TRADUTOR

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

A minha luz e a minha salvação

O Senhor é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei?O senhor é a força da minha vida; de quem me recearei? Salmo 27.1

Luz é uma palavra que remete a razão, ao esclarecimento, a orientação, quando alguém tem luz, mesmo que seja literalmente falando, ele está certo de onde está, para onde ir, o que pegar, etç... Quando falo sobre luz, não falo de forma exotérica, nem mesmo considero alguma filosofia espírita sobre o assunto. Minha definição da palavra está em sua aplicação literal, moral e espiritual no sentido da visão cristã. Desde o iluminismo, humanismo que a humanidade procura um referencial, com a retirada de Deus, e a colocação do homem no centro da filosofia e teologia, que cada pessoa passa a ser o seu próprio referencial, ficando assim confusa por não ter um referencial comum.Filosofias como a que prega que não existe verdade absoluta, que não existe algo certo e ou errado, que as culturas seculares é que criaram seu referencial de moral e de ética, sendo assim, os referenciais mudam de cultura para cultura, de século para século, de geração para geração, e isso digo em países de raízes culturais profundas, mas, países como o Brasil, onde há um multiculturalismo, não existe nem mesmo estes referenciais. Logo como podemos condenar um bandido, um assassino, como podemos dizer o que é certo, ou mesmo criar leis legislando sobre a moral alheia, se não temos um referencial de moral em comum?Certo é uma coisa e isso não é novidade ou segredo para ninguém o mundo vive uma crise e um caus moral.Não podemos impor nosso valores, nem nossos princípios ao mundo, criar leis tendo nossos valores como inspiração pode até ser bom, mas, não será bem interpretado pelo mundo; mas, podemos nos tornar este referencial que o mundo tanto procura, podemos ser referencia para quem questiona, como Pilatos o fez."O que é a verdade?"(João 19.38), podemos ser referencia de justiça, de ética, de valores, de princípios, de honestidade, de respeito, de mansidão, de integridade. É isso que o mundo procura e é isso que podemos oferecer, e é isso que Jesus disse que nós somos, uma cidade edificada sobre os montes, a qual na noite escura ao longe se enxerga as luzes(Mateus 5.14).
Mas, e quando o caus, as trevas em que o mundo vive, está também dentro do cristianismo?Neste tempo em que temos pastores que se apascentam a si mesmos, que comem a gordura e se aquecem com a lã das ovelhas, tempo em que as pessoas procuram igrejas que falem as suas próprias línguas, onde quando alguém é questionado a respeito de sua conduta imoral ele apenas, muda de denominação, mas, não muda de vida. Num tempo onde a teologia da prosperidade transformou os lideres cristãos em comerciantes inescrupulosos da fé, a teologia liberal enfraqueceu a doutrina, tempo este onde surge crentes dizendo que é preciso voltar a viver em comunidade nas casas, como no origem do cristianismo, como se isso fosse essencial, e onde os cristãos estão mais confusos que os ímpios.
Como se pode esperar, ou como e onde haverá salvação? Se a própria coluna e firmeza da verdade tem estado trincada, onde se sustentara o aflito e injustiçado?Digo que Deus é aquele que tem as ferramentas para a restauração de sua coluna, nunca deixou de faze-lo, de zelar pela pureza de sua noiva, logo é essencial que Deus seja reintroduzido ao centro de nossas devoções, não como um deus manipulado, mas, assim como ele é, estando Ele no centro sua luz refletira em nós a sua justiça e santidade, nos tornado como Ele resplandecendo o seu rosto sobre nós. Quando falo assim, alguém pode me questionar dizendo. "Mas, você dizendo assim, está dizendo que Deus é limitado?" E eu respondo não e de maneira nenhuma tenho dito, isto, mas, quando falo de um cristianismo em caus e trevas, mostro e falo da religião na qual a igreja( corpo místico de Cristo, chamado por alguns teólogos de igreja invisível) está inserida, o mundo não vê a igreja, porque a igreja é espiritual, mas, o mundo vê o cristianismo(religião criada em torno dos ensinamentos de Cristo Jesus, ou tendo como base os mesmos; chamado por alguns teólogos por igreja, visível). Sendo assim Deus, através da pessoa do Espírito Santo, tem procurado e de certo ele mantem a noiva de Cristo pura e imaculada, para aquele grande dia do arrebatamento, mas, o cristianismo por sua vez vê se em trevas, e como eu dizia o mundo vê é o cristianismo, cabe a nós buscarmos um despertamento espiritual e teológico para Deus em todo o cristianismo, aqui vem a mensagem do texto base, sendo o Senhor a nossa luz, somente ele também será a nossa salvação, um cristianismo sem o Cristo é apenas mais, uma religião, mas, o cristianismo onde o Cristo é realmente exaltado, este também se torna o grande referencial para este mundo que jaz em trevas.
Logo para concluir é preciso primeiro que o cristianismo seja salvo, para depois este se tornar o referencial para a salvação do mundo, de todos aqueles que no mundo procura a salvação. E Deus é esta nossa salvação.

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...