Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2021

Questão sobre livre agência. Predestinação por Armínio

Imagem
  Livre agência do homem natural, leiamos: O homem não pode fazer diferente que continuar no pecado por tanto tempo quanto está no seu estado natural (Jeremias 17:9; Provérbios 4:23; Jó 14:4; Jeremias 13:23; João 6:65; Romanos 8:7,8; I Coríntios 2:14). Mas sua continuação no pecado não se deve a compulsão ou restrição exterior senão ao seu próprio caráter que lhe causa escolher as trevas mais que a luz (João 3:19). Ele continua no pecado pela mesma razão por que um porco se espoja no lamaçal; continua no pecado pela mesma razão porque Deus continua na santidade. Assim ele é completamente um livre agente. Ao invés de livre agência, isso não deveria se chamar; curso da natureza? E se sim então não é livre, livre seria o poder para contrariar o curso da natureza. Deta-lhe um rio não segue o curso porque é livre, mas, porque está preso a uma lei física, criada por Deus a qual descreve o seu caminho. Todo o ser que não é pensante de igual modo segue uma lei fisica, eles são guiados e dirigi

Ponto a considerar 10: "... salvará o seu povo dos seus pecados"

Imagem
Mateus 1:21 - Ela dará à luz um filho, e você deverá dar-lhe o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos seus pecados. A salvação é uma das palavras e doutrinas principais do cristianismo. A palavra salvação é sinônimo de livramento, como quando você está preste a cair num perigo iminente, e alguém te livra dele por um ato de misericórdia. A salvação é o livramento, o escape que Deus dá ao homem, que crê de forma ativa e verdadeira em Jesus Cristo como o Filho de Deus, o recebe em seu coração como Senhor, Salvador de sua alma. Este livramento constitui-se, na justificação, regeneração e perdão dos crimes cometidos contra o Reino de Deus. Significa que Deus não te impultara mais a culpa pelos pecados, mediante o seu genuíno arrependimento e fé no sacrifício expiatório de Jesus na cruz do Calcário. Compreende a sua integração a família de Deus como filho, sua cidadania ao Reino vindouro e presente de Deus, um novo homem segundo a obra de regeneração, santificação do Espírito