TRADUTOR

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Palavra importante 18: Arrependimento

“Pedro então lhes respondeu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo. Atos 2.38

Arrependimento é uma mudança de conduta, ou o abandono de uma prática ou caminho, não simplesmente pelo fato de não lhe interessar, mas, por não mais ser visto como bom e proveitoso, e sim visto como prejudicial. Arrependimento é a mudança de mente em relação a algo que antes até mesmo se tinha em alta em estima.
Mas, o que é arrependimento em cristianismo e qual a importância disso para o cristão?
O arrependimento é a porta aberta para Deus agir, o princípio de toda a genuína conversão, aliais, não existe em cristianismo ortodoxo conversão sem arrependimento antes. Uma pessoa que se diz conversa ao cristianismo e continua com a mesma mentalidade mundana, não vendo se arrependida de sua vida de pecado, antes o tal até tem orgulho de seu viver devasso, quando testemunha nas congregações enche o peito, para dizer que é um " ex", e contar de seu histórico de aventuras. Este tal não é convertido.
Todos sabemos que existe remoço e arrependimento, que o  remoço é aquele sentimento de amargura e repugnar em relação a prática feita, o arrependimento também possui esta amargura e esta repulsa em relação ao pecado, todavia, o sentimento passa e é quando ele passa ou apazigua é que vemos se foi apenas um remoço, ou se houve com ele um arrependimento sincero.  Muitas das vezes somos levados pela emoção, mas, depois quando os sentimentos voltam a se perverterem ou seguir em após a prática que repugnávamos, então seguimos com eles até estas práticas. Como um fumante que no calor de uma pregação joga o seu cigarro no púlpito e promete a todos não fumar, mais, e ai passa uma semana, e ele ao ver o cigarro senti repulsa, mas, passa duas e ele começa a sentir a fissura a lhe atormentar, ele começa a sentir na pele os efeitos da abstinência do vício, se ele então continuar a resistir e não ceder, ele então se arrependeu, mas, se não então foi apenas o calor de uma emoção. Porque os sentimentos da nossa carne, que foram por muitas vezes exercitados na prática de certos pecados, não vão assim da noite para o dia mudar, porque eles estão assim por dizer “viciados”, e somente uma determinação sincera, e forte do coração é que pode vencer estas inclinações, mas, o coração só vencerá estas inclinações se for convencido pelo Espírito Santo, ou seja, se a pessoa tiver a sua mente mudada, convencida pelo Espírito Santo.
Outra coisa sobre o falso arrependimento que vale considerar, é que ele pode durar até anos, não é algo assim que dura apenas um dia uma hora, ou uma semana. Isso é possível, desde que essa pessoa, não fique exposta a tentação, ou seja, viva em um ambiente que lhe proporcione continuar convencida que mudou. Agora vale pensar também que o arrependimento no Cristianismo começa no coração, nas demais religiões, é apenas um exercício de disciplina do corpo e da alma, parece a mesma coisa, mas, não é. Quando você muda o fim para o qual sua alma vive, abandonar as práticas contrarias ao seu novo propósito se tornar mais, fácil e essencial, se você querer deixar de praticar as coisas erradas, mas, continuar a seguir o fim ao qual elas leva( continuar com um coração egoísta), então a sua tendência será a volta da prática das mesmas coisas, mais sedo ou mais tarde, ou partira para outras práticas que por fora será diferente, mas, na essência será a mesma coisa que elas. Logo o arrependimento em cristianismo não é um arrependimento de cascas, mas, sim é um arrependimento de corpo, alma e espírito.
O arrependimento é a marca de todo o grande a avivamento, e para o cristianismo avivamento é sempre uma necessidade vital. Um cristianismos morto precisa ser vivificado, um cristianismo vivo precisa ser avivado.

“E se o meu povo que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se desviar dos seus  maus caminhos, então eu ouvirei do céu, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.” 2 Crônicas 7.14

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...