TRADUTOR

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Série Pecado 8: Murmuração


Numeros 12:1 - Miriã e Arão começaram a criticar Moisés porque ele havia se casado com uma mulher cuxita.
Numeros 12:2 - "Será que o Senhor tem falado apenas por meio de Moisés?", perguntaram. "Também não tem ele falado por meio de nós?" E o Senhor ouviu isso.
Numeros 12:3 - Ora, Moisés era um homem muito paciente, mais do que qualquer outro que havia na terra.



Murmuração é definida pelo dicionário, como:
1. Ato ou efeito de murmurar; murmúrio.
2. Rumor infundado; boato, falatório.

Assim como malícia, como a maledicência, o murmurador é aquele que ataca com a língua a imagem, a integridade do próximo. Como mostra o texto Moisés, era uma pessoa muito paciente, e devido ao seu casamento foi criticado e reprovado aos olhos de seus irmãos. A murmuração também questiona a dignidade da pessoa.
*Atentado contra a imagem.
Quando eu falo contra a imagem, me refiro aquilo na pessoa que é aparente, ou seja, a sua fama, a sua reputação, o seu testemunho de vida. Nossa imagem é algo muito vulnerável, pois é algo relativizado a visão das pessoas a nosso respeito, é aquilo que com esforço (ou sem esforço por parte de uns) conseguimos passar para quem nos ver, para quem se aproxima de nós a nosso respeito. Mas a nossa imagem, nem sempre é aquilo que verdadeira mente vem a retratar, quem nós genuinamente somos.
E por este fato os murmuradores conseguem com muita facilidade, sem nenhum esforço perverter, desfigurar, aquela boa reputação a nosso respeito, aos olhos daqueles que lhes ouve, que se deixa contaminar, persuardir por eles.
A murmuração, não é algo feito na cara da pessoa, é uma fofoca infundada feita pelas costas.
* Um atentado contra a integridade.
Não que ela possa de uma forma direta atingir a sua integridade, mas, ao desfigurar a sua imagem, ela questiona a sua integridade. Arão e Miriã criticaram a Moisés, eles disseram.
"Será que o Senhor tem falado apenas por meio de Moisés?", perguntaram. "Também não tem ele falado por meio de nós?" Com estás perguntas procuram desmerecer o servo de Deus, ou seja, questionaram a própria integridade de Moisés, em relação ao seu caminho diante de Deus só por causa de seu casamento com aquela mulher cuxita. Neste sentido atentavam contra a integridade, mas, por mais que Satanás questione a integridade de um justo, todavia, Deus é quem da testemunho verdadeiro a respeito dele, assim como aconteceu com Jó.
Jo 1:8 - Disse então o Senhor a Satanás: "Reparou em meu servo Jó? Não há ninguém na terra como ele, irrepreensível, íntegro, homem que teme a Deus e evita o mal".
* Questiona a dignidade da pessoa.
Quem murmura, assim como fizeram Arão e Miriã, estão a por em dúvida a honra, a dignidade, a integridade da pessoa. Mesmo que aquilo que se fala na murmuração seja verdade, ou tenha algum aparente fundamento, mas, o simples fato de ser maledicência, já o torna pecado de iniquidade contra o próximo. Dos pecados da língua este tem o mal de ser algo camuflado, feito no oculto, ou seja é o ocultismo nos pecados da língua. É claro na definição de murmuração, é um rumor infundado, mas, muitos possui um aparente fundamento, um fundamento de mentira, que é suficiente para inflamar as mentes ociosas. Nem sempre o rumor é infundado por ser mentira, mas, é infundado por ser feito sem uma apuração dos fatos, tendo como referência unicamente o que foi passado de boca a boca, pelos boateiros. Logo como na brincadeira do telefone sem fio, sempre há uma deturpação do fato. Outro problema como já foi dito acima, é a malignidade do ato da murmuração que é feito com a intenção de macular a imagem da pessoa, de prejudicar a pessoa também na sua honra, dignidade e integridade, bem como na intenção maligna de destruir a pessoa, de corroer os laços dela(como um rato o faz), de minar a sua influência, de construir uma falsa imagem marginalizada, deturpada e deteriorada( de valores) aos olhos de outros que o virem, os que foram contaminados por estes boatos.
Deus nos livre da murmuração e dê aos seus praticantes a justa paga, se os mesmos não se arrependerem.

Nenhum comentário:

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...