TRADUTOR

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Palavra importante 15: Valor

"O Senhor é contigo, varão valoroso." Juízes 6.12
Não tenho por objetivo falar sobre este texto, o qual todos conhecemos que se trata sobre a vida do grande juiz de Israel por nome de Gideão. Mas, gostaria de fazer a seguinte pergunta: Porque Gideão era valoroso? Por que ele tinha as qualidade e o coração(a disposição sincera) que Deus procurava naqueles dias em Israel, este fato é comprovado no versículo 14, em que Deus lhe diz, "Vai nesta tua força...". Gideão diante da palavra do anjo, se irritou porque ele se lembrava dos feitos de Deus em Israel, e guardava aquilo em seu coração, o Senhor Deus viu que naquela disposição que ele tinha de confrontar até mesmo um anjo, era a disposição que Ele precisava em um líder, o qual ele usaria para libertar a Israel. Um coisa ou alguém, não tem nenhum valor em si mesmo, a não ser para aquele que o valoriza, ou seja que lhe concede o valor.
Valor é a importância atribuída a algo devido a necessidade que temos ou que se tem do mesmo, nutrida por um sentimento em relação a este algo, ou nutrido por uma relação de necessidade. Por exemplo a água, temos sede, nosso organismo precisa, é claro que a água é necessária, é valiosa, mas, ela só é valiosa porque existimos e precisamos dela, do contrário não seria valiosa.Então concluímos que algo pode ser valioso por ser necessário ou por si tornar necessário. O avião é algo que pela sua praticidade e velocidade encurtando imensas distancias se tornou então necessário para nós no século atual.
O valor que tinha Gideão para Deus naquele momento era o de liderar, mas, o Senhor Deus não via em Gideão assim como não viu em outros líderes apenas este valor. Ele viu em Gideão, assim como viu em Débora, em Rute, Davi, Salomão e outros que, a sua palavra e Ele(Deus) também lhes era valoroso.
Mas,que valor era este que a palavra tinha para estes homens e mulheres? O valor moral, que é a importância que se dá a certas regras e ensinamentos de conduta e procedência moral, por ser necessário a sociedade. No Salmo 27. 4, Davi deseja estar no templo de Deus e aprender nele, no verso 11, ele pede "Ensina-me, Senhor, o teu caminho e guia-me pela vereda direita, por causa dos que andam me espiando". Salomão em seus Provérbios diz no capítulo 9.10 diz "O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, e a ciência do Santo a prudência".
Assim como para aqueles homens, para nós cristãos a palavra valor, também é importante; pois ele nos remete aos ensinamentos de Cristo Jesus, e dos santos apóstolos. Estes ensinamentos devem serem para nós valorosos, devem ser o nosso valor moral cristão. Por que para todo cristão ortodoxo o ensinamento Bíblico é a sua regra de fé e conduta, é a sua bussola, que o orienta na sua caminhada e nos seus julgamentos morais no dia a dia.Sem o ensinamento bíblico vivido, crido e aplicado na sua vida no dia a dia, você é qualquer coisa de menos cristão. Para ser cristão você deve valorizar, ou seja tornar necessária a palavra de Deus em sua vida, assim como a água é necessária para o seu corpo. Isto é valor.
A sua reação diante das afrontas atuais aos ensinamentos e preceitos bíblicos, bem como todas as verdades ensinadas na palavra de Deus, demonstram o quanto são valorosos ou não para você. A Bíblia diz que devemos ata-los em nosso corações(Provérbios 6.20-22) ).Um muçulmano é feroz na defesa de seu Alá, a Bíblia porém não nos ensina a violência, porém nos exorta a defender os nosso valores de forma inteligente, pois ela mesmo nos diz que o culto que prestamos a Deus deve ser pacífico, até mesmo uma oferta no altar pode ser desprezada por Deus, se o ofertante, não tiver paz com o seu irmão(Mateus 5.23).
Deus disse de Paulo; " ele é um vaso escolhido para mim"(Atos 9. 15 ) em outras palavras "um vaso valoroso para mim". O valor nosso, a importância que temos, foi o Senhor Jesus quem deu.Seres insignificantes, mas, Deus nos deu um significado uma importância. A evolução des-dignificou( tirou a dignidade) o homem,mas, Jesus e o cristianismo, o valorizou. Ele empregou em nós um preço, e este preço foi o seu sangue.

Deus voz abençoe, vocês são, nós somos valorosos para Deus.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Indouto ou inconstante?


“... falando disto, como em todas as suas epistulas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem e igualmente as outras escrituras, para sua própria”. 2 Pedro 3.16

Quem são os que distorcem as escrituras? Já disse com base nesta passagem da carta de 2 Pedro em outras postagens que são, os indoutos e inconstantes. Mas quero refletir de novo sobre o assunto, neste breve texto.
Paulo foi um homem de um conhecimento, notável e de um linguajar apurado, conhecedor das Escrituras a fundo, foi um doutor nas sagradas letras, e escreveu espístulas que servem de instrução até hoje, bem como toda a Palavra de Deus. Pedro nesta segunda carta, diz que assim como em outras obras inspiradas da Palavra de Deus, as cartas de Paulo possuia pontos de difícil entendimento(2 Pedro 3.14,15), e que era justamente nestes pontos, que os hereges encontravam brechas para se desculparem de suas condutas, imorais, sincretistas e gnósticas. Muitas pessoas simples que saíram do mundo, mas, tinham dificuldade de deixar alguns elementos do culto aos seus antigos deuses, ao lerem as escrituras, em suas compriensões simplistas, sem um julgamento crítico, sem a instrução de alguém com uma compriensão mais apurada, tropessavam em trechos obscuros e caíam no abismo de acharem serem estes textos uma legalização para continuarem suas praticas. Outras, como naquela época a posse da Bíblia completa era um luxo de poucos, talves possuíam apenas alguns trechos, mantendo assim seus costumes na ignorancia. Outros querendo interpretar a Bíblia achando que ela era um lívro de enigmas, como aquele Eunuco, que disse a Felipe, de quem diz o profeta dele mesmo ou de outro?(Atos 8.26-40)Eu te digo, que indoutos já acharam até Ets na Bíblia, outros passagens que falam e defendem o Espíritismo, outros tecnologias avançadíssimas antes do dilúvio; mas, eu pergunto. Como essas pessoas conseguiram achar isso na Bíblia? Querendo interpretar por elas mesmas, não sabendo que a inspiração vem de Deus, e que apenas o autor das sagradas letras, oferece o real significado para aquilo que ele diz. Isso não significa que não possa e não deva, consultar uma boa teologia, é verdade que Deus dá conhecimento a todos, mas, a cada um ele revela algo diferente, não contradizente com o que revelou ao outro, para que possa ser complementar e não confusão. Para que compartilhem o conhecimento e assim um ao outro complementem e não sejam autossuficientes. Mas, me refiro a passagens de compriensões difíceis, mas, se a pessoa não dissociar o contexto histórico e geográfico, textual e ideológico do texto, tera grande chance de ter uma boa exegese do texto sem tropeçar nestas passagens complicadas.
Quando digo de contexto histórico digo do tempo na história em que elas foram escritas, é muito importante sabermos discernir o tipo de veste, de comida, de cumprimentação, enfim dos usos e costumes, da época e não só da época, mas, também da região onde o texto foi escrito. Digo também do contexto geográfico, muitas visões de Daniel se analidas tendo em mente o contexto geográfico e histórico, sabendo que ele estava em Babílônia, da para se entender netas visões algumas figuras e linguagens mostradas.
Quando me refiro ao contexto textual e ideológico, pois no caso das epítulas além de termos em mentes o contexto histórico e geográfico, precisamos compriender que as epístolas não eram escritas em capítulos e versículos e sim que eram textos completos, precisamos compreender o tema central da epístula ao ler ela, e não procurar entender um versículo ignorando o outro pois a chave da interpretação pode estar justamente ao lado bem como em toda a epístula.
Até agora tenho refletido um pouco sobre alguns dos erros dos indoutos, mas, e os inconstantes?O que muitos indoutos fazem por ignorancia os inscontantes fazem por conveniencia, muitos não só naquela época, mas, bem como em toda a história da igreja até mesmo nos dias de hoje, se apegam a erros teológicos por que são adequados a o estilo de vida que vivem e querem manter. Buscam se justificar, em textos como aquele que diz, “... o que quero isso não faço...”, para dizerem que são pecadores e que por isso ninguém pode ou temo direito de jugalos pois estão todos no mesmo barco.
Com tantas versões da Bíblia correndo hoje, procuram brechas ou dizerem erem de tradução, e que segundo eles nas versões originais, a palavra não diziam assim. Faço com isso referencia a Igreja Contemporânea e a Teologia da inclusão, e são seitas as quais afirmam que nós cristãos históricos, pentecostais estamos distorcendo a Bíblia, com traduções corrompidas e que o a palavra não possui textos que fazem referencia ao homossexualismo como pecado. Já ouvi inconstantes até afirmarem que quando João dizia do apostolo a quem Jesus mais amava, estava se referindo a um amor homossexual.
Te faço uma pergunta; você é um indouto ou inconstante? Se não é nem um nem outro, como tem certeza disto? Muitos na igreja, por ignorarem a leitura e o estudo sério das sagradas escrituras, por rejeitarem a teologia, ou por não ter tempo para a mesma; estão no grupo de risco. Este grupo de risco é caracterizado pelos cristãos passivos, e que estão com a mente pronta para receberem tudo mastigado pelos líderes das congregações, que ou são indoutos ou são inconstantes; o grupo de risco pode até ser de pessoas formadas e graduadas, mas, as mesmas se tornam indoutas no conhecimento das Sagradas Escrituras comendo e digerindo qualquer porcaria que lhes forem entregues.
 Quando fiz a pergunta, se você tem certeza que não é nem um indouto ou incontantes, é por estes motivos.Muitas pessoas procuram igrejas nas quais se sentem bem, se a mulher por exemplo, gosta de uma calça justa e indecente vai procurar uma igreja assim, então este tipo de pessoa já é caracteristicamente inconstante, não se adequa ao cristianismo é o cristianismo que tem que se adequar a ela.

Pesso a Deus que te ilumine e não te deixe vagar em trevas neste tempo de ampla confusão e incertezas.

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...