TRADUTOR

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Em que Deus nos prova.


Em que somos provados por Deus?Somos em tudo provados, como o ouro é provado pelo fogo. Em tudo que afirmamos, em tudo que cremos em tudo que amamos, em tudo que buscamos, em tudo que esperamos em tudo que pregamos e em tudo que vivemos.
1.       Em tudo que afirmamos. “Digo-vos que de toda a palavra frívola que proferirem os homens, dela darão conta no dia de juízo;” (Mateus 1.36) Será que você tem convicção daquilo que afirma?Você pode afirmar algo com autoridade como Jesus o fez? Se você afirma ser santo. Se afirmar, que não vais negar a Cristo, se afirma que não deixaras o mestre, se afirma que o ama se afirma que crer em suas promessas e as espera; se afirma? Terás de provar.
As lutas o declararão, as tentações e tribulações o manifestarão (Apocalipse 22.10,11; Lucas 22.31-34/54-62; Mateus 26.31-35; Marcos 14.27,50; João 21.15-17).
2.       Em tudo que cremos. Acima de tudo cremos em um único e trino Deus, mas, e quanto aos nossos crédulos religiosos? E quanto a nossa confissão pessoal de fé? Jesus Cura? Batiza com o Espírito Santo? Salva? Vai voltar e nos levara com Ele?Podemos fazer o que Jesus nos deu autoridade para fazer em Marcos 16? Digo mais, tudo o que você afirma crer é baseado em alicerces sólidos, tens convicção não apenas um crente tradicional?Estas, realmente disposto a entrar na cova dos leões, na fornalha de fogo, em nome de Deus?Expulsas demônios em o nome do Jesus que Paulo prega, que Paulo crer e serve? Ou é o Jesus que você crer, prega, vive e serve? (Atos 19.13-17/Atos 3.16)
3.       Em tudo que amamos. “Por que Deus amou o mundo de Tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crer não pereça, mas, tenha a vida eterna” (João 3.16). Pensando no sacrifício de Deus; lembro do sacrifício de Abraão, ele foi provado por Deus naquilo que ele mais amava em Genesis 22. Existem dois tipos de provas aqui; uma para provar, o que você ama se ama mais do que a Deus; outra para provar que você ama realmente como diz que ama. Você já pensou nesta palavra, ”ouro provado pelo fogo”? Com que profundidade o fogo vai provando o ouro? O certo é que o mais, puro e reluzente ouro saem do meio do fogo, isto diga Ananias, Misael e Azarias (Daniel 3), no meio do Fogo eram os astros mais reluzentes. E o que isto tem a ver com as nossas provações? Elas são fogo, e aquilo em que somos provados é o nosso ouro, não é isso que disse Jesus?(Mateus 12.34,35). As lutas, tentações e tribulações desta vida provam o tesouro do nosso coração, se for ferro banhado a ouro, isso se manifestará.
4.       Em tudo que buscamos. “Buscar-me-eis, e me achareis quando me buscares de todo o vosso coração” (Jeremias 29.13). Jamais se encontra o que busca, se o não quiser verdadeiramente. Essa pode ser que não seja uma verdade pratica na vida secular, mas, o é na vida espiritual. “Por que apertado é o caminho que conduz a vida e poucos são os que passam por ele”. Para com Deus exige-se sinceridade e necessidade, digo isso em dois lados da mesma moeda, a prova vem mostrar a você mesmo se és sincero naquilo que buscas, pois pode ser que quanto ao pensamento, ou quanto ao sentimento sim; mas, quanto à sincera vontade, ou seja, o coração não. E a prova vem revelar a ti se é necessário ou não o que buscas, seja para ti ou para outro, por exemplo; Deus sabe o que é necessário a nós e isso não deixará ficar oculto aos nosso olhos, mesmo que não queiramos enxergar, e se é que não enxergamos é por não queremos pois está lá bem diante dos nosso olhos. Você tem um dinheiro em sua mão a conta de comprar um carro o qual você está desejoso de adquirir, pegou o ônibus e está indo a concessionária você está sendo sincero nesta sua busca. Mas, sabes que estas deixando em casa três filhos que estão seriamente doentes e se não forem tratados logo morreram. o SUS não faz tratamento desta doença, sendo o seu dinheiro extremamente necessário a seus filhos; mas o que caminho que segues é outro. Quem não desinteiraria o dinheiro e compraria o remédio para os seus filhos? Mas, certamente por que isso iria doer em suas carnes, em seus corações, não fariam isso por serem sinceros cristãos. Mas, esse também seria o caminho que um sincero cristão seguiria. Por que quando andamos segundo a carne não queremos o que é necessário; mas, unicamente o que queremos, mesmo que o isso não seja o que necessitamos. Pois há muito, que deixamos o que é necessário, para buscar o que é fútil por simplesmente o querermos, e isso da forma mais fria possível.
Mas, como  a prova revela a mim o eu é necessário?É por que quando estou buscando estou procurando, ou adquirir, ou manter ou encontrar ou perder algo. E nesta busca por algo ei de ser surpreendido por obstáculos e ei de encontrar muitas coisas, e dentre estas coisas encontrarem o que é necessário; seja este necessário aquilo que eu realmente preciso ao invés daquilo que busco, ou seja, esse necessário aquilo é suficiente para adquirir o que busco (João 3.16).
Então naquilo que busco sou provado pelo menos das seguintes formas, se aquilo que busco é necessário, ou é o que realmente quero. E estes são os lados da mesma moeda.
5.       Em tudo o que esperamos. “Porque em esperança somos salvos. Ora a esperança que se vê não é esperança; porque o alguém vê como o esperara? Mas, se esperamos o que não vemos com paciência o esperaremos (Romanos 8.24,25).
Esperamos a volta de Jesus. Esperamos o cumprimento de suas promessas, as que estão na Bíblia e as que Deus nos tem prometido por meio de uma profecia individual. Esperamos conseguir. Esperamos conseguir o que queremos o que buscamos, esperamos, esperamos...
Às vezes encontramos pessoas desesperançadas, mas, mesmo esta em alguma coisa tem esperança. Na esperança um dos meios pelo qual somos provados é o tempo, um ditado diz. “A esperança é a ultima que morre”,  no entanto a Bíblia mostra em Hebreus 11 que muitos grandes heróis da fé morreram esperando. Mas, os que confiam no Senhor são como o monte de Sião que não se abala, mas, permanece para sempre (Salmo 125.1). Pois se o tempo mostra ou evidencia a fragilidade de alguma fé de sua consequente esperança. Por outro lado tem sempre mostrado para nós que o Monte de Sião, não se abalou, mas, esta intacto, para todo o sempre...

Nenhum comentário:

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...