TRADUTOR

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Indouto ou inconstante?


“... falando disto, como em todas as suas epistulas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem e igualmente as outras escrituras, para sua própria”. 2 Pedro 3.16

Quem são os que distorcem as escrituras? Já disse com base nesta passagem da carta de 2 Pedro em outras postagens que são, os indoutos e inconstantes. Mas quero refletir de novo sobre o assunto, neste breve texto.
Paulo foi um homem de um conhecimento, notável e de um linguajar apurado, conhecedor das Escrituras a fundo, foi um doutor nas sagradas letras, e escreveu espístulas que servem de instrução até hoje, bem como toda a Palavra de Deus. Pedro nesta segunda carta, diz que assim como em outras obras inspiradas da Palavra de Deus, as cartas de Paulo possuia pontos de difícil entendimento(2 Pedro 3.14,15), e que era justamente nestes pontos, que os hereges encontravam brechas para se desculparem de suas condutas, imorais, sincretistas e gnósticas. Muitas pessoas simples que saíram do mundo, mas, tinham dificuldade de deixar alguns elementos do culto aos seus antigos deuses, ao lerem as escrituras, em suas compriensões simplistas, sem um julgamento crítico, sem a instrução de alguém com uma compriensão mais apurada, tropessavam em trechos obscuros e caíam no abismo de acharem serem estes textos uma legalização para continuarem suas praticas. Outras, como naquela época a posse da Bíblia completa era um luxo de poucos, talves possuíam apenas alguns trechos, mantendo assim seus costumes na ignorancia. Outros querendo interpretar a Bíblia achando que ela era um lívro de enigmas, como aquele Eunuco, que disse a Felipe, de quem diz o profeta dele mesmo ou de outro?(Atos 8.26-40)Eu te digo, que indoutos já acharam até Ets na Bíblia, outros passagens que falam e defendem o Espíritismo, outros tecnologias avançadíssimas antes do dilúvio; mas, eu pergunto. Como essas pessoas conseguiram achar isso na Bíblia? Querendo interpretar por elas mesmas, não sabendo que a inspiração vem de Deus, e que apenas o autor das sagradas letras, oferece o real significado para aquilo que ele diz. Isso não significa que não possa e não deva, consultar uma boa teologia, é verdade que Deus dá conhecimento a todos, mas, a cada um ele revela algo diferente, não contradizente com o que revelou ao outro, para que possa ser complementar e não confusão. Para que compartilhem o conhecimento e assim um ao outro complementem e não sejam autossuficientes. Mas, me refiro a passagens de compriensões difíceis, mas, se a pessoa não dissociar o contexto histórico e geográfico, textual e ideológico do texto, tera grande chance de ter uma boa exegese do texto sem tropeçar nestas passagens complicadas.
Quando digo de contexto histórico digo do tempo na história em que elas foram escritas, é muito importante sabermos discernir o tipo de veste, de comida, de cumprimentação, enfim dos usos e costumes, da época e não só da época, mas, também da região onde o texto foi escrito. Digo também do contexto geográfico, muitas visões de Daniel se analidas tendo em mente o contexto geográfico e histórico, sabendo que ele estava em Babílônia, da para se entender netas visões algumas figuras e linguagens mostradas.
Quando me refiro ao contexto textual e ideológico, pois no caso das epítulas além de termos em mentes o contexto histórico e geográfico, precisamos compriender que as epístolas não eram escritas em capítulos e versículos e sim que eram textos completos, precisamos compreender o tema central da epístula ao ler ela, e não procurar entender um versículo ignorando o outro pois a chave da interpretação pode estar justamente ao lado bem como em toda a epístula.
Até agora tenho refletido um pouco sobre alguns dos erros dos indoutos, mas, e os inconstantes?O que muitos indoutos fazem por ignorancia os inscontantes fazem por conveniencia, muitos não só naquela época, mas, bem como em toda a história da igreja até mesmo nos dias de hoje, se apegam a erros teológicos por que são adequados a o estilo de vida que vivem e querem manter. Buscam se justificar, em textos como aquele que diz, “... o que quero isso não faço...”, para dizerem que são pecadores e que por isso ninguém pode ou temo direito de jugalos pois estão todos no mesmo barco.
Com tantas versões da Bíblia correndo hoje, procuram brechas ou dizerem erem de tradução, e que segundo eles nas versões originais, a palavra não diziam assim. Faço com isso referencia a Igreja Contemporânea e a Teologia da inclusão, e são seitas as quais afirmam que nós cristãos históricos, pentecostais estamos distorcendo a Bíblia, com traduções corrompidas e que o a palavra não possui textos que fazem referencia ao homossexualismo como pecado. Já ouvi inconstantes até afirmarem que quando João dizia do apostolo a quem Jesus mais amava, estava se referindo a um amor homossexual.
Te faço uma pergunta; você é um indouto ou inconstante? Se não é nem um nem outro, como tem certeza disto? Muitos na igreja, por ignorarem a leitura e o estudo sério das sagradas escrituras, por rejeitarem a teologia, ou por não ter tempo para a mesma; estão no grupo de risco. Este grupo de risco é caracterizado pelos cristãos passivos, e que estão com a mente pronta para receberem tudo mastigado pelos líderes das congregações, que ou são indoutos ou são inconstantes; o grupo de risco pode até ser de pessoas formadas e graduadas, mas, as mesmas se tornam indoutas no conhecimento das Sagradas Escrituras comendo e digerindo qualquer porcaria que lhes forem entregues.
 Quando fiz a pergunta, se você tem certeza que não é nem um indouto ou incontantes, é por estes motivos.Muitas pessoas procuram igrejas nas quais se sentem bem, se a mulher por exemplo, gosta de uma calça justa e indecente vai procurar uma igreja assim, então este tipo de pessoa já é caracteristicamente inconstante, não se adequa ao cristianismo é o cristianismo que tem que se adequar a ela.

Pesso a Deus que te ilumine e não te deixe vagar em trevas neste tempo de ampla confusão e incertezas.

Nenhum comentário:

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...