TRADUTOR

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Firme Fundamento

          Hebreus 11: 1. ORA, a fé é o firme
fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se veem.

 Este é teologicamente o texto definição de fé, quem entende o significado desta palavra sabe que fé é confiança, ou seja que  confiança é sinônimo de fé, no entanto a palavra fé é usada no contexto religioso e  a palavra confiança no contexto popular. Mas, no contexto religioso a palavra fé abarca uns aspectos variados como crença, confissão, artigos de  fé, declaração de fé, a religião que se professa, e entre outras a palavra confiança. Logo dá para se entender porque muita gente diz que tem fé, quando na verdade não estão falando a mesma coisa. Dentro das definições de fé, temos dois tipos de fé a nominal e a fé que é de coração, por ser a palavra fé quase que exclusivamente do contexto religioso, logo tudo que está na religião ou pertence a mesma se confunde com fé. Logo a palavra confiança melhor define fé, pois como não é muito comum ao contexto religioso quando se fala em confiança se entende, ou pelo menos deve se entender se tratar de fé de coração e não fé nominal.
Voltando ao texto bíblico nele não está se dizendo de artigos de fé, nem de confissões religiosas, mas, daquela fé que Jesus disse que mesmo pequena ela é poderosa n'Ele para mover montanhas (   Mateus 17:20). Está fala me abre a oportunidade para dizer que a diferença entre uma fé e outra não está na faculdade de crer, mas, em quem se crer, ou no objeto da fé. E nisto estou dizendo de fé de verdade e não de fé nominal. Outra observação que faço é que a fé é como um músculo ele se desenvolve se você usar e se atrofia se você deixar de usar.
Mas, o texto bíblico diz;, "a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam", nesta expressão está implícito as reais convicções do coração, as verdadeiras certezas da mente, pois a expressão, " firme fundamento", não pode abarcar dúvidas e delírios humanos, nada que é incerto e frágil, nada que possa ser abalado. Firme mostra uma certeza racional que está incutida fortemente no coração do crente, a qual e sobre a qual se estabelece a sua esperança. É firme fundamento, pois a esperança não pode se estabelecer em incertezas, ou em coisas falsas e mentirosas, em promessas sem garantia, em futuros e resultados incertos. Isso me remete ao Salmo 125 o qual diz, " os que confiam no Senhor são como o Monte de Sião que não se abala, mas, permanece para sempre", só a fé em Jesus pode ser firme, pois o Senhor é quem sustenta, Ele é o Rochedo inabalável da nossa fé, Ele é a nossa Esperança.
Aqui então falamos de um fundamento onde se ergue a esperança humana, a fé logicamente sempre será este fundamento, pois a esperança é o primeiro fruto da fé verdadeira. Mas, falamos não de qualquer fundamento, não  de qualquer fé, mas, da fé no Deus Vivo.
O texto também diz que a fé é a sua própria evidencia, quando se expressa assim," e a prova das coisas que não se vêem". Parece estranho, mas, é bem lógico  se existe coisas invisíveis (e eu creio que sim) a fé é a evidencia das mesmas. Isso seria uma contradição absurda se estivéssemos falando de fé nominal, de fé apenas intelectual ou como diz João Wesley" assentimento verbal", mas, como estamos dizendo de fé do coração, genuína fé, e como estamos falando de fé no Deus Vivo, de fé que gera esperança sólida como seu principal fruto, esperança está que se manifesta através de atos de fé, logo sim, isto é muito lógico. Ainda neste mesmo capítulo de Hebreus encontramos o seguinte versículo:
Hebreus 11: 27. Pela fé deixou o Egito, não temendo a ira do rei; porque ficou firme, como vendo o invisível.'Neste texto mostra claro como a fé no Deus vivo se evidencia a si mesma, através da esperança que se manifesta por atos de fé.

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...