TRADUTOR

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Porque Deus me prova?

 Porque Deus me prova? Primeiro é preciso saber em que sentido estou sendo provado? Para depois eu perguntar porque estou passando por isso? Porque geralmente está pergunta ( Porque Deus me prova?), não é feita no sentido de prova mesmo, mas, sim no sentido de querer saber o que fizemos para merecer, o sofrimento ou a situação na qual nos encontramos.
Mas, como já vimos na série de reflexões, "o provar de Deus", Deus não nos prova como sinônimo de castigo, e sim como sinônimo de teste e evidência. Vimos também que a causa, ou o porque d'Ele nos provar é a promoção do bem, seja este bem o do "Reino de Deus", de Deus, ou o nosso ( dependendo do contexto dá prova). Que a prova é o manifestar dá justiça de Deus, o evidenciar de seu amor, também que ela vem quando Deus vê em nós a " necessidade de sermos provados", para assim crescermos em fé, amor, comunhão, graça, conhecimento e sabedoria de Deus.
Logo o provar de Deus, não pode ser erroneamente indentificado como o castigo de Deus. Nossos pais não nos provam quando erramos, nem Deus, que incoerência essa, mas, na verdade é isso que estamos a dizer, quando perguntamos. Dizemos, "qual erro cometemos para merecermos ser testados por Deus?" Não, os nossos erros não nos torna merecedores de sermos testados por Deus, e sim de sermos condenados por Ele. A prova de Deus não é uma questão de merecimento e sim de necessidade. Mas estabelecemos também em nossa reflexão sobre o provar de Deus, que o provar de Deus não é só para os justos e sim para os ímpios também. Para os ímpios ele serve como evidência dá justiça, do amor de Deus, evidencia está apresentada ao impio para que ele fique indesculpável diante de Deus. Para o justo ele serve também como evidência de justiça, de amor de Deus, mas, não para julgamento e sim para confirmação da fé, para glorificação do nome Santo do Senhor Jesus na sua vida e pela sua vida.
* Vale ressaltar também que, tanto o ímpio como o justo são provados, mas, só o justo reconhece o provar de Deus.
Então porque sou provado por Deus?
* Se sou provado como um teste a fim de promover evidências( Deuteronômio 13.3/ Jó 23.10).
1.Pode ser para que o meu coração se exponha, revelando quem eu sou para mim mesmo.
2.Para que eu chegue ao meu limite, e venha a reconhecer até onde posso ir e que preciso sempre d'Ele para tudo.
3. Para que eu possa ter os meus olhos abertos a respeito de meus erros e equívocos, vendo através disto a justiça e o amor de Deus, e humilhado possa ter o meu coração apto para aprender com Deus.
* Agora a prova no sentido de evidência, é o testemunho de Deus para com o homem, seja para bem ou para mal.
*Raramente Deus criará uma situação para usa-la como prova, principalmente se está situação seja má, porque Deus a ninguém tenta( ou seja, persuade ao mal). Mas, a prova na grande maioria das vezes, e estabelecida em situações nas quais nos encontramos, ou venhamos a nós encontrar. E isso acontece sob a vontade permiciva de Deus, mas, tanto a circunstância quanto a situação em que nos encontremos veio apenas permitida não criada por Deus, e sim na grande maioria das vezes por nós mesmos ou pelo inimigo.
Quando há morte física ou alguma perda irrecuperável, isso não é resultado do provar de Deus, ou isso não aconteceu porque estou sendo provado, mas, isso aconteceu como resultado daquela circunstância e situação na qual estou envolvido( porque toda a sorte de mal que existe no mundo é resultado direto e indireto do pecado, lembremos a Bíblia diz por um só homem entrou o pecado no mundo, e por ele a morte, Romanos 5.12). Deus apenas usou aquela situação, mas não a criou, nem a manipulou. O provar de Deus está apenas no usar aquela situação para extrair dá mesma evidências. Um exemplo que se aproxima do que digo. Seria se um pai dissesse ao filho." Filho não impine a bicicleta que você pode cair e se machucar", mas, o filho responde. "Sou perfeitamente capaz de impinar a bicicleta andar de uma roda e ainda depois soltar o guidom". E quando o Filho faz a primeira vez vai tudo bem, e ele repete a segunda vez para se exibir, e cai e se machuca. Então nesta hora a palavra do pai ficou evidente naquilo que aconteceu para o filho, e a situação serviu como teste ou prova de que o pai tem razão. É claro é um pouco mais complexo o provar de Deus, mas, está ilustração chega bem perto do que tenho falado.
* Agora, nas, vezes em que Deus cria a situação, vale lembrar e questionar se este criar foi expontaneo de Deus, ou se foi provocado pelo homem. Não creio que exista isto, de Deus fazer porque simplesmente quer, mas, penso e tenho base bíblica para isso que sempre a provação é provocada pelo homem( direta ou indiretamente) ou para a promoção dá Glória de Deus (quando necessariamente dela ou seja dá prova resulte), lembrando que a promoção dá Glória de Deus é um bem inestimável para todo o seu Reino.
Sobre provas provocadas pelo homem temos, o exemplo do maná e das carnes no deserto(Êxodo 16). Sobre provas para a Glória de Deus, temos Jó, e a passagem no Evangelho segundo escreveu João, do cego de nascença na qual Jesus diz:João: 9. 3. Respondeu Jesus: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi para que nele se manifestem as obras de Deus. - Bíblia JFA Offline

Para concluir deixo aqui mais duas observações sobre o porque Deus nos prova, não só a você em individual mas, a todos nós, digo tendo em mente tudo o que já falei aqui e na série de reflexões "O provar de Deus", publicada neste blog.
1°.Deus me prova porque Ele é justo, para que todo o homem fique indesculpável diante d'Ele. Para mostrar ao sofredor, que possa querer o culpar por suas desgraças, as provas ou evidências de sua, justiça, de sua bondade, de seu grande amor.
2°. Para a promoção do bem de seu Reino, para mostrar a todos os seus súditos, tanto a fiéis quanto a infiéis, a integridade de seus caminhos e atos, e a magnificência de seu governo moral universal.

Nenhum comentário:

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...