TRADUTOR

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Palavra importante 29: Redenção

Romanos 3: 24. Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus.

Redenção é o ato ou efeito de redimir ou remir, que significa libertação, reabilitação, reparo, salvação. É o ato de adquirir de novo, de resgatar, de tirar do poder alheio, do cativeiro. É livrar-se de um passo arriscado, é livrar-se das penas do inferno.
Jesus veio nos resgatar e nos restaurar, Ele é o nosso Redentor, com letra maiúscula, pois nos redime do maior de todos os males, os nossos pecados.
Penso em nós como um mosquito na teia de aranha. Primeiro ele pousa cansado, ou curioso com a atmosfera, e aí quando tenta voar, percebe que suas patas estão presas. Afobado tenta ir mais adiante e não consegue, antes ao agitar as asas elas se esbarram prendendo também na teia. E cada movimento que ele freneticamente tenta fazer, faz com que ele se prenda mais a teia, de forma, que ele está tão preso, que a menos que alguém venha em seu resgate ele ficará preso ali ou até que morra de fome ou até que ele seja morto pelas presas da aranha sua predadora.
Assim e de igual modo estamos presos aos nossos pecados, por uma teia de vícios e mentiras que já não somos capazes de nos soltar por nós mesmos, a não ser que sejamos por Jesus, através da ação do Espirito Santo, e ao crermos no evangelho, libertos das garras do pecado.
 Se tentarmos tirar um mosquito da teia da aranha mesmo com o máximo cuidado corremos o risco de deixá-lo sem uma pata ou sem as asas. Devido a aderência seu resgate pode ser consequente, ou seja, terá um dano que ele levará consigo em sua breve caminhada.
Também conosco mesmo após o resgate fica as sequelas, as marcas dos vícios, da rígida disciplina a qual o pecado nos submeteu para cumprirmos a sua vontade. Não são todos os vícios que deixamos tão prontamente assim que somos por Ele resgatado, por que na verdade são tantos, pois são uma teia. Alguns destes grilhões vam sendo soutos pouco a pouco, até que venhamos a estar totalmente libertos, porque na verdade alguns são mais terríveis e incomoda muito tanto a nossa alma, que nossa limitada atenção se volta quase que inteiramente para eles ignorando os outros que vão se inrrolando atrás deles. De forma que só os persebemos, quando somos libertos daqueles que damos mais atenção.
Os nossos pecados deixam marcas em nossa fraca natureza, que se assemelham as asas arrancadas dos mosquitos, a nossa grande graça é que nosso libertador é o próprio doador da vida, Ele pode restaurar as nossas pequenas e frágeis asas.
O grande problema da escravidão ou um deles, é que ela não é apenas física, ela não se estabelece apenas por fora, mas, ela inrraizasse para dentro, ou quando começa de dentro ela brota para fora. Pessoas escravas do pecado estão entranhadas de suas cadeias, estão enfraquecidas em suas vontades de forma que não conseguem dar um passo adiante, sem que dê dois para trás.
Jesus começa por dentro. Lembro da planta que nasceu e deu sombra sobre a cabeça de Jonas, veio um bicho e atacou a sua rais e a planta morreu. Quando você corta uma árvore e sabido que ela vai brotar novamente, então você taca fogo na raiz e ele vai queimando a raiz por dentro até chegar a consumila. O fogo do Espírito Santo, queima a raiz do pecado por dentro, gerando uma convicção e um arrependimento profundo na alma. Se deixar Ele agir, Ele vai queimar até que não se ache mais as raízes do inferno em sua alma.
Aqui ainda cabe falar da nossa grande redenção, o arrebatamento da Igreja, para irmos definitivamente morar com Jesus na Glória. Neste tempo seremos totalmente restaurados ao nosso estado de comunhão que o homem tinha com ele no princípio da criação, e além de sermos restaurados a este estado que tínhamos e perdemos, ainda seremos elevados a um estado de incorruptibilidade, assim como o apóstolo Paulo nos assegura:   
    
"1 Coríntios 15: 51. Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados; 52. Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. 53. Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade."

Abra o seu coração hoje para Jesus. E deixa entrar o Rei da Gloria. E a tua vontade que outrora era fraca que não conseguia se livrar de suas inclinações ao erro, vai então ser vigorosa contra o mal, pois não fará por si mesma, mas, pelo Espírito Santo, que agirá em ti.

Nenhum comentário:

Leia mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...