Olho por olho entenda mais

 Mateus 5:38-41"Vocês ouviram o que foi dito: ‘Olho por olho e dente por dente’. Mas eu lhes digo: Não resistam ao perverso. Se alguém o ferir na face direita, ofereça-lhe também a outra. E se alguém quiser processá-lo e tirar-lhe a túnica, deixe que leve também a capa. Se alguém o forçar a caminhar com ele uma milha, vá com ele duas.

 


Aqui, a gente vê Jesus a ensinar sobre uma conduta pacífica que o cristão deve ter com aqueles que lhe querem o mal, mas, detalhe ele não ensina nos a sermos passivos e omiços diante o mal, pois a postura que Deus nos exige é não é de passividade e sim de ação, mas, uma ação pacifica. Veja só:

" se ferir na face direita, ofereça-lhe também a outra";  " se alguém quiser processá-lo e tirar-lhe a túnica, deixe que leve também a capa" 

São posturas de desapego, e de sinalização ao inimigo que não há em nós uma disposição para a briga, mas, que da nossa parte há um empenho de paz. 

O primeiro exemplo, foi de uma ofensa física, de uma agressão. Em outras palavras se alguém te agredir, seja fisicamente ou oralmente, não revide. Existe um hormônio em nosso organismo chamado adrenalina. E nos momentos de raiva e tensão eles tendem a ser liberados e se alguém agredido resolve revidar a raiva aumenta, a ira cresce devido a adrenalina que naquela hora é despeijado no sangue, e a pessoa naquele momebto fica irracional, ela haje como um bicho e isso geralmente acaba mal.

No segundo exemplo dado pelo Senhor, vemos a pessoa se envolvendo num processo, ele é obrigado ali por lei a tirar a sua túnica e dar a este alguém que lhe processa. A túnica é muita das vezes o nosso sustento, a forma que tenos de nos socorrer, aquele pouco, aquele azeite da viuva, sabe. Pela história sabemos que a confeção de roupas era muito difícil e caro naquela época, de forma que a capa e tunica das pessoas era tudo o que tinham para se vestir, e até mesmo com a capa se cobriam no frio. Por isso hoje em dia, isto seria o pouco do ganha pão que temos. Mas, o Senhor vai nos ensinar nos capítulos seguintes ainda no Sermão do Monte, que o nosso Pai sabe do que nós precisamos antes mesmo de o pedir. Logo Não há porque entrarmos numa desgastante batalha, e vemos que de acordo com o contxto aqui, na maioria das vezes é justamente alguém que tem mais pode mais que a gente, mas, o servo de Deus tem um Pai que zela por ele.

No terceiro exemplo, vemos Jesus falar sobre o abuso de autoridade, ao qual muita das vezes acabamos por sermos vítimas dele. O mesmtre diz; "se alguém o forçar a ir com ele uma milha, vá com ele duas". Está era uma prática dos soldados romanos, e os judeus que já não amavam Roma sentiam o peso da opressão por parte dos mesmos. Éclaro que estes soldados tinham um amparo legal, mas, devido o sentimento de amargor e a vontade de retaliar por parte dos judeus(penso eu),  deve ter levado Jesus a ticar neste assunto. 

Olha por isso Jesus liga estas questões morais dos judeus ao mandamento na lei que orientava as questões entre os judeus onde havia uma agressão seguida de um agravamento de um prejuízo, seja ele a morte, ou um deficiência como cegueira de um olho e um membro, ou uma perda material como a morte de um animal ou a destruição de um bem. Isto deveria pela lei mosaica ser reparado, com a restituição, ou a aplicação de uma pena equivalente ao agravo, a qual poderia ser até a morte do ofensor. Este mandamento, vem para regular os litígios e sessa-los ali no seu nascedouro, pois caso não ouve-se uma interferência da lei, iria virar uma bola de neve sem fim, de vinganças um contra o outro. De igual modo Jesus acrescenta que ao invés de recorrer a lei que eles evitassem a vingança. Que um comportamento pacífico, manso e humilde seria, de melhor proveito. Quem faz o bem aqueles que lhe fazem o mal, a Palavra de Deus diz que brasas de fogo são colocadas na cabela do inimigo. Isso diz do agir do Espírito Santo, pois o seu comportamento se transforma numa rede para pesca-lo para Cristo.

É claro que não se espera de alguém que não pertence ao Reino de Deus que entenda estas coisas. Mas, sim se espera isso dos filhos do Reino de Deus. Daqueles que confiam no Senhor.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O cetro da impiedade

Palavra importante 9: Equidade

Quem são os que distorcem as Escrituras?