TRADUTOR

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Série Pecado 8: Murmuração


Numeros 12:1 - Miriã e Arão começaram a criticar Moisés porque ele havia se casado com uma mulher cuxita.
Numeros 12:2 - "Será que o Senhor tem falado apenas por meio de Moisés?", perguntaram. "Também não tem ele falado por meio de nós?" E o Senhor ouviu isso.
Numeros 12:3 - Ora, Moisés era um homem muito paciente, mais do que qualquer outro que havia na terra.



Murmuração é definida pelo dicionário, como:
1. Ato ou efeito de murmurar; murmúrio.
2. Rumor infundado; boato, falatório.

Assim como malícia, como a maledicência, o murmurador é aquele que ataca com a língua a imagem, a integridade do próximo. Como mostra o texto Moisés, era uma pessoa muito paciente, e devido ao seu casamento foi criticado e reprovado aos olhos de seus irmãos. A murmuração também questiona a dignidade da pessoa.
*Atentado contra a imagem.
Quando eu falo contra a imagem, me refiro aquilo na pessoa que é aparente, ou seja, a sua fama, a sua reputação, o seu testemunho de vida. Nossa imagem é algo muito vulnerável, pois é algo relativizado a visão das pessoas a nosso respeito, é aquilo que com esforço (ou sem esforço por parte de uns) conseguimos passar para quem nos ver, para quem se aproxima de nós a nosso respeito. Mas a nossa imagem, nem sempre é aquilo que verdadeira mente vem a retratar, quem nós genuinamente somos.
E por este fato os murmuradores conseguem com muita facilidade, sem nenhum esforço perverter, desfigurar, aquela boa reputação a nosso respeito, aos olhos daqueles que lhes ouve, que se deixa contaminar, persuardir por eles.
A murmuração, não é algo feito na cara da pessoa, é uma fofoca infundada feita pelas costas.
* Um atentado contra a integridade.
Não que ela possa de uma forma direta atingir a sua integridade, mas, ao desfigurar a sua imagem, ela questiona a sua integridade. Arão e Miriã criticaram a Moisés, eles disseram.
"Será que o Senhor tem falado apenas por meio de Moisés?", perguntaram. "Também não tem ele falado por meio de nós?" Com estás perguntas procuram desmerecer o servo de Deus, ou seja, questionaram a própria integridade de Moisés, em relação ao seu caminho diante de Deus só por causa de seu casamento com aquela mulher cuxita. Neste sentido atentavam contra a integridade, mas, por mais que Satanás questione a integridade de um justo, todavia, Deus é quem da testemunho verdadeiro a respeito dele, assim como aconteceu com Jó.
Jo 1:8 - Disse então o Senhor a Satanás: "Reparou em meu servo Jó? Não há ninguém na terra como ele, irrepreensível, íntegro, homem que teme a Deus e evita o mal".
* Questiona a dignidade da pessoa.
Quem murmura, assim como fizeram Arão e Miriã, estão a por em dúvida a honra, a dignidade, a integridade da pessoa. Mesmo que aquilo que se fala na murmuração seja verdade, ou tenha algum aparente fundamento, mas, o simples fato de ser maledicência, já o torna pecado de iniquidade contra o próximo. Dos pecados da língua este tem o mal de ser algo camuflado, feito no oculto, ou seja é o ocultismo nos pecados da língua. É claro na definição de murmuração, é um rumor infundado, mas, muitos possui um aparente fundamento, um fundamento de mentira, que é suficiente para inflamar as mentes ociosas. Nem sempre o rumor é infundado por ser mentira, mas, é infundado por ser feito sem uma apuração dos fatos, tendo como referência unicamente o que foi passado de boca a boca, pelos boateiros. Logo como na brincadeira do telefone sem fio, sempre há uma deturpação do fato. Outro problema como já foi dito acima, é a malignidade do ato da murmuração que é feito com a intenção de macular a imagem da pessoa, de prejudicar a pessoa também na sua honra, dignidade e integridade, bem como na intenção maligna de destruir a pessoa, de corroer os laços dela(como um rato o faz), de minar a sua influência, de construir uma falsa imagem marginalizada, deturpada e deteriorada( de valores) aos olhos de outros que o virem, os que foram contaminados por estes boatos.
Deus nos livre da murmuração e dê aos seus praticantes a justa paga, se os mesmos não se arrependerem.

sábado, 7 de maio de 2016

Série Pecados 7: Omissão



Tiago 4:17 - Pensem nisto, pois: Quem sabe quedeve fazer o bem e não o faz, comete pecado.

Segundo o dicionário temos as seguintes definições:

Ato ou efeito de não mencionar (algo ou alguém), de deixar de dizer, escrever ou fazer (algo).
Ato ou efeito de deixar de lado, desprezar ou esquecer; preterição, esquecimento.
Ato ou efeito de não fazer o que moral ou juridicamente se deveria fazer, e de que resulta, ou pode resultar, prejuízo para terceiros ou para a sociedade.
falta de ação; inércia, passividade.
falta de cuidado, de atenção; descuido, negligência.
O que foi ocultado; lacuna, falta, lapso.

Pode omissão não ser pecado? Em que sentido omissão pode ser considerado pecado?
Omissão é você ocultar algo de forma intencional de alguém, para ser mais claro é você reter algo que alguém queira ou precise, e você sabe disso. Neste sentido é intencional pois você não esqueceu que tinha este ítem de necessidade alheia consigo ou não é algo do qual você não saiba de quê se trata. A omissão se torna errada de acordo com o contexto no qual ela está inserida, e pecado de acordo com a intenção na qual ela é praticada. Não podemos considerar todo erro humano pecado, pois muitos dele advém de nossas limitações, outros são consequências de nossos pecados aliados a nossas limitações ( quero dizer que não tínhamos em mente, e ou nem o discernimento, e ou nem a capacidade de saber), mas, não nossos pecados ou seja são acidentes. É claro se dos mesmos incorremos em ofensas e prejuízos ao próximo, precisamos nos retratar e nos desculparmos com o próximo, pois ai sim, a não retratação se caracteriza pecado, por ser um consentimento com o erro. Não considerado pecado por dois motivos não ter a intenção de que aquilo ocorresse ou resultasse, e por ser acidente( por acidente quero dizer que ocorreu como uma consequência do que você fez, sem a sua previsão, e sem o seu consentimento ou concordância).
 Logo se você omite algo ou alguma informação de alguém, que esteja precisando, mas, se você revelar para está pessoa você sabe, de ante-mão que ela tenderá a fazer um mal, seja ele um homicídio ou roubo, ou suicídio ou outras coisas mais ou semelhante. Não será então prudente, você revelar ou mostrar este algo, neste caso ou semelhante não é pecado omitir. Mas, quando alguém está precisando de uma ajuda, de que você lhe faça o bem e você vier se omitir a fazer-lhe o bem, neste caso você peca, conforme nos informa o texto base desta reflexão, é o chamado "pecado por omissão".
No caso deste pecado se você vê alguém prejudicando alguém, e se está em tuas mãos fazer algo, nem que seja chamar alguém que pode fazer algo a mais que você,  logo você se torna complice deste delito, devido a sua omissão. Um político que não se levanta contra a corrupção, e não denúncia ou faz algo para que a corrupção da qual ele tem conhecimento da mesma seja revelada, se torna cúmplice por omissão. Alguém que por medo não denúncia um criminoso, mas, não ora, nem evangelisa o mesmo( a fim de que Deus mude sua trajetoria de vida), se torna cúmplice de seus erros.
A omissão muita das vezes parte de um coração ou indiferente, ou insencível, passivo e ou acomodado diante do mal. A omissão do bem é crueldade, porque a consequência dela leva ao sofrimento e a desgraça do próximo.
Como exemplo de omissão, na Bíblia temos a narrativa da parábola do " Bom Samaritano ", onde um sacerdote e um levita, ao passarem e se depararem com um homem, o qual havia sido atacado pelos assaltantes e estava desmaiado a beira da estrada, viram- no e passaram de largo. Ou seja omitiram o bem que poderiam fazer,  pecando contra aquela vida( Lucas 10.30 a 37).
Não sejas como o sacerdote, nem como o levita, não use seus estatus, sua posição, ou outra efemeridade da vida, como desculpa para se omitir ao bem. Pois se assim fizeres ouvirás aquela dura sentença proferida pelos labios do mestre:
"Apartais vos de mim, vós que praticais a iniquidade...( Mateus 7.23).

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Com fé ou pela fé



E Jesus lhe disse: Vai a tua fé te salvou. Marcos 10.52

Todos conhecemos a historia do cego de Jericó, e a sua postura de fé perante o Salvador, e recompensa que esta postura-lhe concedeu. Falando sobre fé gostaria de diferenciar duas posturas diferentes sobre a fé, uma é com fé,ou seja agir tendo fé, confiança crendo. Esta foi a atitude de Bartimeu, ele agiu crendo que se assim procedesse Jesus o ouviria, e certame
nte o curaria. A outra postura é pela fé, esta está relacionada a apologia," e muitos o repreendiam para que se calasse; mas ele clamava cada vez mais", ele não tinha argumentos de um apologista na defesa de sua fé, mas, contudo tinha a postura de um apologista, ele insistia. 
Talvez você assim como Bartimeu, não sabe o que dizer, em defesa de sua fé, então mostre em atitudes, não se remova não se intimide mantenha se firme na sua fé, e Jesus fará a sua apologia se destacar.Somos sempre tendenciosos a negar,  a nossa fé, nos intimidamos, sedemos a pressão aos dizeres equivocados e malignos da multidão.Mas, olhem Jesus está nos ouvindo, e qual foi a resposta de Jesus ao cego após o curar? "Vai a tua fé te salvou". Porque no final de tudo, esta será a sentença para todos os tímidos, porque se envergonham e desprezam a sua fé no Senhor, porque ao cederem, ao se calarem, começam em seguida a concordar com a multidão, quando outros procuram Jesus para serem, curados, eles começam a questionar, como a multidão, como os fariseus e doutores da lei que fazem parte da multidão. Faça a tua fé valer e não seras tragado e anulado pela multidão se tornando um cético no meio de céticos ou seja apenas mais um. Mas, grite a tua fé é hoje a única coisa que você verdadeiramente tem, e é por meio dela que você toma de graça da salvação que Jesus está a oferecer. Todos que quiseram como Bartimeu receber a salvação, precisaram enfrentar a multidão, a mulher do fluxo de sangue, o paralítico de Cafarnaum, seja você também um deles. Não queira ser diferente, todos querem ser diferente. Queira ser igual a Jesus, e ai seras diferente da multidão.

Um grande abraço a todos, e a paz do Senhor!!

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...