TRADUTOR

sábado, 31 de dezembro de 2016

Série Creio 2: Inspiração da Bíblia como Palavra de Deus

2. Na inspiração verbal da Bíblia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão (2Tm 3.14-17).

Creio que todo o cristão que faz honra ao seu nome, crer na inspiração dá Bíblia, muitos questionam a validade do Canon Sagrado, o acham tendencioso, que os livros nele inseridos visavam atender os interesses de um cristianismo imperialista a favor do imperador Constantino, perguntam se tudo não foi uma questão de interesses e nada de inspirado há de verdade. Todavia o maior testemunho em favor dela que temos é o testemunho do Espírito Santo, e o de milhões de vidas transformadas para a Glória de Deus ao redor do mundo porque creram nas sagradas letras e aceitaram a mensagem do evangelho nelas contidas. Este testemunho é tão grande que em todas as eras as pessoas que aceitaram o evangelho conforme as Escrituras, logo nos informa e deles se testemunham que tem experimentado o maravilhoso novo nascimento do qual Jesus a Nicodemos (João 3). A própria oposição a estás sagradas letras tem se tornado um testemunho de que ela é a Palavra de Deus, tanto por inspiração como por realidade, pois aonde as trevas são mais densas o brilho dá luz se mostra mais escelente.
*"Na inspiração verbal da Bíblia sagrada". A palavra é inspirada, isso quer dizer que ela é cheia; ela é inspirada verbalmente ou seja que a sua escrita, produção e organização foi inspirada por Deus. Ele revelou profecias e visões as quais foram nela escrita, autorizou o registro de histórias e discursos humanos, de anjos ou demônios que foram inseridos nela, mandou que se registrasse as suas palavras, leis, testemunhos. Quem a fez estava cheio do Espírito Santo.
Outra coisa, a expressão" inspiração verbal", também pode querer dizer, por verbo indicar ação, que a elaboração ou organização do Canon sagrado, foi feita por inteira inspiração divina, e não por interesses humanos. Por mais que os homens tivessem algum interesse nisso.
Outra definição para esta expressão, é que a Bíblia, é um instrumento de inspiração divina, sobre a vida daqueles que a recebem como regra de fé e prática, instrumento poderoso de Deus.
Quando lemos que a fé vem pelo ouvir a palavra de Deus, vemos que este livro transmite pelo Espírito Santo que dele faz uso, inspiração para a vida daqueles, que o ouve. Inspirando através de suas verdades profundas fé no coração do leitor e do ouvinte atento.
* Única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão. É a bulsula pela qual o cristão se orienta, na qual ele dirige a sua vida, através dos valores e princípios nela revelados.
São infalíveis, pois quem os garante é o próprio Deus, que os sustenta pois são a sua palavra. Ele mesmo diz, que passariam céus e terra, mas, que a sua palavra estaria intacta, sem ser mudada ou arrependida( Lucas 21.33  ).
Fé normativa , ou fé que orienta a conduta do cristão em sua vida, e na formação do seu caráter. Está fé é fundamentada nos santos princípios e valores dá Palavra de Deus.
*" Divinamente inspirada". As Escrituras Sagradas são cheias de Deus, cheias com seu coração, propósito e designos para o homem, cheios com a sua revelação, cheias com seus conselhos, com a prescrição de seu santo caminho o qual é Jesus, cheias ou seja inspiradas, impregnadas, são Palavras de Vida Eterna( João 5.39/6.68/ ). Quem dela bebê tem a sede de sua alma saciada(João 4.14)
Não temos a Bíblia como um dogma, ela não nos é imposta por normas eclesiástica, mas, é a inspiração clara, insuperável, irrefutável, inesgotável, incomparável é que por si só a impõe como autoridade espiritual escrita para que a sigamos e creiamos em seus escritos. Seu testemunho e o testemunho do Espírito Santo, bem como o de milhares de santos pelos séculos atestam-na e aprovam-na como Palavra de Deus.

Nenhum comentário:

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...