TRADUTOR

domingo, 2 de agosto de 2015

É Jesus o Cristo?

Será que as autoridades chegaram a conclusão de que ele é o Cristo?Mas, nós sabemos de onde é este homem; quando o Cristo vier, ninguém saberá de onde ele é. (João 7.26,27 NVI)

Se você perguntar as pessoas sobre Jesus, elas vão te dar um parecer, ou segundo a sua visão filosófica, ou segundo a sua visão religiosa, ou segundo a sua visão denominacional. Nunca te dirão algo sobre quem é realmente Jesus. Havia ali no texto escrito, uma multidão que estava a ouvir Jesus, quando ele dizia coisas que conseguiam compreender, ou que não lhes ofendessem, eles se admiravam e alguns até mesmo diziam; “ninguém fala como ele”(João 7.46), e alguns até afirmavam por saber sua origem humilde e seu antigo ofício que exercera antes de se tornar um mestre; “Não é este Jesus o filho de José e cujos irmãos e irmãs nós conhecemos”(Marcos 6.3) .Mas, quando dizia coisas que os contrariavam alguns até achavam que ele era um louco, ou que tem demônio (como li recentemente alguém dizer que Jesus era esquizofrênico). Havia ali, uma multidão que julgava conhecer o Cristo, que julgavam saber como deveria ser o Cristo, mas, que como dizia Jesus; nunca haviam ouvido a sua voz nem visto o seu parecer(João 5.37). As pessoas se apegam a uma mecha de ignorância e ousam declará-la como verdade, não procuram tirar a limpo, nem mesmo procuram elucidar ou lançar luz sobre aquilo que dizem conhecer para saber se o que conhece é ou não a verdade sobre Jesus.
É Jesus o Cristo? Esta era a dúvida que pairava sobre a cabeça daqueles judeus, sim, Jesus é o Cristo e nós cristãos pelas verdades ditas sobre ele na palavra e mostradas nos registros dos evangelhos sobre a sua vida, o cumprimento destas palavras ou profecias, sim nós cristãs cremos nele.
Agora, não é o objetivo de Jesus se impor, mas, se as pessoas não conseguem enxergar nem aceitar os fatos e verdades escritas e reveladas sobre ele, morreram em suas ignorâncias, e foi o que aconteceu com muitos daqueles judeus(João 8.23,24).  Porque Jesus não era o que eles esperavam, eles queriam um rei político, mas, Jesus queria reinar em seus corações. Porque foi sempre assim, Deus sempre quis o coração dos homens, e ser Senhor em suas almas, ser aquele no qual eles sentem prazer. Foi isso no curso da história de Israel principalmente, por isso não teve Deus dificuldade de ceder o seu lugar para os reis de Israel, porque não era sua prioridade ser um rei como os demais, mas, sim um rei em seus corações, disso ele nunca abriu mão.
Haverá  sim um dia no milênio e também na eternidade, onde Deus será tanto o rei político  como o rei dos corações. Hoje ele quer a sua vida no altar da adoração e da entrega irrestrita a ele. Que você reconheça que ele é o filho de Deus, e o aceite como o salvador de sua vida. Aquele que veio te salvar da condenação eterna e da ira justa e vindoura de Deus sobre o todos os homens ímpios da terra.
As Sagradas Escrituras são fontes, mais, do que suficientes para atestar a divindade de Cristo, porém, há uma diferença em conhecer sobre Jesus e conhecer quem é Jesus tendo como origem ele mesmo. Você pode ser um cristão e teoricamente saber que ele é o Cristo, mas, constantemente ser assombrado, por duvidas. Lembrem dos discípulos no caminho de Emaús, eles também conheciam a Jesus, mas, agora estavam sendo guiados pelas duvidas até que foram resgatados ao caminho da fé por Jesus(Lucas 24.13-35).
O primeiro passo, para você conhecer quem é Jesus, é aceitando-o como seu Salvador pessoal, mas, o caminho da fé, não para ai ao aceitá-lo, ele virá e fará morada em ti(João 14.22,23), e então você começara um eterna jornada junto ao mestre a qual, não sendo interrompida, a cada dia te revelará um Jesus surpreendente. E Neste tempo, a tua duvida sobre se Jesus é o Cristo, já terá ficado para traz há muito tempo!

Nenhum comentário:

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...