Transformados

"E não sede conformados com este mundo, mas, sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa perfeita e agradável vontade de Deus."  Romanos 12.2

Paulo deixa claro neste texto que somente após sermos transformados pela renovação de nosso entendimento sera-nos possível experimentar qual seja a boa perfeita e agradável vontade de Deus. Logo existe impedimento, e que impedimento seria este? Uma vida ainda não transformada, e uma mente velha, ou seja já, corrompida e desgastada pelo pecado, pelos vícios e concupicências da vida que a torna tão cativa, e mergulhada numa escuridão a qual a impossibilita de enchergar toda a verdade a respeito da vida e da real realidade em que estamos, bem como de enchergar a verdade a respeito de si mesma.
E como pode uma mente em trevas enchergar a sua própria realidade, sem que seja alcançada pela verdadeira iluminação de Deus? Muitos procuram iluminação ou serem seres iluminados, tais como os de religiões espiritualistas, budistas, e outras religiões semelhantes. Mas a respeito de suas iluminações me lembro do que Jesus falou , " tenham cuidado para que luz que haja em vocês não seja na verdade trevas". E disse mais," e se a luz que há em vocês são na verdade trevas, quão terríveis são estas trevas?" ( Mateus 6.23 ) .Pois é, se uma pessoa que está em trevas, pensa está na luz, isso é por demais muito terrível, pois não consegue mais discernir o que é luz do que é trevas. Logo quem poderá convence-lo de seu erro? Ou como poderá enchergar a sua própria malignidade? Será que este não é o caminho dos reprovados? De certo este é o caminho daqueles contra os quais Deus está irado ( João 16.8-11/13 ). Pois somente ele na pessoa do Espírito Santo pode convencer o homem do pecado, da justiça e do juízo, somente na Luz d'Ele podemos enchergar a luz(Salmos 36.9 ).
Logo, voltando ao texto, não posso com uma mente em trevas, sem a iluminação da luz verdadeira, experimentar qual seja a boa perfeita e agradável vontade de Deus. Pois de certo eu a reprovaria, não a acharia nem boa, muito menos perfeita, tão pouco agradável. Eu preciso ter a mente renovada, e por consequência ter vida transformada, só ai, poderei ou terei a capacidade de me alegrar  em meio as tribulação, como o fez Paulo, de ter consolo quando estou em angústia (Romanos 12.12/ II Coríntios 4.17,18 ).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O cetro da impiedade

Palavra importante 9: Equidade

Quem são os que distorcem as Escrituras?