TRADUTOR

domingo, 9 de junho de 2013

Existe exceções morais?

"Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará" Gálatas 6.7


Existe um ditado que diz: "Toda a regra há exceção". Diante deste ditado eu faço um questionamento, será que há mesmo exceção, ou existe uma aplicação da regra de forma diferente? E ainda faço outra pergunta, será que é esta mesma a regra, ou há equivoco de nossa parte? Deixo estas duas perguntas para o amigo refletir, pois meu interesse nesta reflexão esta no campo dos princípios morais. Sendo assim pergunto, há na verdade exceções aos princípios morais? Sabemos que os princípios morais são leis básicas e essenciais sem as quais, é impossível algo ou chegar a algum lugar ou mesmo de alguma sociedade vir a subsistir, é o sine qua non, ou lei sem a qual não se pode sustentar a boa ordem de uma sociedade. Princípios são leis de necessidade, ou seja, são leis que são essenciais de tal forma que ignorá-las resulta em fracasso certo. Você não pode ignora-los sem que haja alguma consequência profunda que venha a afetar todo o processo da boa convivência e desenvolvimento, psicológico, social, histórico, espiritual, social e etc.
Mas, diante desta declaração voltemos ao ditado, será que para os princípios(regras, ou leis necessárias) morais existem alguma exceção? Como já falei na definição de princípios, eles são leis que não podem ser ignoradas, que ignora-los resulta em consequências desastrosas e profundas, digo mais, que eles não são leis inventadas ou impostas a sociedade por um grupo social(religioso ou filosófico) ou pelos governantes, mas, são descobertos, nomeados e aplicados. É como já disse em outra postagem(Táticas do espírito do Anticristo. Parte 1), temos como exemplo a receita de um bolo, na qual existem medidas e sequencias, que cuidadosamente observadas levaram a um bolo exatamente saboroso assim, como disse na receita, se você errar na medida, poderá até sair um bolo, mas, não será o mesmo nem com o mesmo sabor, pode até ser que murche. Logo princípios não são qualquer tipo de regra, diferente dos demais tipos de regra, como já disse eles não são criados pela criatividade e vontade humana, eles são apenas descobertos, portanto não aceitam exceções.
Mas, ai a sociedade questiona, como assim? Se eu ignoro tais princípios e nada acontece de mal, comigo, mal, este que dizem que aconteceria, ai eu pergunto; será que você não foi afetado mesmo? O mal que dizem que te aconteceria ao desrespeitar certo principio não aconteceu, todavia seria este mal mesmo a regra? Ou como questionei lá em cima, a aplicação da regra em sua vida não pode ter sido feita de forma diferente? Como exemplo, narrarei um fato(testemunho) a respeito de um religioso cristão, do qual tenho conhecimento, mas, não sitarei o nome por respeito e para preservar a sua integridade moral.
"Antigamente, nas igrejas evangélicas Assembléia de Deus(dizia o irmão), se pregava que a televisão tirava a visão, que matava a vida espiritual, que deixava o crente frio e que ele parava de ir a igreja. Tenho testemunhado que muitos crentes que chegam aqui na igreja, que não veem televisão, que vivem em santidade, jejuando, orando, mas, logo caem em adultério, prostituição. Todavia, eu desde que sou criança assisto a televisão e todavia, estou aqui firme na igreja, eu assisto televisão, mas, não deixo que ela influencie em minha vida, não deixo de orar e buscar a presença de Deus para ver novelas"(narrava orgulhosamente o jovem). Mas, o que acontece, é que este irmão( o qual era professor de escola dominical) que contava este testemunho, enquanto dava uma aula de escola dominical, não havia percebido, mas, desde criança ele foi erotizado pelos personagens da TV, e começando a masturbar fantasiava em sua imaginação a tais personagens( de super-heróis, da turma da Xuxa, entre outros), depois progrediu através de filmes e novelas sendo de forma gradual influenciado a pornografia, mesmo antes de vir a conhecer a internet, problema o qual hoje em dia o mesmo esta a lutar diante de Deus para conseguir vencer. Ai eu termino esta narração perguntado de novo, houve uma exceção a regra, ou houve uma aplicação da mesma de uma forma diferente?
Recentemente o pastor Silas Malafaia falou, que os filhos dos homossexuais, sofreram no futuro, e ai foi posto em questionamento as suas declarações. Sabemos que a nossa sociedade valoriza o material, ou ao materialismo, então os mesmo não tão nem ai, para a alma e o amago humano. Então eu faço a pergunta, como estarão os filhos dos homossexuais, daqui a dez, anos? Ora, por fora pode até ser que serão ótimas, pessoas, pais dedicados, filhos héteros mesmo que os pais não, bem empregados, comunicativos, e ai muitos virão a questionar o que o pastor falou, mas, ai eu pergunto a eles; o mal não foi aplicado de uma forma diferente? A questão é que somos muitos simplórios em nossa auto-crítica, filhos de lares desestruturados que são pessoas bem sucedidas, será mesmo que não existem nenhuma sequela? Ou estamos vendo apenas as coisas por um plano, ou estamos vendo apenas nas superfície, pois a alma humana é muito profunda do que os nosso olhos materiais e ingênuos podem enxergar.

Nenhum comentário:

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...