TRADUTOR

sábado, 16 de junho de 2012

Táticas do espírito do Anticristo. Parte 1


“Filhinhos, é já a ultima hora: e, como ouviste que vem o anticristo, também agora muitos se têm feito anticristo: por onde conhecemos que é a última hora.” I João 2.18
Meu objetivo aqui não é fazer a exegese deste texto, mas, tomo a declaração dada pelo apóstolo “muitos se tem feito anticristo”, para introduzir uma reflexão, que é sobre as táticas que o Espírito do  Anticristo usa para tentar calar a voz do Cristianismo e até mesmo apagar a memória de Cristo na história.

1º. Destruir os princípios morais. Quando você diz que tudo quanto alguém aprendeu desde a infância sobre certo e errado estava errado, ou então relativiza isso, você esta atacando a alma desta pessoa. Quando um irmão em Cristo começou a fazer  a faculdade de psicologia, a primeira fase que ouviu de sua professora foi a seguinte;” esqueçam tudo o que você aprendeu até hoje, está tudo errado”. A sociedade hoje em dia nas universidades, na literatura, no cinema e televisão, tenta relativizar os princípios morais, até mesmo os ensinados por Cristo Jesus em sua palavra.
A palavra princípio é uma lei básica e essencial sem a qual é impossível algo ou chegar a algum lugar, é o sine qua non, ou lei sem a qual não se pode fazer alguma coisa. Princípios são leis de necessidade, ou seja, são leis que são essenciais de tal forma que ignorá-las resulta em fracasso certo. Exemplo simples de princípios, é uma receita de bolo ou broa, se você quiser atingir a mesma textura, sabor e aroma desejado, terá de ser fiel ao que diz a receita, a todos os ingredientes medidas e outras regras nela contida.E por que?Porque são necessários.Os princípios não são regras criadas por capricho de alguém, eles na verdade são descobertos num processo ou aprendizado do dia-a-dia.Qualquer bom observador pode descobri-los; você pode deixar algum passar de liso, mas, isso não o anulara, não fara com que ele deixe de existir ou de ser necessário.
Sobre esta ótica, não há como relativizar os princípios. A única relação de um principio e com a sua especificidade, apenas são relativos quando são princípios específicos, como no caso da receita de bolo ou broa, o qual eu citei acima. Os princípios cristãos não são meramente religiosos, ou seja, não são específicos ao cristianismo, mas, são para a família, para a sociedade e para o indivíduo em particular.Nossa sociedade americana(das Américas) judaico-cristã, é fundamentada em princípios judaicos contidos no Velho Testamento e princípios cristãos contidos no Novo Testamento; embora hoje estes princípios são claramente atacados e desrespeitados, ataques estes que são originados sobre a bandeira da laicidade, ateísmo; se apoiando nas teorias da relatividade; e comunismo de Karl Marx, se inspirando na racionalizações e pesquisas de Froid e outros ídolos da psiquiatria, psicologia e filosofia, sendo os mesmo inspirados pelo evolucionismo Darwinista.
Contudo os princípios morais cristãos são princípios que servem para uma sociedade justa, família unida e feliz, e para um ser humano, mais consciente de si, em paz consigo mesmo, e vivendo em harmonia. Esta declaração parece utópica, mas, princípios não se explicam com argumentações profundas, porque são práticos, e com isso tudo se torna muito claro e evidente quando os vivenciamos. Citarei aqui apenas três princípios judaico cristãos que são essenciais a sociedade atual
I.Honra ao teu pai e a tua mãe...( Êxodo 20.12)Este é um princípio essencial para a família, e para o indivíduo em si. Honra um e desprezar o outro poderá trazer um certo desequilíbrio na vida, visto que o homem que aprende a honra ao seu pai e respeitá-lo, saberá honra e respeitar a autoridade, é homem que sempre saberá entrar e sair em qualquer lugar, e conquistar o respeito das pessoas. O homem que honra a sua mãe, saberá dar honra a sua mulher e ama-la da forma como ela precisa.
De certa forma o homem que honra o seu pai e a sua mãe só vira a morrer novo, por ser a vontade de Deus, ou por outros motivos, como desprezo pela sua saúde, mas, do contrário ele será alguém que viverá bem por muitos anos. Além do fato que é um homem que jamais será violento com uma mulher.
II.Não cobiçaras...(Êxodo 20.17)Todos sabem o mal que a cobiça pode causar, logo este princípio é fundamental para qualquer sociedade, pois sabemos que a cobiça é a causa da queda de grandes homens, grandes impérios, grandes firmas, grandes amizades, grandes amores...
Se vivêssemos uma sociedade fundamentada neste princípio com certeza, teríamos uma sociedade mais, justas, e não nos preocuparíamos com a existência de corruptos no poder, pois não os teríamos.
III. Ame o teu próximo como a sí mesmo(Mateus 19.19). Outro semelhante é, "o que quereis que os homens voz façam, fazeis vos também"(Mateus 7.12), regra básica para a boa e harmoniosa convivência.
Logo pondo estes três princípios juntos e aplicando-os na nossa vida, família e sociedade, com certo muita, ou por não dizer a maioria de nossas preocupações hoje, como tráfico(de drogas e entorpecentes), aumento da criminalidade, violência contra a mulher, crianças e idosos; já seriam praticamente nulos.
Quando você diz que os princípios morais são relativos, ou seja, não são válidos para todos é o mesmo que você dizer que não são princípios. Mas se fosse apenas relativizar os princípios morais, o que já é um ataque cruel por parte, dos filósofos, professores, da mídia; hoje eles procuram destruir os princípios morais nas mentes de nossos jovens.
Essa é uma tática do Espírito do Anticristo, que sabe que destruir os princípios, estará destruindo as sementes que Cristo através de seus ensinamentos tem lançado na sociedade, judaico-cristãs.
O Salmo 11.3 diz; “Na verdade que os fundamentos estão transtornados, que pode fazer os justos?” Os princípios morais cristãos, são os fundamentos da justiça, em nossa sociedade, destruir os nossos fundamentos é fazer desmoronar a nossa sociedade. Quando você vê, duas adolescentes por causa de drogas arrancar o coração ainda vivo de dentro do peito de outra adolescente, pessoas matarem rindo sem nenhum pesar, este é o resultado de uma sociedade desmoronada, onde a justiça não possui mais fundamentos, onde  as pessoas já não possuem uma referencia certa do que é certo ou errado. Sociedade onde as mesmas pessoas que olham com pesar o assassinato de uma criança pelos pais, são as mesmas que aplaudem o infanticídio entre os índios. Sociedade que persegue os pedófilos, mas, elogiam os países que como a Índia casa crianças com homens velhos. Esta é a má sociedade, onde os princípios morais que são os fundamentos da justiça estão transtornados.
Como faz o espírito do Anticristo para destruir os princípios morais?Ora através do ato de desacreditar os princípios, tornando os ultrapassados, aparentemente errados, injustos, eles simplesmente chamam o bom mal e o mau bem. Em filmes vemos a mentira sendo exaltada e mostrada como tática lícita, vemos o adultério e a traição, bem como a prostituição e a corrupção sendo tratadas como coisa boa. A mídia grande influenciadora das massas faz filmes e novelas, onde manipulando as situações colocam aos olhos da grande massa pessoas más e ímpias como boas e generosas. (Isaías 32.4-8)




Nenhum comentário:

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...