TRADUTOR

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Deus nos prova para que a sua justiça fique evidente

Dentro da série de reflexões sobre o provar de Deus tenho me esquecido, quando falava de para que somos provados, de mais um que quero falar. Deus nos prova para que a sua justiça fique evidente.
Posso afirmar sem contradizer tudo o que já tenho falado que, "Deus nos prova realmente para saber o que há em nós", não que Ele não saiba, quem não sabia era o anjo que fora mandado por Ele a Abraão(Gênesis 22).Mas, Ele nos prova no intuito de comprovar o que Ele já sabe. Deus não implanta provas e nem as cria, mas, nos testa e o que há em nós se manifesta, por que como ele mesmo disse, "a boca fala do que o coração está cheio"(Mateus 12.34), ou seja, Ele não implanta provas, e também não nos tenta ao pecado, o que tenho dito é que Ele faz uso das tentações, tribulações e lutas as quais Ele pela sua onisciência já sabe que sobrevirão ao viver em Cristo, dos justos ou mesmo dos impios. Por que a luta é o resultado natural do viver, e a luta do cristão contra a carne, o diabo e o mundo produz tribulações(sofrimentos) na nossa carne. Ou seja, Ele nos prova por meios já existentes. Mas, e quando Ele mesmo cria meios, como no caso de Abraão em Gênesis 22?
Digo que Ele não nos tentara, não nos induzirá ao mal.
Esta é uma prova direta, ou seja, uma prova em que Ele mesmo chega e nos prova, e não uma prova em que Ele nos avalia por meio de situações pré-existentes, situações as quais passamos e que nós entramos nelas pelos nosso próprios pés, e não ele nos pôs nelas.
Voltando ao que dizia de inicio; Deus nos prova, para por meio destas provas, nos provar, ou seja, mostrar nos evidencias inequívocas a nós. Como no caso do pecado, em nossa consciência sabemos que pecamos, e mesmo assim resistimos a nossa consciência.Enquanto o pecado está apenas dentro de nós, não admitimos se Deus virar para nós e nos condenar por Ele, mesmo que o seu juízo é inequívoco. Mas Eles nos mostra por meio de fatos o que há em nosso coração, fatos estes que acontecem em nossa vida, não haverá argumentos no homem contra Deus, por que agora será três contra um, a consciência, a palavra de Deus, e a prova ou o fato. A Bíblia diz que,"serão os mortos no juízo final, julgados pelas obras deles escritas nos livros"(Apocalipse 20.12).

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

O Manifesto da consciência.


Você já imaginou o mundo sem você?Inconscientemente todos nós fazemos abordagem da vida a partir de nós mesmos, à realidade é que vemos o mundo como se estivéssemos no centro. Não estou falando de egocentrismo, mas, de autoconsciência.
Porque na verdade só tomamos consciência da vida depois que tomamos consciência de nós mesmos. Diferente de nós os animais irracionais, não sabem que existem ou que estão passando por esta vida, nascem crescem e morrem sem saber que passaram por aqui.
O fato é que vemos a nossa existência no mundo como uma necessidade (toda esta abordagem passa-se no nosso inconsciente), como se fossemos peças de um grande quebra-cabeça universal montado por Deus, sem as quais este quebra cabeça estaria incompleto. O que eu estou dizendo é um pensamento que constantemente invade a minha mente, e me deixa uma duvida, será que realmente a minha existência nesta vida não é necessária? Será que passo pela vida como uma palha, como uma poeira num imenso deserto? Será que sou uma matéria dispensável, resultada de um acaso de ocorrências num universo caótico e monótono?
A pessoa que se suicida, será que ela acha-se necessária, ou será que ela já pensou nisso alguma vez na vida? Talvez se pensasse nisso que falei certo é que a aflição e o sofrimento mental que a conduzirão ao suicídio vieram a anular a sua capacidade de autoconsciência.
Existe uma grande necessidade no centro do coração de Deus, pela qual só existimos por que ele fez que existíssemos, não somos palha, ou um acidente, não somos um pensamento sobre um pensamento, somos necessários. Ou você se acha descartável? As pessoas tendem a viver um ciclo de ignorância, e conseqüências; mas, aquelas que se valorizam e valorizam igualmente o próximo, conseguem perceber o seu lugar no universo e ao lado de Deus.

O arcanjo Miguel


Um dia desses, levantei cedo para ir ao trabalho, e liguei num radio evangélica para ir ouvindo no meu celular no trajeto de casa até o serviço, e estava acontecendo um programa de certa denominação, que me assombrou, dizia mais ou menos assim o infeliz ministro caído.
“Tem muita gente que tem uma vida cheia de problemas, financeiros, sentimentais e espirituais, que não realizadas, é porque não conhecem o arcanjo Miguel”!
Amados, quem é mais importante Jesus ou Miguel?Vivemos num mundo onde a falta do conhecimento de Cristo Jesus, é que tem levado muitos cristãos nominais a miséria, o fato é que conhecer a Miguel não resultara em nada, mas, conhecer a Jesus isso levará a um avivamento real e puro de sua vida.
O que o anjo disse a João.
“Eu sou conservo teu e de teus irmãos”... Apocalipse 22.8
Ou seja, assim, como eu e você o anjo, ou o arcanjo Miguel é um mero servo. Ele não é onipresente, nem onisciente, nem onipotente, nem tão pouco eterno, pois um dia ele foi criado assim como eu e você.
Amados se outro for exaltado no lugar de Jesus, fuja e saia do meio deste lugar onde o nome de Jesus não é o principal. Não me convém citar o nome da igreja, pois, este tipo de heresia não se encontra apenas num lugar isolado, mas, de forma mascarada, até mesmo em nosso meio, vemos estes males.

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Em que Deus nos prova.


Em que somos provados por Deus?Somos em tudo provados, como o ouro é provado pelo fogo. Em tudo que afirmamos, em tudo que cremos em tudo que amamos, em tudo que buscamos, em tudo que esperamos em tudo que pregamos e em tudo que vivemos.
1.       Em tudo que afirmamos. “Digo-vos que de toda a palavra frívola que proferirem os homens, dela darão conta no dia de juízo;” (Mateus 1.36) Será que você tem convicção daquilo que afirma?Você pode afirmar algo com autoridade como Jesus o fez? Se você afirma ser santo. Se afirmar, que não vais negar a Cristo, se afirma que não deixaras o mestre, se afirma que o ama se afirma que crer em suas promessas e as espera; se afirma? Terás de provar.
As lutas o declararão, as tentações e tribulações o manifestarão (Apocalipse 22.10,11; Lucas 22.31-34/54-62; Mateus 26.31-35; Marcos 14.27,50; João 21.15-17).
2.       Em tudo que cremos. Acima de tudo cremos em um único e trino Deus, mas, e quanto aos nossos crédulos religiosos? E quanto a nossa confissão pessoal de fé? Jesus Cura? Batiza com o Espírito Santo? Salva? Vai voltar e nos levara com Ele?Podemos fazer o que Jesus nos deu autoridade para fazer em Marcos 16? Digo mais, tudo o que você afirma crer é baseado em alicerces sólidos, tens convicção não apenas um crente tradicional?Estas, realmente disposto a entrar na cova dos leões, na fornalha de fogo, em nome de Deus?Expulsas demônios em o nome do Jesus que Paulo prega, que Paulo crer e serve? Ou é o Jesus que você crer, prega, vive e serve? (Atos 19.13-17/Atos 3.16)
3.       Em tudo que amamos. “Por que Deus amou o mundo de Tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crer não pereça, mas, tenha a vida eterna” (João 3.16). Pensando no sacrifício de Deus; lembro do sacrifício de Abraão, ele foi provado por Deus naquilo que ele mais amava em Genesis 22. Existem dois tipos de provas aqui; uma para provar, o que você ama se ama mais do que a Deus; outra para provar que você ama realmente como diz que ama. Você já pensou nesta palavra, ”ouro provado pelo fogo”? Com que profundidade o fogo vai provando o ouro? O certo é que o mais, puro e reluzente ouro saem do meio do fogo, isto diga Ananias, Misael e Azarias (Daniel 3), no meio do Fogo eram os astros mais reluzentes. E o que isto tem a ver com as nossas provações? Elas são fogo, e aquilo em que somos provados é o nosso ouro, não é isso que disse Jesus?(Mateus 12.34,35). As lutas, tentações e tribulações desta vida provam o tesouro do nosso coração, se for ferro banhado a ouro, isso se manifestará.
4.       Em tudo que buscamos. “Buscar-me-eis, e me achareis quando me buscares de todo o vosso coração” (Jeremias 29.13). Jamais se encontra o que busca, se o não quiser verdadeiramente. Essa pode ser que não seja uma verdade pratica na vida secular, mas, o é na vida espiritual. “Por que apertado é o caminho que conduz a vida e poucos são os que passam por ele”. Para com Deus exige-se sinceridade e necessidade, digo isso em dois lados da mesma moeda, a prova vem mostrar a você mesmo se és sincero naquilo que buscas, pois pode ser que quanto ao pensamento, ou quanto ao sentimento sim; mas, quanto à sincera vontade, ou seja, o coração não. E a prova vem revelar a ti se é necessário ou não o que buscas, seja para ti ou para outro, por exemplo; Deus sabe o que é necessário a nós e isso não deixará ficar oculto aos nosso olhos, mesmo que não queiramos enxergar, e se é que não enxergamos é por não queremos pois está lá bem diante dos nosso olhos. Você tem um dinheiro em sua mão a conta de comprar um carro o qual você está desejoso de adquirir, pegou o ônibus e está indo a concessionária você está sendo sincero nesta sua busca. Mas, sabes que estas deixando em casa três filhos que estão seriamente doentes e se não forem tratados logo morreram. o SUS não faz tratamento desta doença, sendo o seu dinheiro extremamente necessário a seus filhos; mas o que caminho que segues é outro. Quem não desinteiraria o dinheiro e compraria o remédio para os seus filhos? Mas, certamente por que isso iria doer em suas carnes, em seus corações, não fariam isso por serem sinceros cristãos. Mas, esse também seria o caminho que um sincero cristão seguiria. Por que quando andamos segundo a carne não queremos o que é necessário; mas, unicamente o que queremos, mesmo que o isso não seja o que necessitamos. Pois há muito, que deixamos o que é necessário, para buscar o que é fútil por simplesmente o querermos, e isso da forma mais fria possível.
Mas, como  a prova revela a mim o eu é necessário?É por que quando estou buscando estou procurando, ou adquirir, ou manter ou encontrar ou perder algo. E nesta busca por algo ei de ser surpreendido por obstáculos e ei de encontrar muitas coisas, e dentre estas coisas encontrarem o que é necessário; seja este necessário aquilo que eu realmente preciso ao invés daquilo que busco, ou seja, esse necessário aquilo é suficiente para adquirir o que busco (João 3.16).
Então naquilo que busco sou provado pelo menos das seguintes formas, se aquilo que busco é necessário, ou é o que realmente quero. E estes são os lados da mesma moeda.
5.       Em tudo o que esperamos. “Porque em esperança somos salvos. Ora a esperança que se vê não é esperança; porque o alguém vê como o esperara? Mas, se esperamos o que não vemos com paciência o esperaremos (Romanos 8.24,25).
Esperamos a volta de Jesus. Esperamos o cumprimento de suas promessas, as que estão na Bíblia e as que Deus nos tem prometido por meio de uma profecia individual. Esperamos conseguir. Esperamos conseguir o que queremos o que buscamos, esperamos, esperamos...
Às vezes encontramos pessoas desesperançadas, mas, mesmo esta em alguma coisa tem esperança. Na esperança um dos meios pelo qual somos provados é o tempo, um ditado diz. “A esperança é a ultima que morre”,  no entanto a Bíblia mostra em Hebreus 11 que muitos grandes heróis da fé morreram esperando. Mas, os que confiam no Senhor são como o monte de Sião que não se abala, mas, permanece para sempre (Salmo 125.1). Pois se o tempo mostra ou evidencia a fragilidade de alguma fé de sua consequente esperança. Por outro lado tem sempre mostrado para nós que o Monte de Sião, não se abalou, mas, esta intacto, para todo o sempre...

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Palavra importante 13: Perseverança


“E odiados de todos sereis por causa do meu nome; mas, aquele que perseverar até o fim será salvo.” Mateus 10.22

Você meu querido irmão, já caiu alguma vez? Sim, todos em algum dia ou alguma hora, já fraquejamos, mas, nem todos de nós após esta queda veio a se levantar novamente,  para prosseguir a sua caminhada com Cristo. E a minha reflexão é tanto para aqueles que ainda estão prostrados com parar aqueles que se levantaram e prosseguiram em sua caminhada.
Para aquele que ainda está prostrado, está é a reflexão, saiba ainda não é o fim levante-se estenda a tua mão e receba o auxílio de Jesus que pega na sua mão e te renova as forças para prosseguir, pois perseverar, não significa estar numa caminhada de forma ininterrupta, mas, significa, que você está a prosseguir, e não está desistindo, mesmo falhando se levanta e prossegue, para o premio da soberana vocação, pois a vocação é para aqueles que se levantam e não para os que estão prostrados.
Para aqueles que se levantaram e prosseguiram em sua caminhada com Cristo, está é a reflexão, saiba que o caminho é traiçoeiro, se você caiu em certo vício ou erro alguma vez a segunda é sempre mais fácil, e encontra menos restrições do que a primeira, por isso, vigie, ore como Jesus nos aconselha, para que não entremos em tentação(Mateus 26.41). Mas, é claro, vigie muito mais naquilo que você um dia errou, mas, não descuide das outras coisas, Paulo disse que aquele que cuida que está em pé olhe para que não caia( 1º Coríntios 10.12), a soberba é algo que não deixa muitas vezes a gente vê que já estamos caídos, pois o mesmo texto adverte aquele que cuida estar de pé, ou seja, você pode apenas estar pensando estar de pé. Contudo se cair tenha em mente o conselho de João, “temos um advogado”, portanto levante novamente e prossiga(1 João 12.1).
Sim está é a palavra mais importante, para o cristão no tocante a sua caminhada de fé, pois a religião cristã não é a religião dos super-homens, mas, é a religião daqueles que se renovam, daqueles que perseveram. Todos sabem na verdade, que os heróis não são aqueles imbatíveis, mas, sim são cheios de erros e falhas, porém os heróis são os únicos que perseveram e conquistam por isso é que eles são heróis. 

Deus voz abençoe!

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Ponto a considerar 4: Fiel até a morte


          “... Sê fiel até a morte, e dar-te-ei a coroa da vida.” (Apocalipse 2.10)



Sei que você não viu a palavra perseverança, descrita na citação acima, mas, ela está ali, pois ela é o significado desta frase e sentença “fiel até a morte”, vivemos numa época onde o mundanismo e todos os seus profetas (mídia) divulgam e exalta a infidelidade, o adultério, a traição, se a pessoa não é infiel, numa conduta ele é em outra. Mas, por quê? Porque se fiel, exige muito, para ser fiel você se torna um cativo, você precisa voluntariamente submeter a sua vontade comprometer a sua liberdade, por em risco a sua felicidade, ferir o seu ego.
Mas, o que é ser fiel em relação ao cristianismo? Pedro certa vez disse; ”porque não podemos deixar de falar do que temos visto e ouvido”; creio que estas palavras ilustram bem o que é ser fiel em relação ao cristianismo, e ser fiel é ser irredutível quanto à divulgação do cristianismo. E com certeza é muito mais do que isso, é ser fiel a todos os princípios e mandamentos de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, como eu já disse antes isso não é assim tão simples, pois implica em condicionar a sua vontade ou submeter a sua vontade, ao querer, a vontade do Eterno, a vontade de Cristo. É se tornar um escravo dos princípios ensinados por Jesus, e do evangelho comprometendo com isso a sua liberdade de vida, de escolhas, sendo assim o mundo pode muitas vezes nos considerar os piores, a escória, nos amaram pelas nossas obras, mas, nos odiaram por causa do nosso viver justo e santo, nos odiaram também por causa do evangelho.
Mas, no mundo se faz estátuas, a grandes figuras, se escreve biografias a grandes mentes, se fazem menção de celebridades, porém dos grandes homens de Deus, que lhe foram fiéis a Bíblia diz o seguinte; “homens dos quais o mundo não era digno”, então Deus não usa fazer estátuas para tornar imortal uma grande figura do seu reino, antes, ele garante ao mesmo a imortalidade, de sua alma hoje, e na eternidade com a ressurreição dos mortos, ele lhes dará a imortalidade de seus próprios corpos. Para que uma estátua e uma celebração de sua memória meu amado? Melhor lhe é você, e isso Deus garante, precisa apenas, perseverar em ser fiel.
Sei que caímos, e somos muitas vezes tentados, mas, o importante é não deixarmos a nossa fé, precisamos perseverar, no evangelho.

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...