TRADUTOR

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

A Glória de Deus ou a glória dos homens

Por que amaram mais a glória dos homens do que a glória de Deus.
João.12.43

O ministério de Jesus, progrediu muito e chegou até aos mais altos escalões judaicos, " até muitos dos principais crerem nele, mas, não o confessavam por causa dos fariseus para não serem expulsos da sinagoga. E por que isso? Por que os fariseus invejavam a Jesus, cobiçavam sua fama, sua autoridade, possívelmente muitas das vezes eram questionados, por causa de seus atos errados, por pessoas as quais julgadas por eles pessoas indoutas, mas, que se tornavam esclarecidas pelas palavras de Jesus, e a sua doutrina incomodava-os pois todos o ouviam. Com isso passaram a ameaçar as pessoas, proibindo-as de frequentarem as sinagogas, caso ouvissem Jesus. Aqueles que nada tinham a perder, não se sentiam assim tão ameaçados, mas, os principais, eles sim, por que? Por amar mais a glória dos homens do que a glória de Deus.


A glória dos homens

* Amar a reputação. Qual é a sua reputação? Boa ou má? Você está apegados a sua reputação? Tens construído sua vida, sua carreira, seus castelos em cima de sua reputação, tudo o que você é está sobre a sua reputação? O seu prestígio o seu nome a sua credencial?Lembrasse da casa na areia? Está pode estar sendo sua vida(Mateus7.26,27).
* Amar o que é construído e cultivado nesta terra.O que você levou anos para conseguir, Jó tinha a vida que todo crente pediu a Deus. *Amar a tradição. O que a tradição oferece, o que ela pode dar ao homem? Pode aparentar segurança, comunhão,momentos de alegria. Um ciclo vicioso passado de geração a geração cultivado pelos homens. Tive uma colega, que um dia nos confessou, que já havia "aceitado a Jesus", mas, que não seguira e voltara ao catolicismo, por causa dos seus pais, e avós, por causa do que eles haveriam de falar e reagir. Dizia ela, "por ter muita consideração por eles".
* Amar o lucro e a boa vida. Não era essa a vida que aqueles homens tinham? Não é essa a vida que muitos procuram. A nossa vida é tão pequena aqui em comparação com a celestial, será que as pessoas não consideram que há realmente uma vida após a morte?
Amar a glória dos homens é receber consideração daquilo que se pode ver; daqueles que nos cercam.


A glória de Deus



*
Amar o que é certo e digno. Mesmo que isso se oponha a sua reputação, a reputação pode ser maculada, o que é certo digno permanecem os mesmos.
* Amar o que é permanente. O mesmo mundo que hoje te exalta um dia te humilhará. O que você constroi nesta vida, o prestigio, a reputação, o nome, o lugar de conforto a boa vida, tudo isso poderá se perder. Mas, os valores celestiais o mundo não pode te tomar. Paulo disse que, nada poderá nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus(Romanos 8.31-39).
* Amar tudo o que não pode ser tirado de você. O ex-cego preferiu ser expulso da sinagoga a ser tirado lhe novamente a visão. Ele estava mais satisfeito em ver, do que preocupado com o que os fariseus poderiam tirar-lhe, e quando viu Jesus pela segunda vez, e o conheceu agora como Filho de Deus, preferiu a Jesus, mesmo que lhe furassem seus olhos.(João 9, detalhe o cego não disse isso, é apenas uma observação que eu faço). Minha mãe conta a história de uma senhora, que foi nossa conterrânea, ela havia convertido ao evangelho e sido curada de um câncer na garganta. Mas, por ser pobre, faltava lhe o que comer, os vicentinos, chegaram na comunidade distribuindo cestas aos pobres, suas vizinhas foram e encheram as dispensas e foram exibir para ela. "É agora que você passou para alei dos crentes, você não pode mais, se você não fosse estaria com a sua dispensa cheia assim como nós." Ela ouvindo isso se arrependeu em seu coração, quando os vicentinos pareceram distribuindo suas cestas, ela pegou sua bolsa e foi atrás deixando sua fé para traz. E encheu a sua dispensas, contudo não pode aproveitar nada, com a dispensa cheia e não pode comer nada, morreu a mingua, com o câncer na garganta que voltou a acomete-la(em resumo). Amar a glória de Deus é ser recompensado unicamente, pelo nosso Pai, que vê em secreto.

De que valerá-nos a glória dos homens, de que nos valerá o passageiro, em detrimento do eterno. O eterno não tem aparência, você assistiu o filme, Indiana Jones e a Ultima cruzada, havia uma mesa cheia de cálices, e um deles é o cálice que Jesus usou em sua ceia, um homem inimigo de Indiana Jones, chegou e pegou o mais bonito e atraente, e encheu de agua e bebeu ao mesmo instante foi consumido pela morte. O indiana Jones chegou e pegou o mais simples e bebeu nada acontecendo-lhe de ruim, segundo a lenda do filme quem dele bebesse teria a vida eterna. Na realidade assim como no filme a gloria dos homens retratada pelo cálice bonito os consomem com a morte eterna, ela é aparente e bonita, mas, mortal. A glória de Deus nos abre as comportas do céu, ela é simples e não pode ser comprada, e nem com ela adquirimos fama e glória terrenas, mas, a vida eterna em Cristo Jesus.

Nenhum comentário:

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...