Não vos conheço...


Lucas 13:25 Quando o dono da casa se levantar e fechar a porta, vocês ficarão do lado de fora, batendo e pedindo: ‘Senhor, abre-nos a porta’. "Ele, porém, responderá: ‘Não os conheço, nem sei de onde são vocês’. 26 "Então vocês dirão: ‘Comemos e bebemos contigo, e ensinaste em nossas ruas’. 27 "Mas ele responderá: ‘Não os conheço, nem sei de onde são vocês. Afastem-se de mim, todos vocês, que praticam o mal! ’

Como será desesperador, quando estivermos a beira da eternidade, naquele eterno dia? O qual não terá retorno e nem como voltar atrás, o qual não poderemos pegar algo que deixamos, nem procurar alguém que dê uma boa referência da gente. Você não poderá dizer: " Eu sou amigo do Joaquim, do Manoel, da Luzia". Infelizmente será deseperador aquele dia, penso como andamos desligados e envolvidos demais em nossas mesquinarias egoístas, brigando por um mismero pedaço de pão, ao passo que vivemos a maior parte de nossos dias desprezando as riquezas que o Eterno tem para nós.
 O fato é que todos os dias ele bate a nossa porta e dizemos: " Na verdade eu não te conheço, nem tenho interesse em te conhecer". E assim vai os nossos dias, são tristes e miseráveis, mas, temos um negocio nos nossos olhos, uma lente da limitação humana, que impede nos de ver o que Deus tem preparado para nós. Permite que vejamos tão pouco, e nos impede de ver a verdade. Acontece que aparece este Alguém, que tem a mente mais clara que a nossa, que anda num caminho mais alto que o nosso, que tem a visão além daquilo que os nossos mismeros olhos consegue ver, e ele nos conta a verdade e nós no reputamos por mentiroso. Até que achamos ser ele bondoso, justo amável, mas, nos esmurecemos e não estamos muito dispostos a abrir mão daquilo que temos para receber o que vem dele, mesmo confessando que ele é bom, justo e verdadeiro. E esta falta de disposição e fé verdadeira, é como dizer sem usar palavras que ele é mentiroso, que ele é limitado, que ele não tem poder. O fato é que ele nem é ele, mas, é Ele. Pois é Deus, e Deus embora use o titulo de "Filho do Homem", tenha se humilhado e assumido a forma de servo, sendo obediente a Deus Pai até a morte e morte de cruz, todavia Ele ainda é Deus, pois ressuscitou, e está a destra do Pai soberanamente reinando. Jesus é este alguém tão despresado por nós seres miseráveis, e que chegaremos naquele dia e vamos querer dizer para Ele. "Mas, te ouvimos pregar em nossas, praças, telefones, rádios, televisores." E dai? Isso significa alguma coisa? Olha isso não significa nada. Só significará alguma coisa se você recebeu a sua palavra. Do contrario, só servira de lenha para o fogo eterno de nossa condenação. 
Por isso eu acho que este momento para a maioria de nós, que hoje pisamos no sangue derramado, que fazemos pouco caso da mensagem do evangelho. Penso que será desesperador, pois não haverá volta nem como concertar aquilo que hoje você não quer concertar. Você já trabalhou naquela empresa que tem aquele negócio, ou aquela geladeira que vive dando uns defeitinhos de leve e as pessoas vão lá pregam uma fita para segurar a porta que não fecha, até que aquilo que é um probleminha se torna um problemão. A trinca na parede que não concertou, até que a casa caiu. Então depois que tudo ruiu, geralmente ai é que vem as tais das "autoridades" para dizer que vão reformar, ampliar e fazer algo melhor, mas, esquecen que existe corpos por debaixo da ruina. Mas, eu digo uma coisa, na eternidade não haverá isso. 
Hoje a relação de muitas pessoas com Deus é de estepe, apenas usa Deus quando tudo falha. Sabe de uma coisa isso pode parecer dar certo como o esparadrapo ou a fita na geladeira, mas, não dar certo. Esta não é a relação que Deus procura ter contigo. Ele quer ter uma relação estreita contigo, ele quer que você o conheça hoje antes dEle te levar para casa. Pois no céu não entra estranhos são todos conhecidos, intimos do Pai.


 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O cetro da impiedade

Palavra importante 9: Equidade

Transformados