uma releitura do evangelho e da história do cristianismo. Muitos chegam ao absurdo de falar, que estes livros são tão inspirados quanto os outros.
Existe atualmente um grupo de teóricos  ufologos chamados "teóricos dos antigos astronautas ". Estes fazem uma releitura de toda a história, inclusive a bíblica, dizendo que toda a visão espiritual e todo o acontecimento contendo ou não aspectos ocultistas ou místicos são na verdade ações de seres extraterrestres no curso da história humana.  Com isso eles alegam não ser Jesus Deus,  e sim um integrante de uma raça de seres extraterrestres superiores.
Irmãos são muitas as táticas que o Espírito do Anticristo tem usado para destruir e aniquilar o cristianismo, fazendo com isso que as pessoas os odeiem e prefiram o Anticristo, mas, tenho aqui apenas procurado sintetizar as principais delas. 

Táticas do Espírito do Anticristo. Parte 4


4º. Minando a fé dos cristãos e simpatizantes da fé cristã.
Mina é o local onde se extrai um minério seja ele sólido ou líquido, minar é extrair tirar. Toda a mina ou local de extração, com o tempo tende a acabar com o mineral nela extraído. Quando você fura um buraco num lençol de água, ele então começa a vazar, ou seja, a perder a água nele contida, e a este processo chamamos de minar, que é o mesmo que drenar, vazar. De posse deste conceito, sei que é assim que o Espírito do Anticristo tem agido, ele tem cavado uma mina na fé das pessoas leigas e na fé dos próprios cristãos, para com as verdades santas e para com a igreja. E isso ele nem sempre faz de fora, mas, muitas são às vezes, que a nossa fé também é atacada de dentro, ou por pessoas que estão no meio de nós. E como que isso ocorre?
*Por meios de escândalos. O escândalo é o meio mais cruel de se atacar a fé de uma pessoa, geralmente as mais afetadas são as dos novos convertidos, ou dos simpatizantes (que são aquelas pessoas que ainda estão aos poucos se chegando a nós, mas, que ainda tem umas resistências). No caso dos novos convertidos a grande maioria se esfria, ou seja, tem sua fé nas pessoas comprometida, se tornando um cético; outros se tornam presas vulneráveis às falsas seitas cristãs, e ainda alguns perdem totalmente a fé em Deus. No caso das pessoas leigas que estão de longe admirando o cristianismo, e começando a se aproximar do caminho, tem com o escândalo seus pés totalmente desviados para outros caminhos, como foi no caso de Glande.
Mas isso não ocorre somente com os novos convertidos, também ocorre com pessoas mais experientes e velhas, mesmo que essas não saiam da igreja, mas são vasos vazios de fé e cheios de rancor e descrença, que por isso espalham sua morte e amargura a outros, como diz a palavra em Hebreus 12.15 “... e de que nenhuma raiz de amargura brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem.”
Jesus adverte aos escandalosos com um grande Ai!(Mateus18.6-9)As pessoas que manuseiam a palavra de Deus deveriam ter um grande e terrível temor ao pronunciar, qualquer coisa em relação a ela. De forma, a não conceder esperanças falsas, promessas que o Senhor Jesus não prometeu para a Igreja, e não ensinar coisas tiradas de traz da orelha, para dar aos pequeninos e simples na fé. Pois os mesmos não sabem que quando fazem isso, estão tomando partido com o Anticristo atentando contra a Noiva do Cordeiro.
*Por meio da ridicularização. Se o jovem cristão, ou novo convertido, ou até mesmo um ancião, não tiver em sua vida raízes bem aprofundadas de convicção na fé cristã, poderá ter a sua fé minada, diante dos constantes ataques da mídia e do mundo ao cristianismo.
Os ativistas gays, feministas e ateus, estão numa luta séria e terrível, contra os valores e fundamentos de nossa fé. E eles estão nas nossas escolas, muitos são professores de nossas crianças e jovens na universidade, e querem e fazem de tudo para atacar aquilo que nós temos ensinado, e de colocar a nós como os vilões, como os mentirosos. Não foi isso que Satanás fez com Eva?(Gênesis 3.1-7)Ele dizia, não vocês não morreram, mas, terão os olhos abertos para o conhecimento.Este é o mesmo discurso dos ativistas anticristãos, eles dizem que o cristianismo é mentira, e que o que temos ensinado são fábulas,e discursos velhos e ultrapassados.
As pessoas estão sempre a escarnecer de nossa fé, de nossos usos e costumes e tradições, mas, neste sentido o cristão mais abalado, é o que tem as suas raízes mais superficiais. Isto me lembra a parábola do semeador que está registrada e explicada em Mateus 13.1 -23, que diz que a pessoa que não tem raiz em si mesma sua fé é de pouca duração e não consegue resistir às hostilidades do mundo.
*Desacreditando as verdades cristãs e os cristãos.
Feliz e infelizmente, muitos cristãos e muitos leigos simpatizantes da fé, se apóiam em homens, sendo estes os elos mais fracos da corrente, Satanás sabe muito bem o que fazer, e ele o faz, quando promove escândalos através de quedas de ministros da fé cristã. Assim, ele não só consegue o êxito de minar a fé das pessoas nas palavras de qualquer ministro, como também mina a fé das pessoas no evangelho. Porque muitas pessoas começam a descrer naquilo que Paulo diz em Romanos 1.16,17; de que o evangelho é poderoso para transformar a vida das pessoas, sendo assim ele mina a fé das pessoas nas verdades do evangelho e ao mesmo tempo a fé das pessoas nos cristãos.
 O surgimento de muitas seitas cristãs também é a característica da fragmentação da fé das pessoas no cristianismo, pois muitas destas seitas ensinam um cristianismo exclusivo, uma releitura das verdades santas da palavra de Deus, distorcendo com isso os santos princípios, e escandalizando tanto a cristãos como a não cristãos. Se os cristãos não se entendem, se são confusos a cerca da verdade, será que estas “verdades”, são verdades mesmo? Se não se suportam e vivem desunidos, onde está o amor por eles tão pregado?

Táticas do Espírito do Anticristo. Parte 3


3º Promover tudo o que contradiga ou se opõem a Cristo Jesus e a sua palavra.
Como por exemplo, na ciência ele promove a teoria da evolução, a crença na existência de seres extraterrestre; na área moral, ele prove movimentos que se opõem aos princípios bíblicos como o movimento homossexual e o movimento feminista, no âmbito religioso o Ecumenismo e a Nova Era, o ateísmo e a teologia liberal, na medicina ele promove o aborto, a eutanásia e a mudança estética de sexo.

I.O movimento homossexual e o movimento feminista.
*O movimento em prol da homossexualidade, promovido por ativistas homossexuais (uso esta palavra pois engloba tanto a gays como a lésbicas), não visa apenas defender os direitos deles como cidadãos. Mas visa promover uma cultura onde, não se possa expressar a sua opinião contra a homossexualidade, se opondo assim a Bíblia que segundo os mesmos é um livro homofóbico, pois os princípios da palavra de Deus promovem e defendem a sexualidade segundo a biologia, quando defende que Deus criou o homem macho e fêmea os criou (Gênesis 1).
*O movimento feminista, também não visa apenas promover os direitos da mulher e livrá-la da opressão de um julgo machista, mas, tem por objetivo também subjugar os homens promovendo uma supervalorização da mulher em detrimento do homem. É por causa do feminismo que passagens da Bíblia que falam de submissão da mulher, são vistas pela sociedade pós-moderna de uma forma pejorativa (Efésios 5.22-24). Esta submissão aqui é no âmbito do casal, e não implica escravidão, ou mesmo infelicidade, pois a mesma palavra diz que o homem cristão seguindo o exemplo de Cristo com a igreja, deve amar a sua esposa (Efésios 5.25-33).
Este movimento promove e incentiva o aborto, o feminismo diz que o corpo da mulher pertence a ela e a mesma faz dele o que bem entender, desconsiderando assim que a criança embora esteja nascendo no corpo da mulher, contudo é outro ser, que também tem seus direitos, e como não consegue se defender precisa da proteção de sua mãe, e esta não pode tratá-lo com descaso.


II. Teoria da Evolução e existência de Extraterrestres.
Sabemos que a teoria da evolução apresenta uma nova e fantasiosa alternativa para o mundo sobre como as existências dos seres vieram a surgir, sobre o princípio das criaturas vivas na terra. Nova por que a Bíblia já expressava a revelação de Deus sobre o princípio de todas as coisas, fantasiosa pois os processos de macro evolução descritos precisam de uma considerada imaginação para aceitar a forma como eles são possíveis, de acontecer segundo esta linha de pensamento.Se pudessem reescrever a Bíblia, começariam pelo Big-Ben, passariam pela evolução e terminariam nos Extra-terrestres.
  O movimento da ufologia apresenta uma nova explicação para os fenômenos espirituais, a quem os cristãos e os místicos chamam de demônios, eles chamam de extraterrestres, criaturas vindo de outros planetas. Assisti recentemente ao filme, “Contato de Quarto Grau”. Ele é um documentário, onde conta a história de uma pesquisadora, que investigava um fenômeno extraterrestre, e ao mesmo tempo em que o filme conta a história ele, mostra cenas reais, que a pesquisadora registrou em sua câmera, e digo que em particular uma cena, destas filmagens que a própria pesquisadora registrou, me chamou atenção. Vi o que aos nossos olhos como servos de Deus era a manifestação, demoníaca, onde o paciente, o qual havia sido posto sobre hipnose pela pesquisadora, para se lembrar de coisas que ele havia se esquecido; foi tomada sua mente pela criatura (o suposto ET), levitando e disse aos presentes ser “Deus”. No entanto o filme em si procurou demonstrar, que aqueles fenômenos não eram demônios, e sim seres de outro planeta.
Amado, com que propósito ele o espírito do anticristo faria isso? Simples, se não existe Deus, como Criador, pois tudo surgiu através da evolução, se não há seres espirituais, pois são Ets, então logo a promessa da vinda de Cristo é uma ilusão. Pelo menos é isto entre outras idéias que o espírito do anticristo procura disseminar.

III. No ambiente religioso.
O Ecumenismo. Em teoria o movimento pela união das igrejas, mas, na prática o vemos como o movimento da união das religiões as mais diversas para o diálogo, ou seja, uma celebração a hipocrisia, pois pessoas que pensam e procedem de forma diferente, não podem sendo coerentes com seus princípios religiosos terem comunhão. Toda vez que você vê um culto ecumenismo, você não vê apenas, cristãos de diferentes denominações, mas sim você vê budistas, ateus, espíritas, muçulmanos, católicos e judeus. O que aos olhos das pessoas parecem uma coisa boa é na verdade uma incoerência. E que diálogo pode haver, onde há facção? A não ser que os que ali se reúnem são pessoas que abdicaram de suas convicções.
Já o movimento da Nova Era que não é apenas uma religião, mas, sim um movimento de idéias, que defendem idéias, como “tudo é Deus” e “Deus e o universo é o mesmo”, a nossa “Mãe terra”, “mãe natureza”, “todos os caminhos levam a Deus” entre outras idéias, movimento que promove o antropocentrismo, e a idéia de que todos nós somos Deus, ou que somos um Deus, em particular, o satanismo é uma seita que também desfruta de uma idéia parecida, pois eles dizem que o deus do satanista é ele mesmo.
Ativismo ateu. Muito presente nos E.U.A e União Européia, esse grupo não se trata de simples ateus, mas, de ateus organizados e entidades, que buscam segundo eles, a "promoção da verdade e do esclarecimento". Segundo os mesmos, qualquer religião é uma forma de travar o crescimento pessoal e intelectual das pessoas.O espírito do Anticristo, está também por traz dos mesmos.Ele promove e dissemina ataques a festas e símbolos cristãos, bem como a tudo que se refira a Deus.No Brasil existe uma organização de nome Atea(Associação brasileira de ateus e agnósticos)
Teologia liberal. Teologia que nega toda a realidade espiritual, segundo a mesma os livros proféticos são ficções simbólicas, Gênesis é uma reunião de contos, e poesias. Assim eles resumem o cristianismo a um sistema de filosofias vazias, pois se a realidade espiritual não existe e as profecias não são profecias, então, não faz sentido o nosso cristianismo. Assim o espírito do Anticristo atua por meio destes, criando um cristianismo vazio, fútil e manipulável.Veja uma breve descrição deste movimento tirado da WiKipédia.
"Teologia liberal (ou liberalismo teológico) foi um movimento teológico cuja produção se deu entre o final do século XVIII e o início do século XX. Relativizando a autoridade da Bíblia, o liberalismo teológico estabeleceu uma mescla da doutrina bíblica com a filosofia e as ciências da religião. Ainda hoje, um autor que não reconhece a autoridade final da Bíblia em termos de fé e doutrina é denominado, pelo protestantismo ortodoxo, de "teólogo liberal".

Oficialmente, a teologia liberal se iniciou, no meio evangélico, com o alemão Friedrich Schleiermacher(1768-1834), o qual negava essa autoridade e igualmente a historicidade dos milagres de Cristo. Ele não deixou uma só doutrina bíblica sem contestação. Para ele, o que valia era o sentimento humano: se a pessoa "sentia" a comunhão com Deus, ela estaria salva, mesmo sem crer no Evangelho de Cristo."


IV. Na medicina.
Aborto. Este assunto tem encontrado apoio em muitas, legislações de muitos, países principalmente quando a boca dos cristãos conseguem ser caladas, ou quando a igreja se omite. Para nós cristãos o aborto é homicídio, pois a pessoa ou a gestante despreza os direitos da criança que também é um ser vivo e humano.Grupos ativistas de ateus e lésbicas, procuram promover o aborto, usando contra nós a argumentação de que o estado é laico.
Eutanásia. Este não é um tema muito comentado e a grande maioria das legislações de diversos países não aprovam, pois a pessoa em seu estado de sofrimento, esta sem condições psicológica para optar pela sua vida o morte, caracterizando assim um homicídio por parte do médico.Todavia mesmo a legislação não permitindo, de uma forma silenciosa este tipo de homicídio vem ocorrendo por ai.Eutanásia, quer dizer boa morte, ou entre aspas um ato de misericórdia pondo fim a uma vida de sofrimento, mas, até que ponto esta pessoa sabe o que pede.
Mudança estética de sexo. Este procedimento é o que cirurgiões plásticos fazem a pessoas transgêneras, ou seja, são homens e mulheres que não se conforma com o sexo que tem.Digo estética, pois é algo apenas aparente, para que as pessoas os vejam da forma como eles desejam serem vistas, porem eles continuam sendo os mesmos e isso não pode mudar, mesmo que a carcaça mude, mas, geneticamente ainda são homens, ou mulheres.Assim o espírito do anticristo promove uma afronta a imagem de Deus.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Como escaparemos nós?


"Como escaparemos nós se não atentarmos para uma tão grande salvação, a qual começando a ser anunciada pelo Senhor, foi nos depois confirmado pelos que a ouvirão".Hebreus 2.3

Deus tem nos anunciado por meio de Cristo, a oportunidade de reconciliação com Deus. Sendo Deus único Senhor legítimo, único capaz de reconciliar-nos consigo mesmo, propõem nos hoje esta oportunidade.Como escaparemos, diz o escritor aos Hebreus, o Senhor é Rei e dono do universo, e sendo Ele o próprio sustentáculo da vida propõem por intermédio de Cristo Jesus, a oportunidade de não mais vivermos em guerra com o Criador. O mesmo texto diz; "se a palavra falada por anjos permaneceu firme e toda a transgressão recebeu a justa retribuição..."(Hebreus 22) Ou seja a palavra falada por anjos, agora esta é a palavra que Deus não usou mensageiros, mas Ele próprio fez questão de entregar. Portanto existe uma importância tão marcante nesta palavra, que anjos não poderia entrega-la, este é um negócio entre Deus e a obra prima das criações de Deus, o homem, trata-se de restaurar a comunhão que tinham no princípio, pois os anjos não possuíam os requisitos necessários para entregar esta mensagem, por que o homem é a única criação em que Deus aplicou todo o seu coração.
Por que Deus amou a humanidade de tal maneira, que deu seu Filho Unigênito para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.Por que Deus enviou seu filho ao mundo, não para que condenasse a humanidade, mas, para que ela fosse salva por Ele."(João 3.16,17)
Ou seja o mundo já está condenado, as pessoas já possuem um caminho certo, porém Deus lhes tem dado esta válvula de escape. Jesus é a válvula de escape da condenação certa. Um dia desse estava eu pensando no egoísmo e na severidade humana, como as pessoas são tão prontas em julgar e condenar, como elas são tão severas em seus julgamentos. A pessoa mata, rouba, infringe sofrimento em alguém, mas, se arrepende se converte a Deus, porém as pessoas não o perdoam, e ao invés de ficarem alegre pela sua conversão começam ao crítica-lo, dizendo: "Fez tudo isto, pintou e bordou. Agora está dando uma de santinho de pau-oco".Mas, quando estas mesmas pessoas que julgam severamente a um criminoso arrependido, negando-lhe o perdão e recusando a reconhecer a sua mudança(porque para os críticos do mundo não existe ex), quando estas mesmas pessoas cometem um deslize, querem e suplicam por um perdão. Até é bem comum aquela frase que usam em seu egoísmo a qual é:"Erra é humano..."
Por causa disso, as pessoas com toda a sua ingratidão querem o perdão de Deus, mas, jamais o terão, se não aceitarem que Jesus, é Deus e que Ele vive e pode mudar a vida de um homem miserável, e que pode  mudar a sua história. E ao reconhecerem isso, vierem a se lhe sujeitar como Senhor, confessando isso com a sua boca e aceitando a salvação que Ele pode lhes dar.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Táticas do Espírito do Anticristo. Parte 2



2º Instituir novos princípios morais.
É lógico que se você destrói algo, você tem que colocar algo novo no lugar. O espírito do Anticristo, não precisa tornar todos os princípios morais pejorativos, mas, a uns ele faz isso, como por exemplo. Através do movimento feminista, ele deu outro significado ao termo subjugar, para o mundo o subjugar é tornar-se escravo, ter a sua vontade sufoca, é se exterminar, é ficar em ultimo lugar. Através da teologia triunfalista, ser humilde é ser medíocre. Mas como eu dizia, ele não precisa denegrir todos os princípios, apenas dá novos significados a eles, ser justo é ser conveniente (Isaías 5.18-20). É claro ele usa todo um conjunto de táticas ao mesmo tempo, para tornar eficaz a sua estratégia.
Mas, o ministério da injustiça também tem os seus fundamentos, estes fundamentos são na verdade falsos princípios, que são regidos pelo principio da cobiça e pelo principio do egoismo. Estes dois princípios(ou leis de necessidade) da injustiça são essenciais para para que ela se estabeleça e ganhe força, e se prolifere, assim como ilustra bem a foto das raízes postada junto a este texto. Se não houver cobiça, não há mentira, pois a mentira só existe para atender as exigências da cobiça, não havendo mentira não ha falsidade, pois mentira é falsidade. Se não houver egoismo não há vaidade, pois a vaidade é serva fiel dele. A injustiça se estabelece sobres estes dois pilares corta-se um e ela fica em coma, corta se o outro e ela tem um óbito. Aqui listarei apenas 5,  destes falsos princípios, os quais são; mentira, vaidade, ambição, sedução e sensualidade.
I.        Mentira. Como princípio do novo código de conduta moral. A mentira é o princípio onde você fala as pessoas, aquilo que elas querem ouvir, e aquilo que for conveniente aos seus propósitos. Também é uma tática de autodefesa para evitar conflitos “desnecessários”, a seu ver.
II.      Vaidade. Principio onde a pessoa exalta tudo o que é fútil, desde que isso lhe traga algum prazer, ou aparente contribuição para crescimento pessoal, ou sensação de bem estar. Também é a conduta baseada no desejo inconsequente de atrair admiração do próximo.
III.    Sensualidade. Como princípio norteador, a sensualidade é o princípio cujo indivíduo, é  orientado pelos seus instintos e sentimentos,já não é mais pela razão, a final de conta, ele não é diferente dos demais animais irracionais, é apenas mais um regido pelos seus instintos. Pelo menos é isso que diz os oradores do evolucionismo.
IV. Sedução. Principio onde a pessoa usa da fraqueza e tendencia sensual do próximo para persuadi-lo a fazer aquilo que ele quer. Este é um princípio ensinado pelo satanismo, divulgado por filmes e novelas.
V. Ambição. Princípio onde a pessoa procura atingir seus objetivos,e crescer na vida e nas conquistas, tendo apenas em vista a sua realização, tendo apenas a si em vista, e não o próximo. Principio baseado na ânsia, no desejo desenfreado para alcançar os seus objetivos.
A nossa sociedade é como meninos mimados e pirracentos. Quebram sempre a cara com seus caminhos maus, e culpam a todos menos a si mesmo. Aliais, nossa sociedade hoje criminaliza, e demoniza o sentimento de culpa. O culpado desta vez são "as religiões", já faz um tempo que venho ouvindo pastores pregarem e dizerem frases como esta. "Não pregamos religião, pregamos a Jesus". Já li artigos de pensadores que dizem que a religião, é a causadora das grandes guerras e males da nossa sociedade e se inspiram nos exemplos dos muçulmanos radicais. A Bíblia não diz em 2 Tessalonicenses, que o Anti-Cristo se levantara "contra tudo o que se chama Deus ou se adora(NVI e João Ferreira de Almeida)?Pois é justamente isso que vem acontecendo de uma forma sutil, pois como diz o apostolo as heresias são introduzidas de forma discreta, ou seja encoberta. Precisamos examinar a semente que recebemos antes de sairmos por ai espalhando o joio, pensando ser o trigo.Com esta observação me refiro aos pregadores que vão por ai, espalhando esse veneno.

sábado, 16 de junho de 2012

Táticas do espírito do Anticristo. Parte 1


“Filhinhos, é já a ultima hora: e, como ouviste que vem o anticristo, também agora muitos se têm feito anticristo: por onde conhecemos que é a última hora.” I João 2.18
Meu objetivo aqui não é fazer a exegese deste texto, mas, tomo a declaração dada pelo apóstolo “muitos se tem feito anticristo”, para introduzir uma reflexão, que é sobre as táticas que o Espírito do  Anticristo usa para tentar calar a voz do Cristianismo e até mesmo apagar a memória de Cristo na história.

1º. Destruir os princípios morais. Quando você diz que tudo quanto alguém aprendeu desde a infância sobre certo e errado estava errado, ou então relativiza isso, você esta atacando a alma desta pessoa. Quando um irmão em Cristo começou a fazer  a faculdade de psicologia, a primeira fase que ouviu de sua professora foi a seguinte;” esqueçam tudo o que você aprendeu até hoje, está tudo errado”. A sociedade hoje em dia nas universidades, na literatura, no cinema e televisão, tenta relativizar os princípios morais, até mesmo os ensinados por Cristo Jesus em sua palavra.
A palavra princípio é uma lei básica e essencial sem a qual é impossível algo ou chegar a algum lugar, é o sine qua non, ou lei sem a qual não se pode fazer alguma coisa. Princípios são leis de necessidade, ou seja, são leis que são essenciais de tal forma que ignorá-las resulta em fracasso certo. Exemplo simples de princípios, é uma receita de bolo ou broa, se você quiser atingir a mesma textura, sabor e aroma desejado, terá de ser fiel ao que diz a receita, a todos os ingredientes medidas e outras regras nela contida.E por que?Porque são necessários.Os princípios não são regras criadas por capricho de alguém, eles na verdade são descobertos num processo ou aprendizado do dia-a-dia.Qualquer bom observador pode descobri-los; você pode deixar algum passar de liso, mas, isso não o anulara, não fara com que ele deixe de existir ou de ser necessário.
Sobre esta ótica, não há como relativizar os princípios. A única relação de um principio e com a sua especificidade, apenas são relativos quando são princípios específicos, como no caso da receita de bolo ou broa, o qual eu citei acima. Os princípios cristãos não são meramente religiosos, ou seja, não são específicos ao cristianismo, mas, são para a família, para a sociedade e para o indivíduo em particular.Nossa sociedade americana(das Américas) judaico-cristã, é fundamentada em princípios judaicos contidos no Velho Testamento e princípios cristãos contidos no Novo Testamento; embora hoje estes princípios são claramente atacados e desrespeitados, ataques estes que são originados sobre a bandeira da laicidade, ateísmo; se apoiando nas teorias da relatividade; e comunismo de Karl Marx, se inspirando na racionalizações e pesquisas de Froid e outros ídolos da psiquiatria, psicologia e filosofia, sendo os mesmo inspirados pelo evolucionismo Darwinista.
Contudo os princípios morais cristãos são princípios que servem para uma sociedade justa, família unida e feliz, e para um ser humano, mais consciente de si, em paz consigo mesmo, e vivendo em harmonia. Esta declaração parece utópica, mas, princípios não se explicam com argumentações profundas, porque são práticos, e com isso tudo se torna muito claro e evidente quando os vivenciamos. Citarei aqui apenas três princípios judaico cristãos que são essenciais a sociedade atual
I.Honra ao teu pai e a tua mãe...( Êxodo 20.12)Este é um princípio essencial para a família, e para o indivíduo em si. Honra um e desprezar o outro poderá trazer um certo desequilíbrio na vida, visto que o homem que aprende a honra ao seu pai e respeitá-lo, saberá honra e respeitar a autoridade, é homem que sempre saberá entrar e sair em qualquer lugar, e conquistar o respeito das pessoas. O homem que honra a sua mãe, saberá dar honra a sua mulher e ama-la da forma como ela precisa.
De certa forma o homem que honra o seu pai e a sua mãe só vira a morrer novo, por ser a vontade de Deus, ou por outros motivos, como desprezo pela sua saúde, mas, do contrário ele será alguém que viverá bem por muitos anos. Além do fato que é um homem que jamais será violento com uma mulher.
II.Não cobiçaras...(Êxodo 20.17)Todos sabem o mal que a cobiça pode causar, logo este princípio é fundamental para qualquer sociedade, pois sabemos que a cobiça é a causa da queda de grandes homens, grandes impérios, grandes firmas, grandes amizades, grandes amores...
Se vivêssemos uma sociedade fundamentada neste princípio com certeza, teríamos uma sociedade mais, justas, e não nos preocuparíamos com a existência de corruptos no poder, pois não os teríamos.
III. Ame o teu próximo como a sí mesmo(Mateus 19.19). Outro semelhante é, "o que quereis que os homens voz façam, fazeis vos também"(Mateus 7.12), regra básica para a boa e harmoniosa convivência.
Logo pondo estes três princípios juntos e aplicando-os na nossa vida, família e sociedade, com certo muita, ou por não dizer a maioria de nossas preocupações hoje, como tráfico(de drogas e entorpecentes), aumento da criminalidade, violência contra a mulher, crianças e idosos; já seriam praticamente nulos.
Quando você diz que os princípios morais são relativos, ou seja, não são válidos para todos é o mesmo que você dizer que não são princípios. Mas se fosse apenas relativizar os princípios morais, o que já é um ataque cruel por parte, dos filósofos, professores, da mídia; hoje eles procuram destruir os princípios morais nas mentes de nossos jovens.
Essa é uma tática do Espírito do Anticristo, que sabe que destruir os princípios, estará destruindo as sementes que Cristo através de seus ensinamentos tem lançado na sociedade, judaico-cristãs.
O Salmo 11.3 diz; “Na verdade que os fundamentos estão transtornados, que pode fazer os justos?” Os princípios morais cristãos, são os fundamentos da justiça, em nossa sociedade, destruir os nossos fundamentos é fazer desmoronar a nossa sociedade. Quando você vê, duas adolescentes por causa de drogas arrancar o coração ainda vivo de dentro do peito de outra adolescente, pessoas matarem rindo sem nenhum pesar, este é o resultado de uma sociedade desmoronada, onde a justiça não possui mais fundamentos, onde  as pessoas já não possuem uma referencia certa do que é certo ou errado. Sociedade onde as mesmas pessoas que olham com pesar o assassinato de uma criança pelos pais, são as mesmas que aplaudem o infanticídio entre os índios. Sociedade que persegue os pedófilos, mas, elogiam os países que como a Índia casa crianças com homens velhos. Esta é a má sociedade, onde os princípios morais que são os fundamentos da justiça estão transtornados.
Como faz o espírito do Anticristo para destruir os princípios morais?Ora através do ato de desacreditar os princípios, tornando os ultrapassados, aparentemente errados, injustos, eles simplesmente chamam o bom mal e o mau bem. Em filmes vemos a mentira sendo exaltada e mostrada como tática lícita, vemos o adultério e a traição, bem como a prostituição e a corrupção sendo tratadas como coisa boa. A mídia grande influenciadora das massas faz filmes e novelas, onde manipulando as situações colocam aos olhos da grande massa pessoas más e ímpias como boas e generosas. (Isaías 32.4-8)




quarta-feira, 9 de maio de 2012

Só Jesus

“ninguém vem ao Pai a não ser por mim!” João 14.6b

É difícil imaginar que alguém que se diz cristão verdadeiro, possa ter comunhão com alguém que professe outra fé, que contra diga a Jesus ou que apresente outro caminho que leve a Deus. Pois Jesus disse que é só Ele.
Dentre as três pessoas da trindade Jesus foi o escolhido antes de tudo, para revelar ao homem a verdadeira natureza de Deus. Não, Jesus não revela outro Deus, um mais bonzinho, ao passo que o Deus do Velho Testamento é um Deus “iracundo” (como dizem os ímpios). O mesmo zelo que tinha Deus no Velho Testamento Jesus demonstra também no Novo Testamento, quando subiu ao templo e o viu cheio de ladrões, ali Jesus estava em sua condição humana, por isso limitou-se a virar as mesas dos cambistas e expulsa-los juntos com os outros comerciantes. Qual seria a reação dos críticos fariseus de nossa época, se um cristão assumisse hoje tal postura de Jesus?
O fato é que só Ele é a revelação exata de Deus ao mundo, e só Ele ou através de aceitá-lo como Salvador é que a pessoa passa a conhecer o Pai e o Espírito Santo.  O Pai porque Jesus é o caminho, o Espírito Santo por que a pessoa o recebe em si, e é Ele que opera nas vidas daqueles que recebem Jesus como Salvador.
Resumindo, só por  Jesus você pode chegar-se a Deus, e só através de Jesus você conhece a verdadeira natureza de Deus, isenta de todo o preconceito, que de outra forma você teria. A religião pode distorcer sua visão sobre Deus, mas, só através de Jesus você o conhecerá como Ele é.

Deus em Cristo Jesus vos direcione!

Jesus é a verdade.


“Eu sou o caminho a verdade e a vida.” João 14.6a


 Você pode ser um religioso, e ser outra pessoa, há religiões que não influem duma maneira profunda na vida de seus seguidores. Mas quando se fala no seu relacionamento com Jesus, você só pode ser o mesmo. Você pode ser um religioso, que se limita às práticas e rituais da religião, e quando vai para a sua casa você não necessariamente leva a religião para sua casa, seu trabalho, sua vida social, a não ser que seja um religioso fervoroso. Existem pessoas que crêem no criacionismo quando estão na igreja ou em casa, e são evolucionistas quando estão na escola. São cheios de pudor dentro da igreja, sem um pingo do mesmo quando estão entre os amigos. São camaleões, influenciáveis. Mas, estas pessoas na verdade são pessoas que não possuem raízes, e podem facilmente serem removidas de suas crenças, por não saberem e não serem certas de sua fé. Por não terem convicções.
Quando Jesus falou: “Eu sou o caminho...” Ele disse: “Vocês procuram uma religião? Parem de procurar, apenas sigam-me, ouçam e apliquem em suas vidas em seus corações as minhas palavras.” Quando Ele continuou: “Eu sou a verdade...” Ele disse: “Todo o mundo fala sobre Deus, vocês querem saber o que Deus fala sobre si mesmo? Ouça-me somente eu posso falar a verdade sobre mim mesmo e sobre o Pai e sobre o maravilhoso Espírito Santo.” Quando Ele finalmente disse: “Eu sou a vida...” Ele expressou: “Não sou um espaço em vossa agenda. Eu sou o seu sono e sonho, o seu acordar, o seu café da manhã, o seu assunto, eu sou o seu estilo de vida, tudo que sua alma procura, no mundo. O que sua alma sedenta realmente quer, eu sou a sua realização completa, eu sou não uma vida, mas, a vida.”
Então Jesus é a única verdade, que para início e fim de conversa precisamos realmente saber. Você conhece a Deus? Não! Então conheça a Jesus!

Que o Espírito de Cristo voz guie a verdade!

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...